Daniel no Rádio





A Semana Universitária 2014, da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) e Universidade de Pernambuco (UPE), foi aberta oficialmente na noite de ontem (1º) com a palestra "Profissionais que dão um show", do professor Alessandro Brito. O auditório da UPE ficou lotado de professores, alunos e funcionários das duas instituições de ensino.

Antes da palestra, os organizadores do evento falaram sobre a importância da iniciativa, destacando a integração entre a Facape e UPE. De acordo com o diretor acadêmico da Facape, Antônio Habib, a ideia é ampliar a Semana Universitária e abrir cada vez mais espaço para que a comunidade em geral também participe.

"Vamos programar a Semana Universitária de 2015 assim que acabar este evento. O objetivo é incentivar a integração entre alunos e professores das duas faculdades, dando a oportunidade para que as pessoas de fora também participem, conhecendo as atividades e rotinas acadêmicas", destacou.

Também participaram da solenidade de abertura, o presidente da Facape, Rinaldo Remígio, e o diretor do campus da UPE de Petrolina, Moises Almeida.

A programação da Semana Universitária 2014 contempla diversas áreas do conhecimento e é aberta ao público em geral. As atividades acontecem até amanhã (3). (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 13:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (1º) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para o governo de Pernambuco:

Paulo Câmara (PSB): 42%
Armando Monteiro (PTB): 34%
Zé Gomes (PSOL): 1%
Jair Pedro (PSTU): 0%
Miguel Anacleto (PCB): 0%
Pantaleão (PCO): 0%
Brancos e nulos: 9%
Não souberam responder: 13%

No levantamento anterior do instituto, divulgado em 23 de setembro, Paulo Câmara aparecia com 39% e Armando Monteiro, com 35%. Encomendada pela TV Globo, a pesquisa é a quinta do Ibope após o registro das candidaturas.

Segundo turno
O Ibope fez uma simulação de segundo turno entre Paulo Câmara e Armando Monteiro. Os resultados são os seguintes:

Paulo Câmara (PSB): 43%
Armando Monteiro (PTB): 34%
Brancos e nulos: 8%
Não souberam responder: 14%

Realizada entre os dias 28 e 30 de setembro, a pesquisa contou com 2.002 entrevistas em 81 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo número PE-00034/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo número BR-00916/2014. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 12:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Na tarde desta quarta-feira, 01, os colaboradores do Distrito de Irrigação Nilo Coelho (DINC) receberam a coordenadora do Núcleo de Pesquisas em Oncologia do Centro de Oncologia Dr. Muccini, professora e doutora da UPE Lidiane Britto e estudantes dos cursos de Medicina (Univasf), Enfermagem e Fisioterapia (UPE) para palestra sobre o câncer de mama - prevenção, sintomas e tratamento.

Iniciando o mês de combate mundial ao câncer de mama a Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (APAMI) realizará durante esse mês diversas palestras com o intuito de conscientizar a população sobre o câncer de mama e como preveni-lo. Na tarde desta quarta foi a vez dos cerca de 20 colaboradores do escritório central do Distrito de Irrigação Nilo Coelho ficarem mais informados sobre o tema. Muitos homens participaram do momento e aproveitaram para dirimir muitas dúvidas e derrubar vários preconceitos como o fato de homem poder sim consultar-se com um mastologista.

Para o presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) do Distrito, Murillo Caldas que solicitou a realização da palestra, a ação é de extrema importância já que se trata de assunto cada vez mais recorrente e que também sensibiliza a solidariedade através do evento esportivo que culmina a campanha no dia 18. "Nós estamos sempre envolvidos com a causa da APAMI e consideramos que a informação é sempre uma das melhores formas de se prevenir contra doenças tão sérias quanto o câncer de mama", afirmou Caldas.

A secretária Josefa Antônia corrobora dizendo que muitas informações passadas durante a palestra foram inéditas para ela e muitos colegas. "Eu achei maravilhosa a ideia de ter uma palestra assim para nós até porque conseguimos tirar muitas dúvidas, inclusive ter acesso a informações inéditas, curiosidades que tínhamos com relação aos exames, enfim, foi super válido", disse Josefa. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 11:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (1º) aponta que o candidato João Paulo (PT) tem 36% das intenções de voto para o Senado. Na sequência, o socialista Fernando Bezerra Coelho (PSB) aparece com 30%. Simone Fontana (PSTU) e Albanise Pires (PSOL) aparecem com 1% cada. Já Oxis (PCB) não alcançou 1% das intenções de voto.

Os que não souberam responder somam 20% e aqueles que declaram voto branco ou nulo são 12%.

No levantamento anterior do instituto, divulgado em 23 de setembro, João Paulo aparecia com 34% e Fernando Bezerra Coelho, com 28%. Encomendada pela TV Globo, a pesquisa é a quinta pesquisa do Ibope após o registro das candidaturas.

Veja os números do Ibope:

João Paulo (PT) - 36% das intenções de voto
Fernando Bezerra Coelho (PSB) - 30%
Simone Fontana (PSTU) - 1%
Albanise Pires (PSOL) - 1%
Oxis (PCB) - 0%
Brancos e nulos - 12%
Não sabe ou não respondeu - 20%

Realizada entre os dias 28 e 30 de setembro, a pesquisa contou com 2.002 entrevistas em 81 municípios.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo número PE-00034/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo número BR-00916/2014. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 10:20:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, classificou nesta que quarta-feira (1º) como "um absurdo" a denúnia divulgada pela imprensa sobre suposto beneficiamento de sua campanha com ações dos Correios em Minas Gerais.

Conforme vídeo divulgado na terça-feira (30) pelo site do jornal "O Estado de S. Paulo", o deputado estadual mineiro Durval Ângelo (PT-MG) afirmou durante reunião com dirigentes dos Correios que a presidente Dilma só chegou aos 40% de intenções de voto em Minas Gerais porque "tem dedo forte dos petistas dos Correios".

A presidente rebateu as infomações em coletiva de imprensa no Palácio do Alvorada nesta quarta ao ser indagada sobre o que achou da denúncia. "Gente, vocês são jornalistas. Vocês acreditam nisso? Gente, nós estamos vivendo um momento eleitoral e fica uma situação um pouco nervosa. Isso é um absurdo", disse a presidente.

Na terça-feira, após a divulgação do vídeo, a coligação do candidato á presidência do PSDB, Aécio Neves, anunciou que vai pedir apuração do caso pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Nesta quarta, ele disse que acionará a Justiça para que também sejam apuradas denúncias de que os Correios em Minas Gerais teriam deixado de entregar correspondências com seu material de camapanha no estado. Os Correios negam as informações.

A presidenciável do PSB, Marina Silva, criticou nesta quarta o suposto aparelhamento das empresas públicas para, segundo ela, assegurar a reeleição. Ela reiterou que esse tipo de problema é o que a leva a defender o fim da reeleição no país. "Tenho dito reiteradas vezes que sou contra a reeleição. A reeleição é uma chaga. Isso tudo começou com compra de votos, com o mensalão no Congresso. Querem se reeleger a qualquer custo", disse. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 09:40:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Apesar de ter prometido ao candidato Zé Gomes (PSOL), no debate da TV Globo, que divulgaria nesta quarta-feira a relação dos doadores de contribuições financeiras à sua campanha eleitoral, o candidato do PSB ao governo estadual, Paulo Câmara, não cumpriu a promessa.

Zé Gomes e outros membros da direção do PSOL passaram cerca de uma hora no Tribunal Regional Eleitoral aguardando a presença do candidato, mas em vão.

No debate de terça-feira à noite, o candidato do PSOL mencionou o fato de na segunda prestação de contas da campanha de Paulo Câmara ter sido arrecadado pela Frente Popular R$ 11.679.786,74, dos quais R$ 8.479.786,74 constam como repasse do Comitê Financeiro Distrital/Estadual, sem indicação do doador originário.

Em resposta, Paulo Câmara afirmou: "Não tenho problema em divulgar para você a relação dos nossos doadores. Nós vamos divulgar as informações que você quiser".

Diante do fato, Zé Gomes o desafio a tornar públicos os dados nesta quarta-feira, às 14h, no Tribunal Regional Eleitoral. Mas certamente o fez para tentar criar um "fato" que acabou não ocorrendo. (Inaldo Sampaio)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 09:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



O dólar fechou em alta nesta quarta-feira (1), após pesquisas do Ibope e do Datafolha mostrarem na véspera liderança firme da presidente Dilma Rousseff (PT) nas intenções de voto para o primeiro turno, com vantagem na segunda rodada, e redução da diferença de Marina Silva (PSB) sobre Aécio Neves (PSDB).

A moeda norte-americana subiu 1,5%, a R$ 2,4848, o maior valor desde dezembro de 2008, depois de marcar em setembro a maior alta mensal em três anos.

Na semana, a moeda acumula alta de 2,85% e no ano, há valorização de 5,4%.

O avanço recente das intenções de voto de Dilma tem impulsionado o dólar nas últimas semanas e ajudou a moeda norte-americana a marcar em setembro a maior alta mensal em três anos, segundo a Reuters, alimentando preocupações inflacionárias com o aumento dos preços de importados.

Na véspera, o Banco Central reagiu anunciando já para o primeiro pregão do mês o início da rolagem do lote de swaps cambiais, que equivalem à venda futura de dólares, que vencem em novembro, sinalizando a rolagem total desses contratos. Mas, segundo analistas, essa operação não é suficiente para apaziguar as pressões sobre o mercado.

"O BC tem dosado as rolagens de acordo com a volatilidade do mercado, então é razoável esperar que, num momento de nervosismo, a rolagem seja integral", disse à Reuters o operador de câmbio da corretora B&T Marcos Trabbold.

O BC vendeu nesta sessão a oferta total de até 8 mil swaps para rolagem dos contratos de novembro. Com isso, rolou cerca de 4,5% do lote total, equivalente a US$ 8,84 bilhões. Pela manhã, o BC também deu continuidade às intervenções diárias no mercado de câmbio, vendendo a oferta total de até 4 mil swaps, com volume correspondente a US$ 197,0 milhões.

Também refletindo as pesquisas eleitorais, a Bovespa fechou em baixa nesta quarta. O Ibovespa recuou 2,32%, aos 52.858 pontos. Esse é o menor patamar desde 5 de junho, quando a Bovespa encerrou em 51.558 pontos. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 08:20:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (1º) aponta que Dilma Rousseff (PT) tem 43% das intenções de voto e Marina Silva (PSB), 36%, entre os eleitores de Pernambuco na disputa pela Presidência da República. Aécio Neves (PSDB) tem 4%.

No levantamento, Pastor Everaldo (PSC) e Luciana Genro (PSOL) aparecem com 1% cada. Brancos e nulos somam 6%, e outros 10% não sabem ou não responderam. Eduardo Jorge (PV), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB), Rui Costa Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU) não alcançaram 1%.

No levantamento anterior do instituto, divulgado em 23 de setembro, Dilma Rousseff aparecia com 39% e Marina Silva, com 38%.

Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada (em que a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado) apenas no estado de Pernambuco:

Dilma Rousseff (PT) - 43% das intenções de voto
Marina Silva (PSB) - 36%
Aécio Neves (PSDB) - 4%
Pastor Everaldo (PSC) - 1%
Luciana Genro (PSOL) - 1%
Brancos e nulos - 6%
Não sabe ou não respondeu - 10%

Realizada entre os dias 28 e 30 de setembro, a pesquisa contou com 2.002 entrevistas em 81 municípios.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo número PE-00034/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo número BR-00916/2014. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 07:40:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Os estudantes e profissionais de Ciência da Computação participaram, nesta quarta-feira (1º), de oficinas e minicursos sobre diversos temas. As atividades fazem parte do 14º Encontro Acadêmico de Informática (E-info), que acontece na Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) até esta sexta-feira (3).

Com o instrutor Sandro Marques, os inscritos no minicurso "Framework Bootstrap" acompanharam a aprendizagem sobre Web Design para a criação de interfaces de sistemas e sites possíveis de se adaptarem automaticamente a qualquer dispositivo, como computadores, tablets e smartphones.

Nesta quarta-feira, aconteceram ainda oficinas de robótica e minicursos de introdução a GNU/Linux e Desenvolvimento Web 2.0 com Java GXT. No auditório, os alunos apresentaram trabalhos científicos, a exemplo do projeto" Construindo um tripé autônomo para a filmagem", do estudante Gilson dos Santos e orientado pela professora do curso de Ciência da Computação, Maria Celimar da Silva.

Segundo Gilson, a ideia de criar o tripé surgiu através da necessidade de gravar as aulas. "Tinha vontade de fazer os vídeos, mas não conseguia acompanhar o professor com a câmera na mão. O tripé faz isso automaticamente através do controle e dos sensores no próprio aparelho", explicou o estudante. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 07:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Atento ao desempenho dos tributos arrecadados pelo governo municipal, o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, se reuniu com o secretário executivo de Receita, Allan Maux, para se inteirar de dados que se referem a arrecadação.

Os tributos são as principais fontes de recursos próprios do município e a eficiência na arrecadação é fundamental para a estabilidade financeira da gestão pública, o que é revertido na qualidade dos serviços prestados aos munícipes. Atualmente a principal fonte de arrecadação em Petrolina é o imposto Territorial Urbano-IPTU. Os valores recolhidos são convertidos em serviços para a população, sendo 15% destinado à saúde, 25% à educação e os outros 60% são revertidos para infraestrutura e pagamento de funcionários.

Os dados apresentados pelo chefe do executivo demonstram que a prefeitura de Petrolina está rigorosamente em dias com os encargos da administração municipal. "Desde o início da nossa gestão honramos pontualmente a folha de pagamento dos servidores municipais, em algumas ocasiões até antecipando os repasses, como aconteceu neste mês de outubro. É preciso ter um controle rígido sobre a arrecadação do município para que possamos continuar garantindo o pagamento assíduo dos funcionários, fornecedores e todos que dependem dos recursos da Prefeitura", avalia o prefeito Julio Lossio. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 21:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.0/5 (1 voto)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Pelo segundo ano consecutivo, o Brasil não tem nenhuma universidade entre as 200 melhores do mundo no ranking internacional Times Higher Education (THE), divulgado nesta quarta-feira (1º) em Londres. Considerado um dos mais respeitáveis rankings de avaliação de produção acadêmica, o ranking mostra em sua nova edição (2014-2015) uma leve melhora da Universidade de São Paulo, que subiu da faixa dos 226º a 250º lugares, obtida no ano passado, para a faixa de 201º a 225º lugares. A outra universidade brasileira que aparece no ranking é a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que repete a colocação do ano anterior (301º a 350º lugares). A lista tem no total 400 universidades.

A melhor universidade do mundo, pelo quarto ano consecutivo, é o Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), dos Estados Unidos. Em segundo lugar está a Universidade Harvard (EUA), seguido por Oxford (Reino Unido), Stanford (EUA), Cambridge (Reino Unido), MIT (EUA), Princeton (EUA), Universidade da Califórnia Berkeley (EUA), Imperial College London (Reino Unido) e Yale (EUA).

O ranking avalia o desempenho dos estudantes e a produção acadêmica nas áreas de engenharia e tecnologia, artes e humanidades, ciências da vida, saúde, física e ciências sociais. Considera ainda pesquisa, transferência de conhecimento e perspectiva internacional, além do ambiente de ensino. Desde o ano passado, metodologia para o novo ranking está a colocação de artes, humanidades e ciências sociais em igualdade às outras ciências.

A USP figurava em 178º em 2011, subiu para 158º em 2012, e depois caiu para 226º/250º e agora subiu para 201º/225º. A Unicamp aparecia em 276º/300º em 2011, subiu para 251º/275º em 2012, e desde 2013 figura em 301º/350º.

A divulgação do ranking vem em um momento em que as principais universidades públicas do país passam por grandes dificulfades de orçamento. USP, Unicamp e Unesp, as três universidades estaduais de São Paulo, tiveram greve de quase quatro meses de professores e funcionários por causa de limitações salariais. A USP alegou que a folha de pagamento representa 105% do orçamento da instituição.

O ranking também tem subdivisões por áreas. Nas áreas de saúde e de ciências da vida, a USP aparece entre as 100 melhores universidades do mundo, nos 78º e 92º lugares, respectivamente. As outras áreas são engenharia, física, artes e humanidades e ciências sociais.

"É bom ver a USP fazendo algum progresso na tabela", avalia Phil Baty, editor da revista da THE. "Mas é preocupante ver que um país do tamanho do Brasil, com grande potencial econômico, não tenha muito mais universidades na elite global." Baty indica que movimentos para ampliar o uso do inglês nas universidades brasileiras, tanto nas aulas quanto nas pesquisas, pode ajudar a melhorar o desempenho das instituições do país.

O especialista indica ainda que o programa Ciência sem Fronteiras, que leva estudantes para intercâmbio de graduação e pós-graduação em outros países, é impressionante, "mas há um receio de que o Brasil esteja deixando passar muitas oportunidades, enquanto outros países em desenvolvimento estão fazendo progressos notáveis". (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 20:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



No próximo dia (06), a central de estágios da prefeitura de Petrolina, começará a convocar os aprovados do processo seletivo de estagiários. O chamado será feito de forma gradual, de acordo com a demanda de serviço, ou seja, logo que os contratos vigentes forem encerrados.

Os candidatos serão selecionados conforme a colocação obtida nos exames realizados. A convocação será feita pela coordenadora da central de estágios, Julia Mirtes, o contato será feito por telefone ou email. Segundo a coordenadora, os selecionados serão informados previamente sobre toda documentação necessária para contratação.

"Inicialmente serão exigidos, a declaração de freqüência da instituição de ensino a qual esta vinculado o candidato, comprovante de residência, titulo de eleitor, RG e CPF. É de extrema necessidade que os candidatos fiquem cientes que outros documentos poderão ser necessários,porem é preciso que o candidato aguarde o nosso contato para maiores esclarecimentos", expôs Julia.

"A prefeitura abre um espaço para que estudantes desenvolvam suas atribuições. É de suma importância essa preparação para o mercado de trabalho, ao mesmo tempo que contribuem para as políticas públicas em nosso município", concluiu a coordenadora.

Mais informações serão divulgadas nos próximos dias através do site da prefeitura de Petrolina (www.petrolina.pe.gov.br) e das principais mídias. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 19:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



O empréstimo bancário de R$ 17,8 bilhões tomado pelo governo para socorrer as distribuidoras de energia - cujos gastos subiram por conta da falta de chuvas, que "secou" os reservatórios das hidrelétricas - vai custar R$ 26,6 bilhões aos consumidores. A informação está em um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) ao qual o G1 teve acesso.

A diferença de R$ 8,8 bilhões, aponta o documento do TCU, se refere aos custos bancários da operação, ou seja, aos juros, que também serão pagos pelos consumidores. Pela regra definida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o empréstimo será repassado às contas de luz dos brasileiros entre 2015 e 2017. Consultorias ouvidas pelo G1 apontaram que as tarifas podem aumentar entre 20% e 30% apenas no ano que vem, por conta dessa fatura.

Segundo o relatório do TCU, no primeiro ano serão repassados às contas de luz R$ 5,9 bilhões. Em 2016 serão R$ 13,3 bilhões e, em 2017, outros R$ 7,4 bilhões, totalizando os R$ 26,6 bilhões. O empréstimo será pago em 34 parcelas.

Essa operação financeira faz parte de um plano anunciado pelo governo em março, em meio a uma crise no setor elétrico provocada pela disparada no custo da energia no Brasil. O dinheiro veio socorrer as distribuidoras, que alegavam não ter recursos para fazer frente aos gastos extras bilionários. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 18:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Nesta terça-feira (30) a secretária de Saúde, Lucia Giesta, e o vereador e presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores, Ailton Guimarães, estiveram na Cohab Massangano visitando a unidade de saúde do bairro. Na ocasião, a gestora se reuniu com a equipe de profissionais para informar que brevemente a unidade será reformada e ampliada para estrutura AME.

"A comunidade será beneficiada com uma unidade totalmente reformada e ampliada para o padrão AME com o objetivo de melhor atender os usuários. Hoje, estamos com oito AME´s em funcionamento, oito em construção, além de cinco unidades básicas de saúde sendo reformadas", conta a secretária.

A empresa KAYOLA Construções e Serviços LTDA é a empresa responsável pela ampliação da unidade da Cohab Massangano e de outras três obras. "A Kayola venceu a licitação para reforma com ampliação de quatro unidades de saúde e duas academias da saúde, e não há possibilidade de iniciar todas ao mesmo tempo. Iniciamos na Agrovila Massangano e Nova Descoberta, e logo após a conclusão desta, iniciaremos a ampliação das unidades de Pau Ferro e Cohab Massangano" explica Lucia.

Ailton também destaca a importância das reformas e ampliações para a reestruturação da Atenção Básica. "Observamos que a gestão vem tentando viabilizar recursos para oferecer melhor qualidade nos serviços de saúde para população. Pedimos agilidade para a reforma da unidade da Cohab Massangano e, felizmente, temos uma secretária de saúde que se preocupa em entregar equipamentos públicos de saúde que proporcionam mais conforto aos usuários", afirma. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 17:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrou com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta segunda-feira pedindo a cassação da candidatura de Levy Fidelix (PRTB) por conta das suas declarações homofóbicas durante o debate da TV Record.

Segundo as informações do UOL, o deputado Renato Simões (PT-SP) também entrou com uma representação contra o candidato.

No processo, o deputado defende que Fidelix incentivou uma reação da sociedade contra a comunidade LGBT após seus comentários na noite deste domingo.

Ao responder uma pergunta de Luciana Genro (PSOL) sobre o casamento gay, o candidato do PRTB começou: "olha minha filha, tenho 62 anos e pelo que eu vi na vida, dois iguais não fazem filho".

"E digo mais: desculpe, mas aparelho excretor não reproduz", continuou seguido por algumas poucas risadas da plateia.

Na réplica, Luciana defendeu o casamento igualitário como forma de reduzir a violência, que foi duramente rebatido por Fidelix em um discurso de enfrentamento aos gays, durante a sua tréplica.

"O Brasil tem 200 milhões de habitantes, daqui a pouquinho vai reduzir para cem. (...) Então, gente, vamos ter coragem. Nós somos maioria, vamos enfrentar essa minoria. Vamos enfrentá-los", disse.

O discurso do candidato virou um dos assuntos mais comentados do Twitter no momento. Embora a maioria dos comentários na rede social tenha sido condenando a fala de Fidelix, houve também quem o defendesse.

Autora de pergunta sobre o casamento gay, Luciana Genro também entrou com uma ação no TSE, junto com seu companheiro de partido Jean Wyllys.

Eduardo Jorge, candidato à Presidência pelo PV, seguiu a mesma linha, com uma representação que pede que se instaure um processo pelo desrespeito à dignidade humana e igualdade de direitos. (TH)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 16:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso na Operação Lava Jato, deixou a carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba, no bairro Santa Cândida, às 13h15 desta quarta-feira (1º). Sob escolta policial, ele foi levado em um carro preto descaracterizado da PF até o Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana da capital paranaense. De lá, Costa seguirá em um avião da PF para o Rio de Janeiro - onde cumprirá pena em regime domiciliar até ser julgado. A PF não informou em qual aeroporto do RJ a aeronave irá pousar e o horário de chegada.

A mudança de regime prisional foi obtida após um acordo de deleção premiada, que foi aprovado e homologado pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF). Durante o período da prisão domiciliar, Costa será monitorado por uma tornozeleira eletrônica e terá que cumprir regras para não perder os benefícios oferecidos pelo acordo feito com a Justiça. Segundo a PF, o equipamento foi colocado no ex-diretor por volta das 10h.

O ex-diretor é um dos acusados na operação Lava Jato, que foi deflagrada no dia 17 de março deste ano em vários estados brasileiros e no Distrito Federal. A operação investiga um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões. Conforme a PF, a organização criminosa era liderada pelo doleiro Alberto Youssef, que está detido na carceragem em Curitiba. Após ser preso, Costa chegou a ser libertado no dia 19 de maio por ordem do ministro Zavascki, mas foi preso novamente no dia 11 de junho a pedido Ministério Público Federal (MPF).

Depois de homologar o acordo de delação premiada na terça, Zavascki transferiu para a Justiça Federal do Paraná a decisão sobre a prisão domiciliar de Costa. O juiz Sérgio Moro, responsável pelo processo da Operação Lava Jato, concedeu o benefício.

Paulo Roberto terá que pagar fiança de R$ 5 milhões para deixar a carceragem e cumprir com o acordo de delação. Ele também terá que pagar mais R$ 5 milhões de indenização e devolver bens aos cofres públicos. Entre eles estão uma lancha e um terreno em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, ambos com valores acima de R$ 1 milhão. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 16:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Depois do bairro Jardim Amazonas, esta quarta-feira (01) será a vez da comunidade do José e Maria participar das plenárias do Programa Prefeitura Participativa. O encontro que reune diversas lideranças será na escola municipal Professor José Joaquim, e envolve toda a região Leste da cidade, atendendo 21 regiões administrativas.

Para o prefeito Julio Lossio, ouvir a população atrai bons resultados no orçamento participativo e define quais devem ser as diretrizes fundamentais em áreas como: saúde, educação, habitação e transporte é o que informa o secrtetário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Geraldo Junior. "Atendemos as reivindicações de toda a comunidade com a instalação de creches, programas de inclusão social, Ames, quadras esportivas, urbanização dos bairros e também a reivindicação de melhoria de mobilidade urbana que resultou no projeto do VLT. Com o programa reforçamos a maneira democrática de executar a gestão, onde cada um pode participar ativamente", pontua.

A população participa de plenárias e aponta as necessidades e prioridades de sua comunidade para daí ser feito uma análise de como pode ser empregado o orçamento do município nos próximos anos, a partir da visão e sugestão da própria população. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 15:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Caminhadas pelas avenidas principais de Petrolina, maior colégio eleitoral do Sertão, e por várias cidades da região, e reuniões com o povo. São eventos que vêm marcando esta etapa final da campanha de deputado federal de Adalberto Cavalcanti, deputado estadual pelo PTB/PE.

Adalberto tem reiterado por onde passa que será um deputado presente, que mandará os recursos de emendas parlamentares para Petrolina e todas as cidades sertanejas. Segundo o parlamentar e candidato, quem tem mandato atualmente não manda quase nada, recursos que caso viessem para cá, ajudariam a promover as melhorias de Petrolina e da região como um todo.

"Vou fazer diferente chegando em Brasília, porque sou comprometido com esta terra, com este povo, com o Sertão. Como ser o mais votado numa cidade e não mandar recursos importantes para promover o desenvolvimento da infraestrutura de Petrolina, cidade de destaque em nosso estado? Comigo a estória será diferente. Aprendi com minha mãe a fazer o bem sem olhar a quem e vou atuar assim com o mandato de deputado federal que se Deus quiser e o povo, conquistarei no próximo domingo , dia 5, quando acontecem as eleições em nosso País", assinalou Adalberto.

Nesta quinta, dia 2, o deputado Adalberto reunirá toda a sua militância, amigos e amigas que caminham e apoiam a sua candidatura para deputado federal, para integrar a carreta da vitória com vem sendo chamada com os candidatos majoritários da coligação Pernambuco Vai Mais Longe em várias avenidas de Petrolina. O trajeto sairá por volta das 17h do aeroporto de Petrolina com os candidatos ao governo estadual, Armando Monteiro (PTB, João Paulo (PT), senador e Paulo Rubem (PDT), vice-governador.

"Vai ser a maior festa política que Petrolina já teve em toda esta campanha. Vamos juntos com Armando que vai fazer um Pernambuco diferente, fazendo chegar as obras de fato em nosso interior, coisa que o governo atual diz que fez sem a gente enxergar isso. Fizeram foi concentrar os principais investimentos na Região Metropolitana e cidades próximas, isso sim. Por isso tenho reforçado o voto em Armando e João Paulo. São dois nomes comprometidos com o povo e com o interior. Os dois tem histórico de trabalhar pelo povo e quem vota em Adalberto vota em Armando, vota em João Paulo e vota em Dilma presidente da República. Assim vamos caminhando rumo à vitória", frisou o candidato a deputado federal, Adalberto Cavalcanti. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 15:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Nesta quarta-feira (01), o candidato ao governo de Pernambuco, Armando Monteiro, registra em cartório o o seu programa de governo. O programa é dividido em cinco eixos: cidadania, qualidade de vida, desenvolvimento sustentável, infra-estrutura e gestão e governança.

O programa será levado pessoalmente por Armando, às 15h, para ser registrado no cartório 2º Ofício, na Rua Imperador, em Santo Amaro, ao lado do restaurante Dom Pedro e do antigo Jornal do Commercio no Recife. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 14:49:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



A partir de sexta-feira, (3) às 19h, a Prefeitura Municipal; Ponte Presidente Dutra; Monumento da Bíblia, Monumento da Integração e Catedral de Petrolina receberão nova cor.

Os símbolos de Petrolina farão parte do movimento mundial "Outubro Rosa", cuja intenção é lembrar a Campanha de Prevenção do Câncer de Mama.

O Outubro Rosa foi criado nos Estados Unidos, o nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama. Com o passar dos anos, vários países aderiram à causa.

No Brasil, o movimento chegou em 2002.

O Movimento teve início em 1997 e vai iluminar grandes obras arquitetônicas pelo mundo até o dia 30 de outubro.

Em Petrolina este movimento é realizado pela Secretaria de Cidadania através da Secretaria Executiva da Mulher e tem por objetivo dar alerta e visibilidade ao tema e ainda estimular a participação da população e entidades na luta contra o câncer de mama, bem como sensibilizar o poder público sobre a importância de dar atenção adequada à doença. Ainda durante o mês de outubro, outras atividades que remetem ao Movimento Outubro Rosa serão realizadas no Município. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 14:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Diante das recentes pesquisas que acentuam a queda de Marina Silva, a "Folha de S. Paulo" já sinaliza que "não será surpresa" se a candidata do PSB à Presidência terminar mais uma vez na terceira posição. O jornal de Otavio Frias destaca a volta de Aécio Neves para a disputa. Leia:

Embolou

Marina ainda é favorita para enfrentar Dilma no 2º turno, mas já não será surpresa se ela terminar mais uma vez na terceira posição

Há 20 dias, Aécio Neves (PSDB) não alimentava mais que uma tênue esperança de avançar ao segundo turno da disputa presidencial. Agora, porém, faltando somente quatro dias para a eleição, o tucano passou a ter fortes motivos para acreditar em uma virada.

O senador nem registra, nas pesquisas de intenção de voto, o que poderia ser classificado como uma disparada. Tendo chegado a um piso de 14% das preferências um mês atrás, cresceu vagarosamente até voltar, no levantamento concluído ontem (30) pelo instituto Datafolha, aos mesmos 20% que teve de maio a meados de agosto.

Mas o tucano se beneficia do constante, e mais acentuado, desgaste de sua adversária direta. Marina Silva (PSB), que chegou a empatar com a presidente Dilma Rousseff (PT) na liderança da corrida -ambas com 34%-, perdeu eleitores em todas as pesquisas realizadas no mês de setembro.

A ex-ministra do Meio Ambiente tem agora 25%. Viu, com isso, sua vantagem em relação a Aécio cair de 20 para apenas cinco pontos.

Verdade que o tucano, nos levantamentos feitos pelo Datafolha, jamais esteve acima desse patamar -embora tenha alcançado 23% no Ibope divulgado uma semana antes da morte de Eduardo Campos. Dois fatores, ainda assim, jogam a seu favor nesta reta final.

Primeiro, a queda de Marina é grande também nas simulações de segundo turno. Há poucas semanas a candidata do PSB, e somente ela, vencia Dilma com folga. No atual cenário, o desempenho da ex-ministra é igual ao de Aécio.

Com isso, a parcela da população disposta a endossar qualquer postulação habilitada a derrotar o PT já não terá o mesmo estímulo para dar seu "voto útil" a Marina. Cada eleitor que migrar do PSB para o PSDB terá impacto dobrado na distância entre as candidaturas.

Além disso, a sigla que hospeda Marina não tem nem sombra da estrutura de que dispõe a legenda de Aécio. Não se conhece ao certo o peso que a máquina partidária tem no dia da votação, mas é inegável que as "colas" auxiliam diversos eleitores -ainda mais quando o candidato e o número de sua agremiação são desconhecidos.

Guardadas as devidas proporções, lembre-se o caso de Celso Russomanno na eleição municipal de 2012. Concorrendo pelo PRB, tinha, em 20 de setembro, 20 pontos de vantagem sobre Fernando Haddad (PT), então em terceiro lugar. A quatro dias do pleito, seis pontos os separavam. Como se sabe, o petista foi ao segundo turno e derrotou José Serra (PSDB).

Claro que a situação é outra, a começar do fato de Marina Silva não ser Russomanno. A candidata do PSB ainda desponta como favorita para enfrentar Dilma Rousseff no segundo turno, mas já não será nenhuma surpresa se ela terminar mais uma vez na terceira posição. (Folha SP)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 14:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Com a proximidade do primeiro turno das eleições no domingo (5), a Justiça Eleitoral tem algumas regras que não podem ser esquecidas por candidatos, partidos políticos e coligações.

Segundo a Lei Eleitoral, amanhã (2) é o último dia para a exibição da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. É também o prazo final para os candidatos fazerem reuniões públicas de campanha, comícios e para a utilização de aparelhagem de som fixa, entre as 8h e a meia-noite.

Quinta-feira também é a data limite para a realização de debates políticos na televisão ou no rádio. Debates iniciados no dia 2 podem se estender, no máximo, até as 7h do dia 3 de outubro. Também até amanhã, partidos políticos e coligações terão que indicar à Justiça Eleitoral o nome das pessoas autorizadas a expedir as credenciais dos fiscais e delegados de partido que estarão habilitados a acmpanhar os trabalhos de votação.

Sexta-feira (3) será a data limite para que se faça a divulgação paga, na imprensa escrita, a reprodução na internet do jornal impresso, de propaganda eleitoral. Ainda nesta sexta-feira, os presidentes de mesa que não tiverem recebido o material destinado à votação deverão comunicar a falha ao juiz eleitoral.

No sábado (4), termina a propaganda eleitoral com uso de alto-falantes ou amplificadores de som, entre as 8h e as 22h. Carreatas, caminhadas, passeatas e a distribuição de material gráfico também só poderão ser feitos até as 22h deste sábado.

Desde terça-feira (30), até 48 horas depois do encerramento da votação, nenhum eleitor pode ser preso ou detido, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou ainda por desrespeito a salvo-conduto. A proibição de prisão de candidatos está em vigor desde o último dia 20. No entanto, quem concorre a cargo eletivo pode ser detido ou preso em caso de flagrante delito.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, a competência para proibir a venda de bebidas alcoólicas no dia da votação é da Secretaria de Segurança Pública de cada estado, município ou do Distrito Federal. (Tribuna Hoje)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 13:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



A Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina dá início às ações do movimento Outubro Rosa nas unidades de saúde na comunidade da Vila Eduardo. Nesta sexta-feira (03) as mulheres do bairro poderão procurar a AME Bernardino Campos Coelho para participar das atividades de promoção e prevenção durante toda manhã, das 8h às 12h.

"Durante este mês definimos três grandes ações de saúde em bairros distintos da cidade. Começamos nesta sexta na Vila Eduardo e nos próximos dias, 10 e 17, vamos estar nas comunidades Henrique Leite e Gercino Coelho, respectivamente", explica a coordenadora do Sistema de Informação do Câncer de Petrolina - SISCAN Wanicleidy Passos.

Exame Clínico da Mama (ECM), consultas médicas com mastologistas, atividades educativas, agendamento para realização de mamografias serão ações promovidas pelas equipes de Saúde da Família (ESF), do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e profissionais da Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (APAMI).

"Convidamos todas as mulheres da Vila Eduardo a comparecerem à unidade para realizar seus exames e consultas. Homens estimulem sua mãe, esposa, filha a cuidar de sua saúde e evitar a neoplasia que mais acometem mulheres no mundo, o câncer de mama", frisa a gestora da pasta Lucia Giesta. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 12:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Distrito Federal, Ibaneis Rocha, recomendou a rejeição do pedido apresentado pelo ex-presidente do Supremo Tribunal Federal e ministro aposentado Joaquim Barbosa para reativar seu registro de advogado.

Barbosa requisitou a reativação do registro no último dia 19. Qualquer pessoa poderia questionar, até 26 de setembro, o pedido do ministro aposentado. O próprio presidente da OAB distrital impugnou (contestou) a solicitação. Agora, caberá a uma comissão da OAB-DF decidir se concede ou não o registro.

Por meio da assessoria, Joaquim Barbosa afirmou que não comentará o episódio até que seja formalmente comunicado da impugnação.

No entendimento de Ibaneis Rocha, Joaquim Barbosa não pode obter o registro porque, segundo ele, feriu o Estatuto da Advocacia quando foi presidente do Supremo.

"Eu entendo que Joaquim Barbosa não tem condições de exercer a advocacia. Fiz o pedido de impugnação como advogado e não como presidente da OAB. Ele feriu a Lei 8.906/1994, que rege a advocacia", disse Rocha. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 11:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



As operadoras Claro, TIM e Telefónica/Vivo arremataram nesta terça-feira (30) os três lotes nacionais oferecidos no leilão do 4G, promovido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Esses lotes são chamados de nacionais porque permitem à vencedora oferecer o serviço de banda larga de quarta geração em todo o país.

A Algar arrematou o lote 5 (regional) do leilão, que permite oferta do 4G justamente na área em que a empresa, ex-CTBC, possui concessão de telefonia. Dois lotes regionais não tiveram ofertas, e chegaram a ser oferecidos fracionados na segunda fase do leilão, mas permaneceram sem interessados.

O governo arrecadou, com o leilão, R$ 5,85 bilhões - abaixo dos R$ 7,7 bilhões previstos caso todos os lotes fossem arrematados pelos valores mínimos.

Na abertura dos envelopes para o primeiro lote, a Claro apresentou a maior oferta (R$ 1,947 bilhão), ágio de 1% em relação ao mínimo exigido pelo governo (R$ 1,927 bilhão). Ela foi seguida pela TIM (R$ 1,928 bilhão) e Vivo (R$ 1,927 bilhão, valor mínimo). A Algar não apresentou proposta para esse lote.

TIM e Vivo foram classificadas e chamadas para apresentar proposta substitutiva na fase de disputa, mas abdicaram do direito. Assim, a Claro levou o primeiro lote sem disputa. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 10:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Continuar promovendo o acesso a educação de qualidade para todas as crianças do município. Com este objetivo o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, investirá R$26 milhões na instalação de novas escolas municipais em unidades do Minha Casa, Minha Vida. O anuncio foi feito durante visita do ministro das Cidades, Gilberto Occhi, no último sábado (27.09) ao município pernambucano.

Serão beneficiadas as unidades habitacionais do Nova Petrolina, Monsenhor Bernardino, Vivendas Petrolina, Nova Vida, Vila Verde, Vila Real, Vila Esperança e São Gonçalo. Os aparelhos públicos educacionais terão entre 6 e 20 salas com a mesma estrutura e padrão das escolas que já operam no município.

A rede de ensino de Petrolina registra hoje índices acima da média do estado de Pernambuco e de todas as capitais dos estados do Nordeste e mantém a curva ascendente de seus resultados. Além de superar o índice geral de estado, a cidade ficou à frente de dezessete capitais, nos anos iniciais, e vinte e duas nos anos finais, já superando as metas estipuladas pelo MEC para 2017.

Os recursos para as construções das escolas chegam a Petrolina através do Ministério das Cidades, junto a investimentos que serão injetados na melhoria da mobilidade urbana do município. "Temos o melhor Ideb de todas cidade do interior de Pernambuco e queremos continuar investindo forte na educação", reafirma o prefeito Lossio. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 10:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



O dólar fechou em baixa em comparação com o real após dia de instabilidade nesta terça-feira (30). A moeda abriu o dia em baixa, subiu horas depois e voltou a cair durante a tarde.

A moeda caiu 0,31%, a R$ 2,448. No mês, há valorização de 9,33%. No ano, a alta acumulada é de 3,84%. É a maior valorização mensal desde setembro de 2011, quando o avanço foi de 18,15%, segundo a agência Reuters.

A expectativa de juros norte-americanos mais altos influenciou o mercado. Na segunda-feira (29), o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse em São Paulo que a volatilidade do dólar se devia aos problemas que permeiam o mercado internacional. "As taxas de juros nos Estados Unidos, a Ucrânia e Escócia têm influenciado o mercado cambial", justificou o ministro. Ele minimizou ligações entre a alta da moeda americana e as últimas pesquisas eleitorais.

Entre os investidores, no entanto, havia especulações sobre os efeitos da corrida presidencial no câmbio. "O mercado está dando um respiro, mas se o cenário eleitoral não mudar, o dólar não cai muito mais do que isso", afirmou à Reuters nesta terça o superintendente de câmbio da corretora Advanced, Reginaldo Siaca.

Além da expectativa por novas pesquisas eleitorais, o mercado aguardava rolagens de swaps cambiais (venda de dólares no mercado futuro) com vencimento em novembro. Nesta terça, o Banco Central vendeu todos os 4 mil contratos de swap cambial tradicional ofertados em leilão, movimentando o equivalente a US$ 197,3 milhões. O BC rolou praticamente 100% do lote que vence em 1º de outubro, e o próximo lote vence em 3 de novembro, com volume equivalente a US$ 8,84 bilhões.

Na véspera, a moeda norte-americana atingiu o maior valor desde o dia 9 de dezembro de 2008. O dólar fechou em alta na segunda após pesquisa Datafolha mostrar que a presidente Dilma Rousseff (PT) abriu vantagem sobre Marina Silva (PSB) nas intenções de voto para o primeiro turno e passou a ter vantagem numérica sobre a rival no segundo turno. O cenário internacional também influenciou a variação da moeda norte-americana. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 09:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



247 - Não há dúvidas de que as eleições de 2014, marcadas por uma tragédia e pela oscilação nas pesquisas, que apontam que tudo pode acontecer no próximo domingo 5, ficarão para a história. Os eleitores também se dizem mais envolvidos com a disputa desse ano, que elege deputado estadual, federal, senador, governador e presidente da República.

É o que mostra uma pesquisa virtual realizada pela Expertise, empresa de pesquisa e inteligência de mercado que apurou o perfil do eleitor brasileiro. Segundo o levantamento, 43% se consideram mais envolvidos com as eleições de 2014. Por outro lado, 32% se dizem menos envolvidos e 25% nem mais nem menos envolvidos.

Dos entrevistados, 67% são contra o voto obrigatório, enquanto 30% não votariam este ano se não fossem obrigados. Sobre pesquisas eleitorais, 80% afirmam que elas não influenciam seus votos e 33% são contra sua divulgação. Os debates são os meios de comunicação mais usados (por 61%) pelos eleitores para decidirem o candidato.

A pesquisa faz parte do painel #brasilsemfiltro, um raio-X realizado pela Expertise de como os internautas brasileiros enxergam o País através de assuntos relevantes do cotidiano. A coleta dos dados foi realizada através do Opinion Box, plataforma de pesquisa digital.

Foram entrevistadas 1.188 internautas de ambos os sexos, todas as classes sociais e estados da federação. Segundo a empresa, o estudo quis entender qual o envolvimento das pessoas com o pleito deste ano. Confira abaixo o infográfico da Expertise com um resumo do resultado:





Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 09:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Os bancários de bancos públicos e privados decidiram entrar em greve a partir desta terça (30), por tempo indeterminado. Sindicatos de todos os estados confirmaram adesão à greve, além do Distrito Federal. Nesta manhã, agências amanheceram com adesivos colados nos vidros, indicando a paralisação.

Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), bancários fecharam nesta terça pelo menos 6.572 agências e centros administrativos de bancos públicos e privados. Os bancários reivindicam 12,5% de reajuste, além de melhorias nas condições de trabalho e outras reivindicações.

Em nota, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) "ressalta que o consumidor dispõe de vários canais para a realização de transações financeiras, tais como internet, o banco por telefone, o aplicativo do banco no celular. Há também os caixas eletrônicos e rede 24 horas, que ficam disponíveis em supermercados, aeroportos, shoppings, lojas comerciais e centros comerciais, além dos correspondentes, que estão espalhados por todo o Brasil".

Veja abaixo as opções para realizar operações bancárias, como transferêcias e pagamentos, durante a paralisação nas agências bancárias:

1. Caixas eletrônicos
Segundo a Fenaban, existem cerca de 166 mil caixas eletrônicos no país. Por esses aparelhos, é possível pagar contas não vencidas, agendar pagamentos e DOC, pagar faturas de cartão de crédito, fazer saques, retirar folhas de cheque, fazer depósitos em dinheiro ou cheque, consultar saldo e extrato, realizar transferências entre contas e sacar benefícios sociais (INSS, PIS/Abono Salarial, FGTS etc.) Também é possível realizar bloqueio de cartão, empréstimo pessoal (CDC), resgate de investimento e solicitação de débito automático.

2. Supermercados, lotéricas e postos dos Correios
Os correspondentes são estabelecimentos em que é possível realizar operações bancárias, que podem ser supermercados, casas lotéricas e postos dos Correios. Segundo a Fenaban, há unidades em todas as regiões do país. Nesses locais, é possível fazer o pagamento de contas de água, luz e telefone, tributos municipais e estaduais, boletos e carnês, além de INSS / GPS, FGTS-GRF / GRRF / GRDE (com código de barras) e Contribuição sindical (em dinheiro).

Também é possível sacar dinheiro e benefícios (Bolsa família, INSS; FGTS, seguro desemprego, PIS - limitado à R$ 1 mil ou três transações diárias). Há também a opção de depositar em conta corrente ou conta poupança, também com limite de R$ 1 mil ou três transações diárias.

Nos estabelecimentos correspondentes também há serviços de consulta de saldos e extratos, entrega de propostas de cartão de crédito, conta corrente, cheque especial e empréstimo por consignação para aposentados, pensionistas do INSS, empregados de empresas conveniadas e recarga de celular pré-pago.

3. Internet
Por esse canal, é possível realizar consultas e fazer pagamentos de Débito Direto Autorizado (DDA), agendamento de pagamento de contas (água, luz, telefone e gás), boleto de cobrança, DARF, Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), GFIP - FGTS, GPS - INSS, IPVA, DPVAT, IPTU/ISS, GRCS, ISS, licenciamento de veículos e recarga de celular. Também é possível fazer transferências entre outros bancos, TED e DOC, além de outros serviços como: solicitação e desbloqueio de talão de cheques, solicitação, consulta e cancelamento de débito automático, empréstimos e outros.

4. Aplicativos de bancos para celular
As funções dependem do aplicativo fornecido por cada banco. Por este canal, geralmente, é possível consultar saldos e extratos e pagar contas e boletos em geral com o código de barras. Também se pode realizar transferências bancárias por meio de TED e DOC e fazer transações por meio do home broker (compra e venda de ações). Há ainda serviço de recargas de celulares pré-pagos, entre outros.

5. Banco por telefone
Todos os bancos oferecem um serviço telefônico para que o cliente tire dúvidas sobre serviços e realize transações financeiras, segundo a Fenaban. Por telefone, é possível fazer pagamentos de boleto a vencer da mesma instituição e de outras, pagamento de conta de consumo (água, luz, telefone, gás) e pagamento de imposto e taxas. Também se pode realizar consultas de saldo, fatura do cartão de crédito, entre outros. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 08:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



Na última semana de campanha antes das eleições, o candidato a Deputado Federal, Guilherme Coelho (PSDB) aposta numa abordagem mais discursiva e consciente para conquistar seu eleitorado.

Através de reuniões nos bairros e comunidades da região, Guilherme tem reforçado suas propostas e conquistado muitas pessoas.

Na agenda desta quarta-feira (01/10), Guilherme começa o dia fazendo visitas a empresas de Petrolina, e depois se encontra com correligionários. No início da noite fará reunião com moradores do bairro Nova Vida, as 19h. Logo mais ele deverá se encontrar com moradores da região central, no auditório do Hotel Grande Rio.

"Com a mesma empolgação que eu falo para 200 ou 300 pessoas, eu também falo para 5 ou 10. Eu sinto que as pessoas precisam se informação, de esclarecimentos. Levo a minha mensagem para quem precisa ouvi-la. E estamos confiantes nesse reta final", confirma o candidato a federal. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 01/10/2014 - 08:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar    



«Primeira «Recentes [1] 2 3 4 5 ... Antigas» Última»