Daniel no Rádio




O segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 teve abstenção de 32%, segundo dados divulgados neste domingo (12) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Segundo o Inep, órgão responsável pela aplicação das provas, dos 6.731.344 inscritos, 2.156.449 se ausentaram no segundo dia. Os dados são preliminares, e poderão sofrer alterações após checagem do instituto.

O índice de abstenções nesse segundo dia de provas ficou um pouco acima da média dos últimos anos. De acordo com o Inep, entre 2009 e 2016, a média de abstenções foi de 29,8%. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 13/11/2017 - 10:30:22  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.5/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) descartou nesta quarta-feira (8) a possibilidade de cancelamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano or conta de operações da Polícia Federal para investigar indícios de fraudes no certame. "É importante, neste momento, que os participantes mantenham a calma para a aplicação do segundo dia de provas no próximo domingo, 12 de novembro", diz o Inep.

Segundo o órgão, foram adotadas todas as medidas para uma aplicação segura, que garanta isonomia entre os participantes e tranquilidade para realização das provas. Na manhã de hoje, quatro pessoas foram presas por suspeitas de fraude em concursos públicos e no Enem de 2016. Segundo a Delegacia de Polícia Federal em Juazeiro do Norte (CE), não foram identificados indícios de fraudes no Enem deste ano.

O Inep destaca que trabalha em estreita parceria com o MEC e a Polícia Federal para garantir a segurança do Enem. "Essa colaboração, ampliada desde 2016, vem permitindo a identificação e a prisão de quadrilhas especializadas em fraudar concursos públicos e processos seletivos, como ocorre nesta data por meio da Operação Adinamia, deflagrada pela Polícia Federal e o Ministério Público Federal", informa o Instituto. (Agência Brasil)




Publicado por: Daniel Campos - 09/11/2017 - 08:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Há três anos, a estudante Natália Carla deixava a sala de uma escola de Santos, no litoral de São Paulo, com um sentimento de frustração e impotência após prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Na época, em entrevista ao G1, Natália, que é surda, havia dito que não tinha entendido nada da prova. Três anos depois, a agora universitária viu sua história viralizar, nas últimas horas, por conta da redação deste ano: 'Desafios para a formação educacional de surdos'.

Em 2014, durante a prova, Natália, de 22 anos, foi acompanhada por duas profissionais que traduziam apenas palavras. A norma dificultou a interpretação do contexto das perguntas, já que LIBRAS não utiliza preposições ou conectivos em texto, como a língua portuguesa. Ela levou o caso à promotoria de Justiça, na época, afirmando que 'o surdo não entende a estrutura da língua portuguesa'. Ela nunca recebeu uma resposta sobre a reclamação.

Na ocasião, sem conseguir entender as questões, Natália acabou pontuando baixo e não conseguiu ingressar em nenhuma faculdade. Hoje, ela cursa administração em uma universidade da Baixada Santista. Se engana, porém, quem imagina que o ingresso na faculdade aconteceu de uma forma tranquila. "Com 13 anos de idade eu ainda estava na quarta série do ensino fundamental. Não conseguia acompanhar as minhas turmas da escola e, na faculdade, precisei largar o curso dos meus sonhos por problemas de compreensão da matéria", disse ao G1 nesta segunda-feira (6).

Após a primeira frustação no Enem, Natália tentou novamente fazer o exame em 2015, mais uma vez sem sucesso por conta dos mesmos problemas. Por essa razão, ela decidiu cursar biomedicina em uma faculdade particular da região. "Eles contrataram um intérprete, mas ainda assim era muito complicado. Ele não explicava para mim as matérias. Ele não entendia nada. Apenas traduzia", conta. Com várias dificuldades na aprendizagem, a jovem não conseguiu nota suficiente para passar em diversas matérias e acabou desistindo.

A intérprete de Libras e professora do Instituto Federal de São Paulo, Elayne Kanashiro, explica que o problema da menina não é de aprendizagem, é de ensinagem. "O surdo é totalmente visual. O surdo não entende a nossa leitura. Ele não entende essa estrutura da língua. A redação do surdo é totalmente invertida. O intérprete é só o canal. O surdo precisa ver para aprender. A mensagem precisa ser modificada e readequada para ele", explica. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 07/11/2017 - 09:51:55  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (6 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O primeiro domingo (5) de prova Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve a abstenção de 30,2% dos candidatos inscritos, de acordo com um balanço preliminar divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) na noite deste domingo (5). No total, se inscreveram 6,7 milhões de candidatos. Foi confirmada a presença de 4,3 milhões deles, com 1,8 milhão de faltosos.

De acordo com a diretora do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Eunice Santos, o percentual de abstenção é alto, mas está na média das edições anteriores. No ano passado, o Enem foi encerrado com 29,19% dos candidatos ausentes.

Segundo o Ministro da Educação, Mendonça Filho, nenhuma ocorrência grave foi registrada durante o primeiro dia. Foram eliminados do processo avaliativo 273 pessoas, 264 por desrespeitarem alguma regra do edital e 9 por terem sido flagradas pelo detector de metais portando algum material proibido.

Ainda de acordo com o ministro, dois candidatos deixaram os locais de prova, com o caderno de questões, antes do horário permitido. A Polícia Federal conseguiu identificar um deles, que foi automaticamente desclassificado. Em Brasília, um rapaz foi identificado com um papelote de maconha. A droga foi apreendida pela Polícia Militar e o candidato pôde concluir o exame.

A aplicação do Enem precisou ser interrompida, por falta de energia, em dois locais de prova: um em Teresina, Piauí, e outro na cidade de Uruaçu, no interior de Goiás. Os candidatos prejudicados poderão fazer um novo exame, no dia 12 de dezembro. O segundo dias de provas ocorre no próximo domingo (12), quando os estudantes responderão questões de Matemática e Ciências da Natureza. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 06/11/2017 - 10:40:59  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Faltam dois dias para a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no próximo domingo (5), e, até as 11h35, 22,38% dos inscritos ainda não tinham verificado o local onde farão a prova.

A edição de 2017 do Enem tem 6.731.300 candidatos inscritos. As provas serão aplicadas no dias 5 e 12 de novembro.

O endereço do local de prova está disponível no "Cartão de Confirmação da Inscrição" na página https://enem.inep.gov.br/participante/. Para acessar o cartão, basta fornecer o número do CFP e a senha cadastrada na inscrição.

O documento informa o número de inscrição; a data, hora e local das provas; a opção de língua estrangeira escolhida e os atendimentos específicos e/ou especializados, caso tenham sido solicitados. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 03/11/2017 - 12:03:06  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.75/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.8/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Depois da preparação para as provas, o desafio dos candidatos que vão participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é se organizar para não chegar atrasado no dia da prova. Em Pernambuco, os portões abrem às 11h e fecham às 12h. As provas começam 30 minutos após o fechamento dos portões.

Os candidatos devem chegar com antecedência, pois em locais grandes ou muito movimentados o tempo para achar a sala onde farão a prova pode ser maior que o esperado.

O Horário de Verão gera diferenças nos estados brasileiros. No Acre, os portões fecham às 10h (horário local). Já nos estados do Amazonas, Rondônia e Roraima os candidatos só poderão entrar no local da prova até as 11h (horário local). Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins fecharão os portões às 12h (horário local). No Distrito Federal, Espírito Santo, em Goiás, Minas Gerais, no Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa em Catarina e São Paulo, o horário final é 13h (horário local). (ABr)




Publicado por: Daniel Campos - 03/11/2017 - 11:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.33/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.3/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O Ministério da Educação (MEC) liberou R$ 1,47 bilhão para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os recursos serão repassados para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que opera programa, e destinados à recompra de certificados do Tesouro Nacional pertencentes às instituições de ensino superior que aderiram ao Fies.

A liberação foi anunciada nesta terça (31) pelo MEC, que, assim, mantém o cronograma de repasses para o Fies. O FNDE efetua o pagamento dos encargos educacionais às mantenedoras de instituições de ensino. Esses encargos se referem às operações de financiamento realizadas por meio de repasses de títulos da dívida pública, os Certificados Financeiros do Tesouro - Série E (CFT-E), que são utilizados prioritariamente para a quitação de tributos fisco-previdenciários.

Depois de quitados os tributos fisco-previdenciários, o saldo remanescente de títulos pode ser recomprado pelo FNDE e os recursos financeiros creditados em conta-corrente aberta especificamente para esse fim. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 31/10/2017 - 22:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A corrida para o ingresso na Universidade de Pernambuco (UPE) em 2018 já tem início nesta segunda-feira (17), quando a instituição abre as inscrições para a seleção que preencherá 3.460 vagas ofertadas para os 55 cursos. O prazo vai até o dia 18 de agosto. A inscrição custa R$ 95 e é feita exclusivamente pela internet, no endereço http://processodeingresso.upe.pe.gov.br.

A novidade nesta edição fica por conta da inclusão do curso física dos materiais. O acréscimo na grade da UPE atende a uma demanda do Estado de Pernambuco.

As provas estão programadas para ocorrer em dias diferentes, dependendo da etapa do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) em que se encontra o concorrente. Para os alunos do 1º e do 2º ano do ensino médio, as provas acontecem em 3 e 4 de dezembro de 2017, com a prova do SSA 1 pela manhã, e a do SSA 2 à tarde. Para os estudantes do SSA 3, os exames são realizadas na manhã dos dias 19 e 20 de novembro.

O candidato que for solicitar isenção da taxa tem até o dia 21 de julho para entrar com o pedido. Pessoas que possuem o Número de Identificação Social (NIS) e servidores da UPE são isentos do pagamento. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 16/07/2017 - 16:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.93/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.9/5 (14 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A decisão sobre o projeto de expansão da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) chega à fase final. Após ser debatido com a comunidade acadêmica e passar por uma comissão interna, a proposta do Ministério da Educação (MEC) para implantação de um campus da Univasf em Salgueiro, município do Sertão Central pernambucano, retorna ao Conselho Universitário (Conuni) na próxima reunião ordinária do órgão, marcada para esta sexta-feira (14). De acordo com o cronograma, a matéria entra em votação nesta data. A sessão será aberta às 14h, na Sala de Reuniões dos Conselhos Superiores, Campus Sede, em Petrolina (PE).

Sessenta e três membros têm assento no Conuni, destes 70% docentes, 30% técnico-administrativos e discentes e um representante da comunidade externa. "Tivemos tempo razoável para debatermos a proposta, dispomos de um parecer técnico, elaborado por uma comissão interna que se aprofundou em questões importantes, inclusive inferindo com muita propriedade sobre possíveis adequações ao projeto original do MEC", avalia o reitor da Univasf e presidente do Conuni, Julianeli Tolentino de Lima. O parecer da comissão engloba estimativas sobre questões orçamentárias, assistência estudantil, infraestrutura física e acadêmica. Os dados estão compilados em um relatório de 20 páginas, encaminhado ao Conuni no último mês de junho. (ASSESSORIA)




Publicado por: Daniel Campos - 14/07/2017 - 10:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.68/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.7/5 (19 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Estudantes que fecharem contratos com o Financiamento Estudantil (Fies) a partir de 2018 terão que pagar o dinheiro do empréstimo com desconto automático na folha de pagamento após concluírem o curso e conseguirem emprego formal. Essa é uma das mudanças nesta quinta-feira (6) e que só passam a valer para contratos firmados a partir do próximo ano.

Além do desconto no salário, o Ministério da Educação (MEC) anunciou que o Fies passará a oferecer terá três tipos diferentes de contrato (veja os detalhes abaixo). Em um deles, o governo prevê 100 mil vagas a juro zero para alunos com renda per capita familiar de até três salários mínimos.

A seleção do segundo semestre, no entanto, continua sob as regras antigas. Serão oferecidas mais 75 mil novas vagas de contratos de financiamento. O cronograma com as datas será publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (7), segundo o MEC. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 07/07/2017 - 12:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (18 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Conforme Edital nº 0061/2017, o candidato deverá dirigir-se à Coordenação Acadêmica do Departamento/Cidade/Campus onde funciona o Curso de sua opção, para realização da matrícula. O não comparecimento do candidato ao local, data e horário estabelecidos para a matrícula, bem como a não apresentação da documentação exigida, implicará na perda do direito à vaga.

A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Prograd) da UNEB ressalta que, em decorrência do feriado municipal no dia 13 de junho, nas cidades de Alagoinhas, Jacobina, Santo Antônio de Jesus, Serrinha e Guanambi, as matrículas dos aprovados em 1ª chamada do Sisu 2017.2 ocorrerão nos dias 9, 12 e 14 de junho.

Já para o campus de Xique-Xique, as matrículas serão realizadas apenas em 12 e 14 de junho, tendo em vista os feriados municipais de 9 e 13 de junho. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 12/06/2017 - 12:40:22  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.57/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.6/5 (21 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Atendendo determinação do prefeito Wilker Torres, que quer o município de Casa Nova “em primeiro lugar do IDEB ((Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) na região”, a Secretaria de Educação – SEC, realizou nesta terça-feira (30/05) o I Simulado Interno Diagnóstico de Língua Portuguesa e Matemática para monitorar, intervir e melhorar nos resultados da Prova Brasil que este ano será realizada entre os dias 23 de outubro e 3 de novembro.

Segundo Suzana Márcia Souza dos Santos, que coordena a equipe das avaliações externas da SEC, o I Simulado será aplicado em 24 unidades de ensino do município, para 1.824 alunos do 5º e 9º ano das séries regulares com foco no IDEB.

“É uma iniciativa pioneira e inovadora. ” – anota Suzana Souza – “Coordenamos uma equipe técnica com as educadoras Luciana Andrade da Cruz, Juçana Braga dos Santos e Cléia da Costa Rodrigues e a partir da avaliação deste simulado podemos intervir efetivamente no ensino e no aprendizado de nossos alunos e obter melhores resultados nas avaliações externas”.

O Secretário de Educação, Marcos José Ribeiro Oliveira, diz que “esta administração elegeu a educação como prioridade. Vamos recuperar o tempo perdido e já neste ano dar um salto qualitativo no IDEB”

Para o secretário o índice IDEB de 2015, de 3,8 para o 5º ano e 3,3 para o 9º ano é “insuficiente e não corresponde às aptidões de nossos alunos. Vamos realizar dois simulados por ano, avaliar e intervir no aprendizado. Isso implica na melhoria das condições de ensino, com mais capacitação para os professores, reforma, ampliação e climatização de nossas unidades escolares, merenda de qualidade e transporte seguro e digno. Vamos transformar o ensino em uma atividade prazerosa, que atraia e dê satisfação a alunos, pais, educadores e dê orgulho à comunidade”.

 

 




Publicado por: Daniel Campos - 02/06/2017 - 07:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.19/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.2/5 (16 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Faculdade Maurício de Nassau de Petrolina abriu inscrições para o Vestibular 2017.2. Os interessados precisam ter concluído o Ensino Médio e podem se inscrever por meio do endereço eletrônico https://vestibular.uninassau.edu.br/.

A Nassau disponibiliza vagas para os cursos de longa duração: Administração e Ciências Contábeis e também para graduações de curta duração, a exemplo de Logística, Gestão Comercial e Segurança no Trabalho, todos eles na modalidade presencial. As formas de ingresso à Faculdade são: vestibular programado, nota do Enem; como portador de diploma ou por meio de transferência entre instituições de ensino.

A diretora da Faculdade, Anna Cristina de Araújo, falou sobre o diferencial da Nassau Petrolina. "Temos uma excelente qualidade acadêmica; nosso time de professores é composto por especialistas, mestres e doutores com vasta experiência no mercado. Nosso lema é empregabilidade; temos forte parceria com as empresas, facilitando, assim, o processo de estágio e trabalho. Além disso, nossos alunos são ouvidos, abraçados e valorizados", destacou a gestora.

Mais informações sobre o vestibular podem ser obtidas pelo telefone: (87)3866-5800. A Faculdade Maurício de Nassau está localizada na Avenida Clementino Coelho, 714, no Bairro Atrás da Banca. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 25/05/2017 - 13:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.80/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (15 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



"A Secretaria de Educação de Petrolina informa que na próxima segunda-feira, 20, as unidades do programa de primeira Infância, Nova Semente, poderão receber os alunos a partir das 6h30. O horário será de acolhida, mas as atividades pedagógicas só serão iniciadas às 7h, totalizando a carga horária orientada pelo MEC. Os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) também modificarão seus horários de acolhida, passando a receber os alunos às 7h.

Ascom Educação"




Publicado por: Daniel Campos - 17/03/2017 - 10:33:53  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.75/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (20 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



As atividades pedagógicas nas unidades do Nova Semente iniciaram nesta segunda-feira (20). A abertura das aulas foi acompanhada de perto pelo prefeito de Petrolina Miguel Coelho, que visitou a Nova Semente da comunidade do N-10. Na oportunidade, o gestor vistoriou as salas e conversou com os profissionais que atendem as crianças. 

Ao todo, a Prefeitura disponibilizará neste ano cerca de 17 mil vagas para a primeira infância, juntando o programa Nova Semente e os Centros de Educação Infantil (CMEI). Segundo o prefeito, apesar da criação de 4 mil novas vagas neste ano, o acesso à educação infantil de Petrolina precisa ser ampliado. "Vamos trabalhar para melhorar o atendimento e os indicadores. Ainda existem cerca de 15 mil crianças fora da rede na primeira infância. Estamos trabalhando para melhorar essa situação nos próximos anos já a partir de nossa luta para destravar o início das obras de 12 novos CMEI", adianta o prefeito, que deve visitar no próximo mês o ministro da Educação, Mendonça Filho. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 20/02/2017 - 20:25:09  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.14/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.1/5 (14 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O Ministério da Educação divulgou, nesta terça-feira (31) que encaminhará à Polícia Federal (PF) casos de possíveis acessos indevidos a contas de candidatos do Sistema de Seleção Unificado (Sisu). Pelo menos três estudantes reclamaram ao órgão de terem suas escolhas de cursos alteradas e uma candidata alegou ter a nota da redação rebaixada.

O MEC afirmou que, até o momento, não registrou indício de acesso indevido a informaões de estudantes cadastrados. Nos casos que ganharam repercussão na imprensa, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirma que já identificou no sistema data, hora, local, operadora e IPs de onde partiram as mudanças de senha. Os dados serão encaminhados à PF.

Uma das jovens, Terezinha Gomes Loureiro Gayoso, é de João Pessoa, na Paraíba, mas o nome no Sisu saiu na lista dos aprovados do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG), no curso de produção de cachaça. O MEC afirma que, nos registros do sistema, a única opção de escolha feita foi esta.

Outro caso foi o de uma estudante que afirma ter tirado 1000 na redação (a nota máxima) e o sistema apresentava sua pontuação errada. O ministério diz que ela "na verdade obteve pontuação de 460 pontos na redação do Enem 2016".

As equipes do Inep e da Secretaria de Ensino Superior (Sesu) também afirma que trabalham para aperfeiçoar o Enem para a edição 2017, "de forma a garantir segurança e tranquilidade aos inscritos". (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 01/02/2017 - 12:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.46/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (13 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Todos os programas de educação infantil da Prefeitura de Petrolina passam a ser gratuitos a partir deste ano. O prefeito Miguel Coelho anunciou nesta quinta-feira (26) a gratuidade no acesso às unidades do Nova Semente, além de fortalecer os CMEI's (Centros de Educação Infantil). O gestor ainda divulgou a expansão do atendimento ao público, que passou, segundo o censo do MEC, de aproximadamente 14 mil para mais de 17 mil vagas nas unidades do Nova Semente e do CMEI. 

Por determinação do prefeito foi proibido o pagamento de qualquer taxa para acesso aos programas de educação infantil. Assim, ficam extintas as mensalidades, anuidade, além de realização de rifas e feijoadas para arrecadação de verba para as creches públicas. "Estamos priorizando o acesso das crianças ao programa. A educação infantil precisa ser garantida para todos, sem cobrança de taxas e é isso que estamos fazendo com um grande esforço", detalhou o prefeito. 

Para garantir a gratuidade, a Secretaria de Educação vai realocar parte do atendimento para unidades dos CMEI, que estavam subutilizadas. "Vamos acelerar o processo de reformulação da educação infantil e de realocação para que toda a rede esteja funcionando no dia 20 de fevereiro, conforme foi estabelecido no calendário aprovado no ano passado", explicou a Secretária de Educação Maéve Melo. (Assessoria)




Publicado por: Daniel Campos - 27/01/2017 - 10:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.06/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.1/5 (16 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Foi pela unidade 'Cantinho da Felicidade', instalada no bairro Antônio Cassimiro, zona norte de Petrolina, que a secretária da Educação, Maéve Melo, começou a visitar os espaços educacionais do programa Nova Semente. Em companhia da secretária executiva da pasta, Sônia Passos, e da nova gestora do programa, Leticia Leda, Maéve iniciou as visitas com o objetivo de fazer um diagnóstico das unidades antes do início do ano letivo.

De acordo com a titular da pasta, a preocupação está em conhecer as reais condições das unidades nas quais as crianças vão desenvolver suas atividades. "Vamos fazer esse levantamento detalhado, de unidade em unidade, para redesenhar o programa e oferecer, sempre, uma melhor qualidade para a população de Petrolina. O prefeito Miguel Coelho designou que tivéssemos uma atenção especial. As visitas estão acontecendo para que a nossa equipe possa compreender a dinâmica e imprimir essa nova visão de administração. Todos podem ficar despreocupados que o programa vai continuar, mas, com certeza, de forma mais aprimorada", garante Maéve.

Uma equipe, comandada por Leticia Leda, continua percorrendo as unidades, conversando com as gestoras e com a equipe pedagógica para concluir o diagnóstico. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 10/01/2017 - 17:01:22  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (16 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Quase 1,3 mil alunos não compareceram ao primeiro dia de provas da segunda fase do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da Universidade de Pernambuco (UPE) nesta segunda-feira (9). Além dos faltosos, ainda foram eliminadas duas pessoas por porte de celular.

Percentualmente, o polo com mais abstenções foi o de Palmares - na Zona da Mata - com 15,56% de faltantes em relação ao total de alunos inscritos para provas no local: dos 180 estudantes, 28 não compareceram. No Recife, 555 alunos faltaram na avaliação, com total de 8.120 participantes. No geral, 14.434 participaram e 1.276 faltaram (8,84%).

De acordo com a Universidade, os eliminados por portarem aparelhos celulares nas provas foram no campus Petrolina, no Sertão, e na Escola Politécnica de Pernambuco, no bairro do Benfica - Zona Oeste do Recife.

No primeiro dia, os candidatos da 1ª e 2a fase do SSA responderão a 44 questões, distribuídas entre as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Física, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol) e Filosofia. Já no segundo dia, que ocorre nesta terça-feira (10), os candidatos da 1ª e 2a fase do SSA responderão a 46 questões, distribuídas entre as disciplinas de Biologia, Química, História, Geografia e Sociologia. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 10/01/2017 - 08:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (16 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Depois de uma semana cheia de atividades a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) e a Universidade de Pernambuco (UPE) encerraram na última sexta-feira (25) a terceira edição da Semana Universitária com a Feira das Profissões.

A feira contou com 15 estandes, onde o público pode conhecer a infraestrutura da faculdade e as unidades de serviços, como núcleo pedagógico, estágio, bolsas e processos seletivos. Representantes dos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Direito, Serviço Social, Economia, Gestão da Tecnologia da Informação (GTI) e Superior da Tecnologia em Comércio Exterior também estiveram presentes no momento para falar sobre mercado de trabalho e oportunidades. Na feira também foram apresentados os novos cursos que estão chegando à instituição: Gestão em Recursos Humanos e Logística.

A Feira tem o objetivo de tirar as dúvidas dos alunos da região que estão se preparando para o vestibular sobre qual profissão escolher. Para o coordenador do evento, Moacyr Moraes, o evento superou as expectativas, "esse primeiro evento foi uma experiência para toda a comissão organizadora, que agora já se prepara para a próxima Feira de Profissões. Estamos estudando trazer novidades para nosso público", enfatizou o coordenador.

A Semana Universitária aconteceu entre os dias 21 e 25 de novembro e tem o intuito de integrar as instituições contribuindo para uma vivência acadêmica dos seus alunos e para a cidadania e a inclusão com a comunidade. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 29/11/2016 - 22:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (18 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



«Primeira «Recentes [1] 2 3 4 5 ... Antigas» Última»