Daniel no Rádio




Os trabalhos para requalificação do Programa Universidade para Todos em Pernambuco (Proupe) prosseguem até o mês de outubro. Na última semana, a comissão acatou uma proposta dos membros da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape): os cursos de bacharelado e tecnólogos terão 30% das bolsas do programa.

Segundo o diretor acadêmico da Facape, Antonio Habib (que integra a comissão e vem participando de todas as reuniões), a proposta do Governo do Estado não contemplava os cursos tecnólogos e destinava 75% das bolsas apenas para licenciaturas específicas.

"O projeto inicial de requalificação reservava 75% das bolsas para cursos específicos de licenciatura, como matemática, física e química. Os outros 25% seriam para as outras licenciaturas e cursos de bacharelado. Então propomos a inclusão dos cursos tecnólogos e que 30% do total de bolsas fossem destinados exclusivamente para tecnólogos e bacharelados. A comissão aceitou a proposta e seguiremos discutindo as demais alterações", explicou.

Estão agendadas mais duas reuniões: na próxima terça-feira (27) e no dia 18 de outubro. Definidas as mudanças, o projeto será encaminhado para análise da Assembleia Legislativa. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 24/09/2016 - 12:45:06  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (1 voto)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Justiça Eleitoral proibiu que a pesquisa IBOPE, encomendada pela Tv e Rádio Grande Rio, fosse divulgada nesta terça como alguns blogues já noticiavam.

A Juíza da 83ª Zona Eleitoral deferiu liminar determinando a suspensão da pesquisa IBOPE, destacando que "após o somatório das porcentagens acima apresentadas, obtém-se o total de 101% (cento e um por cento), o que demonstra a existência de equívoco quando da distribuição das variáveis constantes no registro da pesquisa eleitoral em estudo".

Somando 101%, a pesquisa não poderia ser considerada tecnicamente consistente, de modo que o seu resultado final poderia influenciar indevidamente o eleitorado.

Além dessa falha, a decisão destacou que a pesquisa do IBOPE não diferenciava os eleitores de acordo com sua faixa de rendimento mensal, equiparando indevidamente eleitores de baixa renda com aqueles de alto poder aquisitivo.

Como os eleitores de baixa renda representam uma maior parcela da população, a pesquisa deveria considerar essa realidade e lhes conferir um peso maior na pesquisa, o que não ocorreu.

Por isso a Justiça Eleitoral afirmou que "as distorções verificadas no registro da pesquisa ora impugnada poderá impactar em um futuro resultado a ser apresentado, restando comprometida a regularidade da concorrência do pleito eleitoral, uma vez que a divulgação de pesquisas eleitorais influencia o eleitorado para o qual se destina".

Devido a essas graves irregularidades, a Justiça Eleitoral arbitrou multa de R$ 20.000,00 em caso de descumprimento da decisão e divulgação da pesquisa irregular. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 06/09/2016 - 01:02:34  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Polícia Militar de Petrolina confirmou após contato com a equipe do Blog, que duas mulheres foram encontradas mortas na manhã desta segunda-feira (5) em um matagal no Distrito Industrial de Petrolina.

Segundo informações, as jovens que estavam desaparecidas, apresentam sinais de perfurações pelo corpo e foram encontradas amarradas e nuas. Breve mais informações. (Blog Edenevaldo Alves)




Publicado por: Daniel Campos - 05/09/2016 - 12:41:38  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.60/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.6/5 (5 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Nesse domingo (04), o candidato à prefeitura de Juazeiro, Charles Leão (PPS) realizou pela manhã um corpo a corpo no distrito de Massaroca, onde foi bem recebido pela comunidade. Á tarde visitou o distrito de Juremal junto com a sua vice, Suzana Ramos que é da localidade. Durante a visita, Leão e Suzana percorreram todas as ruas do distrito e foram recebidos com muita festa pelos moradores. "A receptividade aqui em Juremal é sempre muito calorosa, as pessoas fazem perguntas, tiram dúvidas, e demonstram seu apoio a mim e Suzana, que é uma pessoa muito querida por todos, e nós aproveitamos para reafirmar nosso compromisso de fazer a renovação que nossa cidade precisa", disse Leão.

"Estar aqui em Juremal é sempre uma alegria, passamos de casa em casa conversando com as pessoas, que tem demonstrado seu apoio e confiança ao nosso trabalho. A cada conversa fica claro o clamor das pessoas pela renovação, elas sabem do potencial de Charles e acreditam nele e em uma Juazeiro melhor para todos, nós. Vamos fazer por merecer o voto de confiança que Juremal nos depositou", acrescentou Suzana.

No sábado (03) a visita foi ao distrito de Itamotinga, na comunidade de Muquém e na fazenda Paudarco. Na oportunidade o candidato apresentou suas propostas e conversou com a população. "Durante esses encontros é muito importante conversar com as pessoas olho no olho, a cada visita eu entendo melhor a situação de cada comunidade, apresento minhas ideias e afirmo meu compromisso com cada um deles", concluiu o candidato, Charles Leão. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 05/09/2016 - 12:13:44  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.67/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.7/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A necessidade de os governos estaduais reforçarem o caixa em tempo de crise está custando caro a pacientes de quatro regiões do país. Desde o fim do ano passado, 12 estados aumentaram o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre medicamentos, com impacto médio de 1,2% sobre os preços.

De acordo com levantamento da Interfarma, associação que reúne 55 laboratórios em todo o país, a alíquota passou de 17% para 18% nos seguintes estados: Amapá, Amazonas, Bahia, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Sergipe e Tocantins. O imposto subiu de 17% para 17,5% em Rondônia e de 19% para 20% no Rio de Janeiro, que cobra o maior ICMS do país sobre medicamentos.

Segundo a entidade, a carga tributária média sobre os medicamentos no Brasil corresponde a 34% do preço total, uma das mais altas do mundo. A alta do ICMS, de acordo com a Interfarma, resulta em redução de descontos nas farmácias porque a indústria farmacêutica está sendo impactada por outros custos que não foram totalmente repassados em 2015, como a alta do dólar e da energia elétrica.

Para o diretor de Acesso da Interfarma, o consumidor é punido duplamente, tanto ao comprar o medicamento como ao pagar imposto mais alto que não necessariamente é aplicado em saúde. "No caso do Farmácia Popular, que é um programa muito bem-sucedido, o governo federal gasta quase R$ 3 bilhões por ano com programa, mas paga, em média, 18% de ICMS para o estado, que não abriram mão do imposto. Quase R$ 600 milhões por ano vão para o tesouro dos estados, mas não voltam à saúde", diz. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 05/09/2016 - 10:29:19  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.0/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Corrida e Caminhada de Rua Outubro Rosa promovida pelo Centro de Oncologia /Apami já tem data definida para este ano. O grande evento que marca a cidade em prol da conscientização da saúde e prevenção do câncer de mama, acontecerá no dia 16 de outubro.

A corrida que entra neste ano na sua quarta edição e conta com a parceria do Sesc e da Tv Grande Rio, abrirá as inscrições nesta segunda-feira (05). Com número limitado de vagas. Este ano o evento terá novidades desde às inscrições que podem ser pagas também através do cartão de crédito e débito, além do percurso que será modificado, com largada de Juazeiro.

As inscrições que custarão R$ 65 geral, R$ 32 para pessoas acima dos 60 anos e pessoa com deficiência não paga; podem ser feitas pelo site www.outubrorosa.sescpe.com.br ou ainda na biblioteca e sala de supervisão de esportes no Sesc.

"Estamos muito animados com esta edição da campanha, pois mais uma vez teremos novidades que irão movimentar a cidade ampliando o nosso alerta sobre a importância da prevenção do câncer de mama, nosso grande foco", revelou o Diretor Médico do Centro de Oncologia Dr. Muccini, Gray Portela. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 02/09/2016 - 17:56:11  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.33/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Com o impeachment consolidado da agora ex-presidenta Dilma Rousseff (PT), o Brasil coleciona um número preocupante no que tange ao estabelecimento democrático: apenas quatro presidentes não saíram do cargo precocimente em toda a história do País. Mortes, como no caso de Getúlio Vargas, desistência do cargo, como Jânio Quadros, e a própria deposição de um presidente, como Fernando Collor de Melo, são exemplos do quanto a história política no País passa por percalços durante toda a sua existência republicana.

O primeiro presidente a ter seu mandato completo foi Eurico Gaspar Dutra, que governou o País entre 1846 e 1851 - naquela época o mandato era de cinco anos. A sua gestão foi responsável pela elaboração da Constituição de 1946. Ele também teve embates políticos com os partidos de esquerda colocando na ilegalidade o PCB e ainda cassou mandatos de representantes no Congresso, inclusive o de Luis Carlos Prestes.

O segundo presidente foi Juscelino Kubitschek, entre os anos de 1956 e 1961. Sua vitória foi contestada pela UDN, liderada pelo deputado Carlos Lacerda e também pela ala conservadora do Exército. A posse de Juscelino e de João Goulart foi assegurada por um levante militar liderado pelo então Ministro da Guerra, General Henrique Teixeira Lott. Seu governo foi caracterizado pelo ousado Plano de Metas e o jargão "50 anos em 5″. Ele trouxe a capital federal para Brasília. Vale lembrar que João Goulart também foi vice de Jânio Quadros, e assumiu a Presidência logo depois da saída deste. Naquela época o vice-presidente tinha sua votação a parte, independente da escolha do presidente.

O terceiro foi Fernando Henrique Cardoso, que ganhou campo político após consolidar o Plano Real, ainda no governo de Itamar Franco. Ele foi o primeiro presidente reeleito da história do País e ficou no poder entre os anos de 1995 e 2002.

O quarto e último foi Luiz Inácio Lula da Silva que governou o País entre os anos de 2003 e 2010. Embora seu governo tenha sido palco de crises políticas como a do mensalão, em 2005, Lula tornou-se o presidente com a maior aprovação popular desde que foram instituídas as pesquisas de avaliação no Brasil.

Ao todo, somente oito foram eleitos diretamente através do voto universal - que atinge todas as classes econômicas, as mulheres e os analfabetos. Com isso a história mostra que a instabilidade é corriqueira no Brasil, que a realpolitik no País não é para principiantes, muito menos a democracia. (Blog da Folha)




Publicado por: Daniel Campos - 02/09/2016 - 10:09:10  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.25/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A ex-presidente Dilma Rousseff apresentou nesta quinta-feira (1º) uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para anular a condenação no impeachment e determinar que o Senado realize uma nova votação no processo.

O impeachment de Dilma foi aprovado pelo plenário do Senado por 61 votos a 20. Ela foi condenada sob a acusação de ter cometido crimes de responsabilidade fiscal - as chamadas "pedaladas fiscais" no Plano Safra e os decretos que geraram gastos sem autorização do Congresso Nacional.

O mandado de segurança foi distribuído por sorteio para o ministro Teori Zavascki, que será o relator do caso. O pedido original inclui um pedido de decisão liminar (provisória) para suspender os efeitos da decisão desta terça, de modo que o presidente Michel Temer volte a ser interino até uma decisão final do plenário do STF sobre a ação.

Além de um novo julgamento no impeachment, a defesa de Dilma pede que o STF anule dois artigos da Lei 1.079, de 1950, usados pela acusação para imputar crimes de responsabilidade à ex-presidente. A estratégia vinha sendo estudada antes da decisão do Senado, como adiantou o G1 na última sexta (30).

A ideia é que a Corte declare como contrários à Constituição de 1988 o item 4 do artigo 10 da lei e o artigo 11. Se esses dispositivos fossem eliminados na legislação, faltaria base para enquadrar os atos imputados a Dilma como crimes, o que poderia a absolver. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 01/09/2016 - 18:49:05  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Informamos à população da zona rural que, entre os dias 01 e 30 de setembro, 12 localidades do interior de Petrolina vão receber a visita da equipe da Unidade Móvel de Atendimento Médico.

Para ser atendido não é preciso agendamento, a comunidade só precisa ir ao encontro da equipe a partir das 8h do dia agendado.

Cronograma - Setembro

01/09 - Assentamento Água Viva I

02/09 - Caldeirão

05/09 - R4 - Projeto KM 25

06/09 - Boa Vista

08/09 - Uruás

09/09 - Cabaceira

12/09 - Sítio Malhadinha

16/09 - Uruás

23/09 - Garcinha

26/09 - Almas

27/09 - Simpatia

28/09 - Baixa Alegre

29/09 - Uruás

30/09 - Assentamento Água Viva II (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 01/09/2016 - 12:05:03  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.0/5 (1 voto)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Em meio a certa cautela internacional quanto ao processo de impeachment que derrubou o governo de Dilma Rousseff, o presidente Michel Temer, agora confirmado definitivamente no cargo, embarcou para a China, onde participará nos dias 4 e 5 de setembro do encontro do G20 - grupo das maiores economias do mundo.

É fácil entender sua pressa nos últimos dias para encerrar o julgamento. De um lado, a ocasião dá a Temer um palco de destaque para sua estreia internacional, já que estarão presentes no encontro os líderes mais importantes do mundo, como o presidente americano, Barack Obama, e a nova primeira-ministra britânica, Theresa May.

De outro, lhe garantirá uma recepção amigável do país anfitrião, já que a China, pragmática nas suas relações externas, está mais interessada em construir um bom relacionamento com o novo governo brasileiro do que em se preocupar com a legitimidade ou não do processo que lhe alçou ao poder.

Sob o comando do Partido Comunista desde 1949, o governo chinês não costuma interferir em questões de política interna de outros países. Mesmo antes de concluído o julgamento de Dilma, já estava cofirmado um encontro entre Temer e o presidente Xi Jinping, para 17h desta sexta-feira, em Hangzhou, cidade próxima a Xangai onde ocorrerá o G20. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 01/09/2016 - 09:52:12  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.75/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (31), por 61 votos favoráveis e 20 contrários, o impeachment de Dilma Rousseff. A presidente afastada foi condenada sob a acusação de ter cometido crimes de responsabilidade fiscal - as chamadas "pedaladas fiscais" no Plano Safra e os decretos que geraram gastos sem autorização do Congresso Nacional.

A decisão foi tomada na primeira votação do julgamento final do processo de impeachment. A pedido de senadores aliados de Dilma, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, decidiu realizar duas votações no plenário.

A primeira, analisou apenas se a petista deveria perder o mandato de presidente da República. Na sequência, os senadores irão apreciar se Dilma deve ficar inelegível por oito anos a partir de 1º de janeiro de 2019 e impedida de exercer qualquer função pública. Até a última atualização desta reportagem, a segunda votação ainda não havia sido realizada.
Segundo a assessoria do Supremo, ainda nesta quarta, oficiais de Justiça notificarão a ex-presidente e o presidente em exercício Michel Temer sobre o resultado do julgamento.

Temer deve ser empossado presidente da República ainda nesta quarta, em sessão do Congresso Nacional que será realizada no plenário da Câmara.

Já Dilma deverá desocupar em até 30 dias o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, em Brasília, e terá reduzida para oito servidores sua equipe de assessores, seguranças e motorista. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 31/08/2016 - 14:05:36  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Um homem de 44 anos foi vítima de homicídio por arma de fogo na entrada de uma fazenda, que fica no Núcleo 10 do Projeto Senador Nilo Coelho, na Zona Rural de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), o corpo não foi liberado e necrópsia ainda não foi finalizada.

A Polícia Civil informou ao G1 que o Boletim de Ocorrência ainda não foi registrado e por enquanto não tem detalhes do crime. (G1)

 




Publicado por: Daniel Campos - 29/08/2016 - 19:39:11  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.80/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (5 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Um carro desgovernado atingiu um barraco na madrugada deste domingo, (27), no bairro São Gonçalo, Zona Oeste de Petrolina.

O fato aconteceu na Avenida Principal da comunidade e vários objetos foram destruídos. De acordo com informações, o motorista perdeu o controle do veículo e segundo populares, ninguém ficou ferido. (Fotos: whatsapp). (Blog Edenevaldo Alves)

 




Publicado por: Daniel Campos - 28/08/2016 - 19:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Em reconhecimento aos serviços prestados ao município de Petrolina, o professor, palestrante e diretor administrativo/financeiro da Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas (Facape), Alessandro Britto receberá das mãos do prefeito Julio Lossio a maior Comenda do Município, a Medalha Nilo Coelho. A homenagem acontecerá na próxima quarta-feira (31), às 20 horas, no auditório da Facape. (Blog Edenevaldo Alves)




Publicado por: Daniel Campos - 28/08/2016 - 17:27:46  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.25/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Uma mulher de 54 anos morreu atropelada por um carro, neste sábado (27), na PE-545, na Zona Urbana de Exu, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar (PM) o acidente foi provocado por um mecânico de 32 anos.

Ainda segundo a PM, o mecânico não fugiu do local e apresentava sinais de embriaguez. O homem foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil local, onde foi autuado em flagrante.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina, também no Sertão de Pernambuco. (G1)

 




Publicado por: Daniel Campos - 28/08/2016 - 06:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.67/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.7/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



No Sertão de Pernambuco, para ajudar no trabalho de prevenção a violência nas escolas foi lançado nesta quinta-feira (25) o 'Previne'. O Projeto de Prevenção de Violência nas Escolas tem o objetivo de formar comitês e mediar os conflitos nas 45 escolas estaduais do município. Este ano, A Vara da Infância e Juventude de Petrolina acompanhou 221 casos de evasão escolar, bullying, violência e indisciplina nas escolas da cidade.

O público ficou bem atento na hora de aprender como mediar os conflitos nas escolas estaduais de petrolina. "Como eu sou aluna e mãe, o projeto vai me ajudar a educar meu filho e eles vão estar me aconselhando também", revela a estudante Marlene da Silva.

A representante da equipe de Direitos Humanos da Gerência Regional de Ensino (GRE) em Petrolina, Diana Batista, avalia como positiva a realização do projeto. "É muito importante essa participação da preparação dos gestores na prevenção ao bullying, nas situações de violência que ocorrem no ambiente escolar".

O juiz da Vara da Infância e Juventude de Petrolina, Marcos Bacelar, explica que o resultado desse evento vai ser a formação de comitês com gestores, estudantes e pais de alunos que devem ajudar a combater a violência escolar. "Através dessa capacitação buscar que eles tenham meios de soluções de conflitos das violências ocorridas no ambiente escolar".

A ideia do previne é reduzir o número desses conflitos nas escolas estaduais da cidade. "Iremos realizar diagnósticos profundos nos ambientes escolares. E a partir daí, realizar dinâmicas que possam promover técnicas de soluções de conflitos por meio de mediação", destaca Bacelar. (G1)

 




Publicado por: Daniel Campos - 27/08/2016 - 21:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.5/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Uma criança de 2 meses foi encontrada morta, neste sábado (27), em uma casa no bairro Dom Avelar, Zona Leste de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. A polícia ainda está esclarecendo como ocorreu e o que causou a morte da criança.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a mãe da menina saiu de casa na noite da sexta-feira (26) e deixou a criança com amigos. Durante a manhã, os colegas que estavam com a menor perceberam que a menina estava morta.

O Instituto de Medicina Legal (IML), a Polícia Civil e o Conselho Tutelar foram acionados. O IML recolheu material da criança e enviou para análise. (G1)

 




Publicado por: Daniel Campos - 27/08/2016 - 20:19:53  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Polícia Federal (PF) indiciou, nesta sexta-feira (26), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a mulher dele, Marisa Letícia, e mais três pessoas por crimes como corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.

O indiciamento foi protocolado no sistema da Justiça Federal no início desta tarde. Os cinco são investigados por supostas irregularidades na aquisição e na reforma de um apartamento tríplex do Edifício Solaris, em Guarujá, no litoral de São Paulo, e no depósito de bens do ex-presidente.

Os outros três indiciados pela PF são: o ex-presidente da OAS, José Adelmario Pinheiro Filho (conhecido como Léo Pinheiro); o arquiteto Paulo Gordilho; e, por fim, o presidente do Instituto Lula Paulo Okamotto.

Veja os crimes pelos quais cada um foi indiciado:

Lula - corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro;
Marisa Letícia - corrupção passiva e lavagem de dinheiro;
Léo Pinheiro - corrupção ativa, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro;
Paulo Gordilho - corrupção ativa e lavagem de dinheiro;
Paulo Okamotto - corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de capitais.

"Foi possível apurar que o casal Luiz Inácio Lula da Silva e Marisa Letícia Lula da Silva foi beneficiário de vantagens ilícitas, por parte da OAS, em valores que alcançam R$ 2.430.193,61 referentes as obras de reforma no apartamento 164-A do Edifícios Solaris, bem como no custeio de armazenagem de bem do casal", afirmou o delegado federal Márcio Adriano Anselmo, que assina o indiciamento.

No documento, o grupo de trabalho da PF para a Operação Lava Jato expõe conversas e trocas de mensagens entre os investigados e ainda fotos do tríplex.

Ainda conforme a PF, as obras de reforma do sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, são objeto de apuração em outro inquérito. O mesmo ocorre em relação às suspeitas de que a Lils Palestras - empresa do ex-presidente - foi utilizada para receber valores de empresas citadas na Lava Jato. (G1)


 




Publicado por: Daniel Campos - 26/08/2016 - 13:42:12  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.25/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.3/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Três homens foram presos, nesta quinta-feira (25), suspeitos de sequestrar um professor de educação física, na quarta-feira (24), no bairro José e Maria, Zona Leste da cidade. Um quarto integrante continua foragido.

De acordo com a Polícia Militar, o professor foi abordado por quatro homens quando saia do trabalho. Os suspeitos mandaram a vítima guiar o carro até um posto de combustível no Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho, Núcleo 9. Ao chegar ao local o professor foi colocado no porta-malas do carro.

A vítima conseguiu fugir quando os bandidos pararam para abastecer o veículo. O homem pediu ajuda a pessoas que estavam no posto de gasolina, que acionaram a polícia.

Os suspeitos foram presos por policiais do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) no bairro Antônio Cassimiro e no residencial Vivendas. Segundo a polícia, eles devem responder por cárcere privado, roubo e formação de quadrilha. (G1)

 




Publicado por: Daniel Campos - 25/08/2016 - 21:48:39  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.60/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.6/5 (5 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



No dia em que o Senado começou a julgar Dilma Rousseff, o presidente em exercício Michel Temer afirmou nesta quinta-feira (25) que, na opinião dele, o impeachment é uma coisa "natural da democracia". O peemedebista deu a declaração - ao final da cerimônia de recepção da tocha paralímpica no Palácio do Planalto - ao ser questionado por jornalistas sobre se estava "nervoso" e "inseguro" com o julgamento final da presidente afastada.

Se ao final do processo os senadores decidirem afastar definitivamente Dilma do comando do país, Temer deixará de ser interino e passará a ser o presidente efetivo.

"Isso [impeachment] é uma coisa tão natural da democracia", disse Temer aos repórteres depois de ser indagado sobre sua expectativa em torno do desfecho do processo de afastamento da petista.

Antes de fazer o comentário, o presidente em exercício fez ar de desentendido ao ser questionado sobre se estava "nervoso".

"Por quê? Aconteceu alguma coisa?", ironizou.

O julgamento que irá analisar se Dilma cometeu crime de responsabilidade foi aberto na manhã desta quinta pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, e deve se estender até a madrugada do dia 31.

Na primeira parte da sessão, aliados da presidente afastada apresentaram 10 pedidos para tentar suspender, anular ou retirar trechos da acusação. Lewandowski, no entanto, rejeitou todas as questões de ordem.

Ao longo das primeiras quatro horas do julgamento, senadores que integram a base aliada de Temer bateram boca com aliados de Dilma. Em um dos episódios mais tensos da sessão, os senadores Gleisi Hoffmann (PT-PR), Ronaldo Caiado (DEM-GO) e Lindbergh Farias (PT-RJ) trocaram duras acusações, gerando uma discussão generalizada no plenário do Senado.

Informante

Após realizarem um intervalo para o almoço, os senadores retomaram o julgamento no início da tarde desta quinta. Nesta etapa, teve início a tomada de depoimentos das testemunhas arroladas no processo pela defesa e pela acusação.

Indicado pelos autores do pedido de impeachment, o procurador Júlio Marcelo de Oliveira, representante do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), passou da condição de testemunha de acusação para a de informante no julgamento do impeachment.

A decisão foi tomada por Lewandowski em resposta a um questionamento do advogado de Dilma, o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo. O defensor citou a participação de Oliveira em um ato que defendia a rejeição das contas da presidente afastada.

Segundo Cardozo, um membro do Ministério Público não deve "conclamar um tribunal" para julgar favoravelmente a uma causa. Ele disse ainda que o procurador se encontrou com autores do pedido de impeachment e foi o formulador da tese das "pedaladas fiscais" - portanto, o "autor intelectual" do processo de impeachment.

Ao virar informante, o depoimento de Oliveira perde força do ponto de vista jurídico e não poderá ser usado como prova. Além disso, diferentemente de uma testemunha, ele não presta o juramento de dizer a verdade. (G1)

 




Publicado por: Daniel Campos - 25/08/2016 - 19:41:08  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.20/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.2/5 (5 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



«Primeira «Recentes [1] 2 3 4 5 ... Antigas» Última»