Daniel no Rádio




Uma brasileira de 36 anos foi morta pela polícia em Lisboa, em Portugal, na madrugada de quarta-feira (15). Ela foi baleada depois que o carro em que estava foi confundido com o de assaltantes, segundo informou o jornal português "Diário de Notícias".

Na madrugada, os policiais da cidade estavam em busca de um veículo Seat Leon preto usado por ladrões que atacaram um caixa eletrônico, no Pragal. Na fuga, os assaltantes chegaram a despejar o pó de extintores de incêndio em uma rua para despistar os policiais.

As buscas mobilizaram, então, várias equipes. Barreiras foram colocadas em alguns pontos da cidade em uma tentativa de reduzir as possíveis rotas de fuga dos suspeitos.

Por volta das 3h30, a polícia deu ordem de parada para o motorista do Renault Megane preto em que estava Ivanice Carvalho da Costa, que saía para trabalhar. O motorista, que também é brasileiro, estava sem habilitação e sem seguro do carro.

Ele se assustou ao ver o aparato policial e tentou recuar. O carro furou uma barreira policial e foi atingido por cerca de 20 disparos, ainda de acordo com o jornal.

Em um comunicado, a polícia afirmou que o carro "aparentava corresponder às características do veículo suspeito", desrespeitou uma ordem de parada e tentou atropelar policiais, o que obrigou os agentes a responderem com os disparos.

A polícia afirmou ainda que o veículo voltou a ser interceptado na Avenida Cidade do Porto, no bairro dos Olivais. A mulher, que trabalhava em uma loja de departamentos no aeroporto de Lisboa, morreu no local.

O motorista, que era companheiro da vítima, foi detido por condução sem habilitação, desobediência ao sinal de parada e por condução perigosa. Os assaltantes não foram detidos.

Essa foi a 1ª morte de um civil em uma perseguição policial este ano em Portugal, de acordo com o jornal. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 16/11/2017 - 11:23:02  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.33/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.3/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Passava das 12h15 deste domingo (12) quando um homem em atitude suspeita foi visto por homens da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) da Guarda Civil Municipal de Petrolina (GCM), durante patrulhamento de rotina na Avenida Guararapes, no centro da cidade. Ao se dirigirem até o rapaz, os guardas observaram que ele tentou se desfazer de um objeto. Por isso, enquanto um deles realizava a abordagem, outro vistoriou as proximidades e encontrou um embrulho contendo 21 pedras de crack. O suspeito, então, confessou a posse do pacote e de R$ 28. Ele ainda revelou que havia comprado a droga cerca de 30 minutos antes e consumido 4 pedras de crack.

Imediatamente, o homem, identificado como Edvaldo Pereira da Silva, de 31 anos, recebeu voz de prisão e foi conduzido até a Delegacia da 213ª Circunscrição da Polícia Civil, que fica no bairro Ouro Preto. Naquela unidade, ele foi apresentado para a autoridade policial para a tomada das providências cabíveis ao caso. Após levantamento da GCM, foi constatado que esta já é a quarta vez este ano que Edvaldo é preso pela Guarda. As prisões anteriores também foram por suspeita de tráfico de drogas e ainda por porte ilegal de arma de fogo. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 13/11/2017 - 14:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.5/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Durante patrulhamento rotineiro nas imediações do terminal rodoviário de Petrolina, no bairro Gercino Coelho, uma equipe da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) da Guarda Civil Municipal (GCM), avistou, por volta das 17h30 desta segunda-feira (30), três homens em atitude suspeita. Durante os procedimentos de abordagem, um deles tentou se livrar de duas trouxas plásticas. Após averiguação, foi constatado que dentro delas havia 48 papelotes de crack, totalizando 13 gramas da droga. Imediatamente lhe foi dada voz de prisão.

Identificado como William de Souza Ferreira, de 33 anos, o suspeito foi conduzido para a Delegacia da 213ª Circunscrição da Polícia Civil, no bairro Ouro Preto. Naquela unidade policial foi revelado que havia contra o William um mandado de prisão em aberto por roubo majorado, expedido pela justiça do estado de São Paulo. Em seguida, o William foi apresentado a autoridade policial de plantão, para a tomada das providências cabíveis. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 31/10/2017 - 16:40:46  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Um homem, que ainda não teve a identidade revelada, foi preso nesta segunda-feira (30), suspeito de matar um funcionário público da Prefeitura de Lagoa Grande, no Sertão. A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) investiga uma possível ligação dele com o assassinato da menina Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, morta a facadas no dia 10 de dezembro de 2015, durante uma festa em uma escola em Petrolina.

De acordo com o titular da Delegacia de Lagoa Nova, Wagner Volpi, o suspeito, de 27 anos, foi transferido para a Delegacia de Petrolina devido a revolta dos moradores da região. Ainda segundo o delegado, o suspeito já teve passagens anteriores pelas Delegacias de Caruaru e Petrolina por tráfico de drogas.

A saliva do suspeito foi coletada para comparar com o material genético encontrado na faca usada para matar Beatriz. O material recolhido deve chegar nesta terça (31) ao Laboratório de Perícia e Pesquisa em Genética Forense, localizado no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. Em nota enviada à imprensa, a PCPE informa que o resultado do DNA deve sair em até 10 dias.

Parentes da menina Beatriz afirmaram à reportagem da Folha que já foram contactados pela Polícia para informar sobre a possível ligação entre os casos. O suspeito nega envolvimento nos dois crimes. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 31/10/2017 - 10:02:25  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 5.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 5.0/5 (1 voto)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) apresentou o resultado da Operação Noronha em Paz, de combate ao tráfico de drogas no arquipélago de Fernando de Noronha. Foram presos cinco homens na ilha e uma mulher em Olinda, na Região Metropolitana do Recife.

Segundo o diretor da Polícia Civil, Luiz Andrey, foram presos Ivo Gomes Barbosa Júnior, 36 anos; Carlos Ivanilson Gomes da Silva, 19 anos; e os baianos Bruno Novais Mesquita de Araújo, 31 anos; Gilmar Ricardo Vale dos Santos, 40 anos; e Kleidson Almeida dos Santos Araújo, 34 anos.

Foram apreendidos na casa de Ivo, responsável pela distribuição da droga, cerca de R$ 2,5 mil, quatro tabletes de maconha, uma porção de cocaína e material para embalar a droga. Maria Angelita Vital do Rego, 52 anos, foi presa com um quilo de maconha preparada para ser levada para o arquipélago. A apreensão aconteceu em sua residência, no bairro de Casa Caiada, em Olinda. Ela foi encaminhada à audiência de custódia. Os baianos faziam a conexão de drogas com a Bahia.

O delegado Luiz Andrey explicou como funcionava a quadrilha. "Aproximadamente um mês atrás o delegado Igor Leite foi a Noronha e conseguiu detectar o tráfico na ilha. O tráfico era feito por telefone, em um sistema de ‘disk drogas'. A equipe de investigação conseguiu detectar os baianos que estavam na ilha e eram intermediários de Carlos Ivanilson. A droga vinha da Bahia e do Recife", detalhou.

"A droga chegava por via aérea e marítima da Bahia e por via área do Recife. A mulher intermediava com os baianos para levar a droga para o arquipélago", completou. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 26/10/2017 - 15:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.75/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Um advogado de 56 anos foi vítima de tentativa de homicídio após ser agredido a pauladas por um cliente. O crime aconteceu na manhã do último domingo (16), no Pátio da Feira, no centro de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco. Domingos Sávio de Lima ficou bastante ferido e foi levado, inicialmente, para Casa de Saúde São Vicente.

Em seguida, o homem foi transferido para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área Central do Recife. Segundo a unidade de saúde, ele deu entrada por volta das 18h do último domingo e passou por uma neurocirurgia. Domingos Sávio segue internado em estado grave e entubado. Segundo o delegado Olegário Filho, Alcimar Batista da Silva, de 32 anos, utilizou um pedaço de madeira com pregos para cometer o crime.

De acordo com o investigador, o criminoso foi detido por populares, que acionaram a Polícia Militar. O homem foi levado para a Delegacia de Serra Talhada. No local, segundo o delegado, Alcimar assumiu o crime e disse que não havia concordado com a condução dada pelo advogado ao seu caso. "Ele estava com o documento de habilitação retido e havia contratado o advogado para resolver isso", comentou o delegado. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 16/10/2017 - 16:45:58  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.33/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.3/5 (6 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Uma mulher de 26 anos foi morta a facadas na tarde desta quarta-feira (11), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar (PM), Elisângela Alaíde Neta estava no local de trabalho, no bairro João de Deus, quando o crime aconteceu.

Segundo a polícia, a vítima foi esfaqueada após uma discussão com o filho do proprietário da mercearia onde ela trabalhava. O suspeito de cometer o assassinato é Lucas de Carvalho Coelho, de 18 anos, que está foragido.

O irmão de Elisângela, Givanildo Sebastião, alegou que vítima e suspeito já tinham discutido outras vezes. "Parece que eles estavam intrigados há mais de ano. Coisa de discussão besta. Ele pode ter ingerido alguma bebida alcóolica e fez isso. Fazer o que né? Mãe de família, tem um filho único, agora a avó vai cuidar dele."

Até o fechamento desta matéria, o corpo da vítima não deu entrada no Instituto Médico Legal (IML), de Petrolina. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 11/10/2017 - 19:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.30/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (10 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Uma troca de tiros entre polícia e suspeitos de tentar assaltar um carro-forte em Brejinho, no Sertão de Pernambuco, deixou um bandido morto, na noite desta quarta-feira (27). Outro suspeito foi preso e um terceiro conseguiu fugir. Dois policiais ficaram feridos durante o confronto.

 

Segundo a Polícia Militar, a tentativa de assalto ocorreu durante a tarde. O motorista conseguiu escapar e acionou a corporação, que enviou agentes do 23° Batalhão e do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi). As buscas pela quadrilha tiveram ainda apoio de policiais militares da Paraíba.

Por volta das 21h, parte da quadrilha que ocupava uma picape S-10 foi localizada pelo efetivo e houve troca de tiros. Dois policiais ficaram feridos: um levou um tiro de raspão na região pélvica e o outro foi atingido na boca. Um dos suspeitos morreu no local e outro foi preso. Na perseguição, um terceiro conseguiu fugir. As buscas pelo fugitivo, assim como por outra parte da quadrilha que ocupava uma L-200, continuam. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 28/09/2017 - 13:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.92/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.9/5 (13 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Era pra ser um chamado para averiguar uma denúncia anônima de perturbação do sossego por causa de som alto no Residencial Vivendas, zona norte de Petrolina, só que no meio do caminho a equipe da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) da Guarda Civil Municipal (GCM) flagrou, neste domingo (24), dois homens numa moto em atitude suspeita enquanto passava pela Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio na região central da cidade. Após abordagem, o garupa tentou se desfazer de uma trouxa com pó branco e por isso os dois, identificados como Anísio Belarmino da Silva Neto, 19 anos, e Vagne Gomes de Almeida Pires, 29 anos, foram presos em flagrante por suspeita de tráfico de drogas, já que com eles foram encontrados 21g de cocaína.

Segundo informação da assessoria, a dupla não tinha posse de nenhum documento de identificação nem carteira de habilitação. Em seguida, uma equipe da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) foi acionada. A dupla foi levada para a delegacia de Polícia Civil do Ouro Preto para a tomada das providências cabíveis pela autoridade policial de plantão. 




Publicado por: Daniel Campos - 26/09/2017 - 18:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.75/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.8/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Por volta das 6h20 deste sábado (23), uma equipe da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) da Guarda Civil Municipal de Petrolina (GCM) foi acionada depois que uma pessoa foi atropelada na Avenida 7 de Setembro. O condutor de um HB 20, de cor branca, fugiu do local sem prestar socorro à vítima. De acordo com informações de testemunhas, o veículo foi visto seguindo em direção ao supermercado Makro. Imediatamente a ROMU iniciou diligência para localizar o autor do crime de trânsito. Identificado como Hemesson Miroro de Oliveira, ele foi encontrado dormindo dentro do veículo que estava parado no estacionamento de um condomínio. O carro apresentava marcas de sangue, avarias recentes e ainda foram encontradas garrafas de bebida no interior do veículo.

Como a Guarda Municipal não dispõe de etilômetro, equipamento popularmente conhecido como bafômetro e o local do atropelamento se trata de uma rodovia federal, a Polícia Rodoviária Federal foi acionada. Após a chegada da PRF, o teste de alcoolemia foi realizado é constatado que o condutor havia consumido bebidas alcoólicas antes de dirigir. Em seguida, a ROMU e a PRF conduziram Hemesson até a delegacia de Polícia Civil do Ouro Preto para que ele fosse apresentado a autoridade policial para a tomada das providências necessárias diante do caso. Informações da Polícia.




Publicado por: Daniel Campos - 25/09/2017 - 10:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.13/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.1/5 (8 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A operação 'Esforço Concentrado' realizou no final da tarde de quinta-feira (14) um bloqueio na BR-428, em frente ao Assentamento Alegre, na Zona Rural de Orocó, no Sertão de Pernambuco. Durante a abordagem a uma van de transporte de passageiros, que faz a linha Salgueiro-Petrolina, foi encontrado 19 quilos de maconha. A droga estava dentro de uma bolsa de uma das passageiras do veículo.

De acordo com a 2º Companhia Independente de Polícia Militar (2º CIPM), a mulher confessou que pegou a droga em Cabrobó e o destino seria na cidade onde reside, Salvador, no estado da Bahia. Ela foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Cabrobó, junto com a droga, onde foi autuada em flagrante. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 15/09/2017 - 14:44:08  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Cinco pessoas envolvidas no estupro coletivo de duas meninas de 4 e 8 anos foram presas no município de Sertânia, no Sertão de Pernambuco, a mais de 300 quilômetros do Recife. O crime foi confirmado em exame sexológico realizado no Instituto de Medicina Legal (IML). Entre os suspeitos presos estão a mãe e o padrasto das crianças, além de dois irmãos dele e um sobrinho. De acordo com a polícia, os crimes "vinham sendo praticados de forma habitual". Segundo a polícia, a genitora também praticava a violência sexual e segurava as meninas para o marido.

A polícia estava investigando informes sobre os possíveis estupros desde a última semana, quando foram presos os dois primeiros suspeitos. A mãe, o padrasto e o tio foram detidos nesta quinta-feira (14), em cumprimento a mandados de prisão. As primeiras denuncias sobre os crimes chegaram a delegacia da cidade depois que parentes perceberam um comportamento estranho das meninas. O Ministério Público representou pela guarda das vitimas, que já estão abrigadas.

O delegado de Sertânia, Ubiratan Rocha Fernandes, contou que ainda está se certificando do período em que começaram as violências sexuais."Ainda não sabemos o tempo, mas certamente isso está acontecendo há mais de três meses", disse.

De acordo com o investigador, todos os estupros aconteciam com o apoio da mãe, que também molestava as filhas. "Normalmente, o padrasto praticava o ato sexual na presença da mulher e o sexo era coletivo dele com a mãe e as crianças. Os outros suspeitos praticavam individualmente", disse. Após a realização dos procedimentos legais, a mãe das meninas foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina de Buíque e os homens à cadeia pública de Sertânia. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 15/09/2017 - 11:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (5 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Polícia Militar de Pernambuco prendeu na Bomba do Hemetério, Zona Norte do Recife, um homem acusado de estupro de vulnerável na Paraíba, na tarde desta quarta-feira (13). Segundo a denúncia, Odmilson Barbosa da Silva, de 51 anos, padrasto de uma menina de 11 anos, a engravidou após estupro.

Odmilson esteve foragido desde que a gravidez foi revelada, em maio, e já tinha um mandado de prisão preventiva expedido pela 3ª Vara de Mangabeira, da Paraíba. Ele esteve, desde então, escondido na casa de um cunhado na capital pernambucana.

O homem morava com a mãe da menina, com quem tinha acabado de ter um filho, há cerca de dois anos. "Por ora, a mãe não vai passar por investigação, ela foi ouvida e não detectamos nenhum tipo de conivência com o ataque", afirmou a delegada Joana D'Arc Sampaio, da Delegacia de Crimes Contra a Infância, que ficou à frente das investigações na Paraíba. Ainda de acordo com ela, "o processo está pronto para seguir no judiciário" e as investigações foram concluídas.

A menina, que deu à luz um bebê no sábado, dia 9, passou mais de seis meses sendo abusada. Ela passou por complicações no parto, mas passa bem, assim como seu bebê. Ambos se encontram abrigados. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 14/09/2017 - 14:39:51  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (11 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O número de homicídios em Pernambuco aumentou no mês de julho em relação ao mês anterior: foram 447 crimes violentos letais intencionais (CVLI), ou média diária de 14,42 homicídios por dia, contra 12,67 em junho. No entanto, julho foi o segundo mês de 2017 com menos assassinatos, abaixo apenas de junho, quando foram 380 mortes.

Os casos de violência contra a mulher representam a maior redução nas estatísticas. O número de estupros caiu 40,54% em relação a junho - houve 5,1 estupros por dia em junho e 3,03/dia em julho. Também sofreram redução.

Houve ainda a queda de 11,26% nos registros de vítimas de violência doméstica e familiar: 74,52 casos/dia em julho contra 83,97 no mês anterior.

O secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, reforça que mais suspeitos foram presos em flagrante delito - foram 1.964 em julho contra 1.947 em junho. Na totalização do ano, foram 13 mil presos em flagrante, 1.355 deles, por homicídio.

Dos homicídios, 32% estavam ligados ao tráfico de drogas, 19% foram acerto de contas e 18,5% foram resultantes de conflitos na comunidade ou proximidade. Para Pádua, o investimento na segurança vai impactar na redução da criminalidade. São ações como aumento de rondas, criação de dois batalhões - Biesp e Bope - , renovação da frota e melhorias no parque tecnológico. E ainda investimentos na formação e ascensão profissional de servidores. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 16/08/2017 - 12:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.94/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.9/5 (16 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Polícia Civil deve começar a coletar, nesta segunda-feira (7), depoimentos que ajudem a esclarecer o assassinato de um personal trainer em Petrolina, no Sertão do Estado. Cássio Eduardo Santos, 27 anos, foi morto com um tiro no pescoço quando caminhava pela rua em que morava, na Vila Eduardo, Zona Leste da cidade.

O crime ocorreu no início da noite do sábado (5), mas foi divulgado neste domingo (6) em um boletim do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM). A suspeita é de que o rapaz tenha sido vítima de uma tentativa de roubo e, por não ter entregado o celular aos criminosos, tenha sido baleado.

Conforme as primeiras investigações, a vítima havia saído para fazer uma compra em um ponto comercial próximo quando foi abordada por dois homens em uma motocicleta. Depois de atirarem em Cássio, os criminosos fugiram sem levar nada. A Polícia Militar fez rondas na região, mas não localizou os suspeitos.

O rapaz ainda chegou a ser socorrido no Hospital Universitário, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo dele foi sepultado na tarde deste domingo.

Além dos relatos que pretende coletar, a Polícia Civil tenta encontrar imagens de câmeras de edifícios que possam ter registrado o deslocamento dos atiradores antes ou depois do crime, já que imóveis situados no local da abordagem não tinham equipamentos de filmagem, e o ambiente estava sem iluminação. (Portal FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 06/08/2017 - 22:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.16/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.2/5 (19 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Enquanto circulava pela Orla II de Petrolina, uma guarnição da Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada por um homem que se declarou vítima de um roubo. Ele contou aos guardas-civis que estavam a bordo da viatura nº 07, que foi abordado por dois homens que levaram uma bolsa de costas depois de ameaçá-lo com uma faca tipo peixeira.

A fim de encontrar os supostos autores do crime, iniciou-se uma diligência que contou com o reforço do Grupamento Tático Motorizado (GTM), composto por 03 motos. Passavam das 16h do último domingo (02), quando os acusados foram encontrados e presos. Os dois, identificados como Tomé dos Anjos Gomes, de 33 anos e Igor Barreto dos Santos, de 26 anos, foram conduzidos à Delegacia da Polícia Civil do bairro Ouro Preto para que fossem tomadas as providências cabíveis.




Publicado por: Daniel Campos - 03/04/2017 - 15:45:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.13/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.1/5 (16 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Após observar um grupo de pessoas em atitude suspeita, por volta das 15h30 desta quarta-feira (08), a guarnição do Grupamento Tático Motorizado (GTM) da Guarda Civil Municipal de Petrolina, realizou abordagem na Praça da Academia das Cidades, no bairro Gercino Coelho. Com um homem, identificado como William Douglas Rodrigues Siqueira, de 20 anos, morador do Jardim Maravilha aqui em Petrolina, foram encontradas, dentro de uma garrafa de água de bicicleta, 09 porções enroladas em saco plástico com uma substância esverdeada semelhante à maconha. Ele ainda possuía uma quantia de R$ 365,00 em espécie, além de um aparelho celular.

Em seguida, William foi conduzido para a delegacia da Polícia Civil do bairro Ouro Preto para que fossem tomadas as medidas que o caso requer. (Assessoria)




Publicado por: Daniel Campos - 09/03/2017 - 16:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.59/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.6/5 (17 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Cerca de 20 bandidos participaram da explosão das agências do Banco do Brasil e dos Correios, neste sábado (7), em Afrânio, no Sertão de Pernambuco. Um grupo de oito pessoas que estava próximo ao local foi feito refém e só foram liberados horas depois. Na fuga, os assaltantes atiraram contra ocupantes de um carro e uma pessoa ficou ferida. Até o momento ninguém foi preso e a polícia não soube informar a quantia levada pelos suspeitos.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), a ação dos bandidos ocorreu por volta das 1h, quando criminosos fortemente armados chegaram a cidade, renderam os policiais que estavam de plantão e deixaram um agente da Polícia Civil retido na delegacia. O grupo usou explosivos para ter acesso aos cofres. Com a explosão, as agências ficaram destruídas.

Na fuga, oito pessoas que estavam em um bar próximo ao local foram feitas reféns e só foram liberadas horas depois em uma estrada de acesso ao estado do Piauí. Para efitar perseguição policial os criminosos jogaram grampos na estrada. Ainda na saída da cidade os suspeitos atiraram contra ocupantes de um carro e um dos passageiros ficou ferido. A PM informou que a vítima foi socorrida e que não corre risco de morte.

Essa é a segunda vez que bandidos assaltam o local. Em 19 de janeiro de 2016 os caixa eletrônicos da agência do Banco do Brasil foram explodidos por quatro bandidos. O banco postal dos Correios também já tinha sido alvo dos bandidos. Em 25 de junho do ano passado eles cortaram fios de eletricidade e roubaram todo o dinheiro do cofre. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 07/01/2017 - 14:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.31/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (16 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Policiais do 5º Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco (5º BPM) prenderam nesta quarta-feira (21) um dos suspeitos de envolvimento na morte do soldado da Polícia Militar, Valério Albuquerque, do estado do Rio de Janeiro. Mário Barbosa Paes, de 35 anos, foi pego em uma abordagem ao usar documentos falsos em Petrolina, no Sertão pernambucano.

De acordo com a polícia, o veículo do suspeito foi abordado pela manhã na Avenida Sete de Setembro em Petrolina. Ao levantar suspeitas, os policiais verificaram que os documentos apresentados eram falsos. Após um contato com a polícia do estado do Rio de Janeiro foi descoberto um Mandado de Prisão por latrocínio em seu desfavor.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Plantão do Ouro Preto, em Petrolina, para a adoção das medidas legais.

Mário Barbosa é suspeito de ter participação na morte do soldado da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Valério Albuquerque, de 32 anos que foi morto em 3 de julho de 2014 quando estava de folga e transportava R$ 6 milhões de Cabo Frio para o Rio de Janeiro para uma empresa de valores. O carro em que ele e um outro policial reformado estavam, um Corolla blindado, foi abordado por assaltantes na RJ-124, a Via Lagos. Valério foi atingido com um tiro na cabeça e morreu no local. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 22/12/2016 - 07:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.27/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (15 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Um grupo de criminosos assaltou e explodiu um carro-forte de uma empresa de transporte de valores, na noite desta terça-feira (18), na BR-116, entre os municípios de Salgueiro e Cabrobó, no Sertão de Pernambuco. O valor em dinheiro levado pelos bandidos pode ultrapassar R$ 1 milhão, informou a Polícia Militar (PM). Durante a ação, um dos vigilantes da empresa ficou ferido, mas não corre risco de morte. Até o momento ninguém foi preso.

Segundo informações da polícia, os assaltantes estavam em uma caminhonete, quando ultrapassaram o carro-forte e dispararam tiros de metralhadora ponto 50, que estava armada em cima da carroceria do veículo.

Com os tiros, o motor do carro estourou e os vigilantes foram obrigados a correr para a Caatinga. Os bandidos usaram dinamites para explodir o carro-forte. De acordo com a Polícia Militar, o veículo tinha acabado de realizar a coleta de dinheiro no município de Cabrobó e o valor levado pelos assaltantes pode ultrapassar R$ 1 milhão. Na fuga, o grupo deixou cair maços de dinheiro que ficaram espalhados pela rodovia.

Com a explosão, um dos vigilantes se feriu com estilhaços de vidro, mas não corre risco de morte. Os bandidos colocaram fogo na caminhonete utilizada no assalto e fugiram em outro veículo. O Instituto de Criminalística de Petrolina esteve no local para fazer a perícia. Cápsulas deflagradas de metralhadora ponto 50 foram encontradas no local.

A Polícia Rodoviária Federal, o Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati), O Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi) e policiais civis estão na busca pelos bandidos. A Delegacia de Polícia Civil de Cabrobó ficará responsável pelas investigações. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 19/10/2016 - 12:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.65/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.6/5 (17 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



«Primeira «Recentes [1] 2 3 4 5 ... Antigas» Última»