Daniel no Rádio




 

A gestação e o nascimento de um filho é um dos períodos mais importantes na vida de uma mulher. Mas muitas veem esse momento mágico se transformar em dias difíceis com o nascimento prematuro do bebê e a sua luta pela sobrevivência.

No Hospital Dom Malan/Gestão IMIP em Petrolina, mulheres que passam por esse tipo de situação recebem atendimento especial. Muitas recebem alta hospitalar, mas precisam permanecer no hospital para acompanhar os filhos que continuam internados recebendo cuidados especiais do berçário ou UTI neonatal. 

A Casa de Apoio é mais um ambiente do HDM onde o vínculo entre mãe e filho é valorizado. De acordo com a assistente social do HDM, Ana Karina Amorim, a Casa de Apoio tenta reproduzir o ambiente familiar para que a mulher não se sinta "internada no hospital". 

A Casa de Apoio do Hospital Dom Malan foi inaugurada em agosto de 2010, possui 10 leitos e as pacientes hospedadas recebem alimentação e além de também poderem receber visitas.

 



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 16:17:42  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.71/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.7/5 (7 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



 

Por Osvaldo Coelho, ex-deputado Federal

Parece-me que, muitas vezes, os Governos da República e dos Estados ignoram, totalmente, como vivem os brasileiros do Semiárido. Parece mesmo pensar que o Brasil é todo igual, igualzinho em tudo. Erro crasso, rigorosamente imperdoável.

Vejamos: o clima é diferente, a educação é diferente. Tão diferente que em outras regiões, estão a riqueza e no Semiárido, a pobreza. Muitas vezes, a pobreza extrema.

Prestem atenção a este descaso. O Projeto de Irrigação Pontal teve suas obras iniciadas em 1998. No Governo Fernando Henrique Cardoso, foram investidos de R$ 169.000.000,00, cerca de 65% da infraestrutura. Há dez anos tudo está paralisado. Obra inacabada.

O projeto objetivava uma área total de 16.648 hectares, dos quais 7.641 hectares correspondem à superfície agrícola irrigável útil, 3.569 hectares serão aproveitados para pecuária de sequeiro, tecnificada e 240 hectares com piscicultura, além de 5.198 hectares que formam a reserva legal. São 768 lotes irrigados com unidades familiares e 100 lotes para empresas. Isso iria promover 778 operários em pequenos proprietários e oportunizar 100 empresários.

O capital humano que sonhava com estas oportunidades na região é grande, ou seja, proprietários rurais que foram desalojados do projeto. Técnicos em Ciências Agrárias, egressos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano. Agrônomos graduados na Faculdade de Agronomia do Submédio São Francisco, de Juazeiro/BA. Egressos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), e muitos dos concluintes das Faculdades de Administração.

Todo esse sonho ameaçado com o jeito neocapitalista do Governo Federal de adotar, experimentalmente, a Parceria Público-Privada (PPP), ideia que se arrasta há dez anos sem definição (no caso, entregar a terra molhada a uma megaempresa).

O projeto recebeu aporte de R$ 3.400.000,00 do Governo do estado de Pernambuco, na época do governador Jarbas Vasconcelos. Naquele momento, o Governo tinha interesse pelas obras estruturadoras da economia do Semiárido. O projeto de engenharia do Pontal previa, também, uma derivação do canal principal para o abastecimento do açude Vira-Beiju, que iria possibilitar a implantação de abastecimentos d`água em povoados e sítios localizados nas proximidades do Projeto.

Considero tudo isto uma indiferença, um desrespeito ao povo sofrido do semiárido. Até quando o Governo Federal vai abusar de nossa paciência? Até quando o nosso silêncio será interpretado como tolerância e acomodação diante da negligência e da incompetência?

Em dez anos era tempo do Projeto Pontal estar funcionando a toda carga, gerando empregos e dinamizando a economia. Confio na presidente Dilma Rousseff. Pelo que sei, esta situação não combina com seu estilo de gestão.

 



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 15:38:26  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.83/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (6 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



 

Com o prazo para desocupação marcado para esta terça-feira (29) e temendo ser despejados na área invadida, cerca de 50 pessoas se reuniram no início da tarde de ontem (28) na entrada do Pedra Linda e realizaram uma manifestação contra a ordem de despejo entregue pelos fiscais da Secretaria de Ordem Pública. Queimando pneus e interditando o acesso ao bairro com entulhos, os manifestantes reivindicavam o direito de construir suas casas nos terrenos da prefeitura que não foram ocupados com as residências do programa Operações Coletivas.

Segundo informações dos ocupantes, os integrantes da secretaria teriam dado o prazo de dez dias para a construção das habitações desde que foram feitas de alvenaria, de acordo com o relato de Raquel de Souza Lima. "Eles não disseram o nome, mas foi aquele pessoal da Ordem Pública que passou dentro de um carro dizendo que podia construir, só não podia construir casa de taipa se não eles derrubavam, mas tinha 10 dias para ser construída. Depois disso, eles vieram e fizeram isso"...

 



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 15:24:22  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.5/5 (8 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



 

Com brincadeiras e muita música, usuários, familiares e a equipe multiprofissional do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS AD) de Petrolina reuniram-se, ontem (28), para festejar os seis anos de funcionamento do serviço na cidade.

Os pacientes lembraram a importância do CAPS, que serve de refúgio para as pessoas que buscam apoio em um momento de extrema fragilidade. "Com o uso da droga a pessoa fica sem ter para onde ir, mas aqui nós temos uma saída. Se não existisse o CAPS AD, hoje eu estaria morto. Minha droga é só o álcool, mas eu estava muito debilitado, pesava apenas 53 kg e tinha perdido a confiança da minha família", relatou Neuton Barreiros dos Santos, paciente do Centro há 11 meses.

Durante a comemoração, a coordenadora do CAPS AD, Helena Quedma, aproveitou para refletir, junto com os usuários, sobre o papel do serviço na atenção aos pacientes em sofrimento psíquico por decorrência do uso abusivo do álcool e de outras drogas. "O nascimento da unidade já foi um marco, e completar seis anos é realmente algo para festejar, pois estamos pertinho de completar uma década de atividades no tratamento das pessoas com esse tipo de dificuldades e também no apoio aos seus familiares", declarou.

O usuário Luciano Santos da Silva encontrou no serviço a sua segunda casa, onde mantêm amigos. "O CAPS é um lugar bom, onde as pessoas se livram dos vícios, se libertam, conseguem viver bem, fazer amigos e prosperar sem drogas e sem vícios. Eu venho aqui quase todos os dias, participo das atividades e sou muito bem atendido por todos da equipe", afirmou o paciente, que é mais antigo em tratamento no serviço. Luciano é acompanhado pela equipe há quatro anos.

Atualmente, o CAPS AD conta com mais de 200 usuários em tratamento. De acordo com a secretária Municipal de Saúde, Lucia Giesta, o número de pacientes reflete a valorização do serviço. "O CAPS AD é uma unidade estruturada e com uma equipe multiprofissional qualificada para acolher, tratar e acompanhar esses pacientes", declarou a gestora, ressaltando que em consequência da consolidação do serviço, novos usuários começam a aparecer, pois já veem no Centro, uma referência para esse tipo de tratamento.

 



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 14:55:29  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.88/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.9/5 (8 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



 


A greve dos professores da rede estadual de ensino, foi destaque nesta terça feira (29), no programa Conversa com o Governador. O governador Jaques Wagner diz que continua esperando o bom senso da categoria, e pede o fim da greve para não comprometer o ano letivo dos estudantes. "Faço mais esse apelo aos professores, para que voltem às aulas e programem a compensação dos dias parados, e a gente possa pagar aquilo que foi descontado". Diz o governador.

Wagner mostra que o governo do Estado, sem fazer muita discussão, já concedeu reajuste mínimo de 6,5% para todos os servidores estaduais, inclusive, aos professores, que, em algumas faixas, atingiram 11,5%. Ele cita o exemplo dos rodoviários baianos, que aceitaram um reajuste de 7,5% e encerraram a greve, e também dos metroviários de São Paulo, que aceitaram 6,5 e retornaram ao trabalho.

Para o governador, o reajuste dos 22%, reivindicado pelos docentes de rede estadual, é absolutamente irreal, e fora de qualquer capacidade do orçamento. "Faço mais esse apelo aos professores, para que voltem às aulas. Não vamos causar um prejuízo aos estudantes por conta de uma questão salarial que todo ano é discutida.

 



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 14:39:23  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.5/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Atleta paulista, recordista mundial de salto triplo, João Carlos de Oliveira nasce em 28/05/1954 em Pindamonhangaba (SP), em família pobre. Em 1969 entra para o Exército e segue carreira por 14 anos. Começa a treinar aos 17 anos, idade considerada avançada para um atleta.

Em 1973 é campeão paulista e do Troféu Brasil, e ainda medalha de ouro no Sul-Americano Juvenil, em Assunção (Paraguai). Treina no São Paulo Futebol Clube e no Pinheiros. É o primeiro atleta negro a competir por esse clube.

Em 1975, já na categoria adulto, bate o recorde mundial de salto triplo nos Jogos Pan-Americanos do México, com a marca de 17,89 metros, feito só superado dez anos depois pelo norte-americano Willie Banks. Ganha medalha de bronze nas Olimpíadas de Montreal (Canadá, 1976) e nas de Moscou (1980). Em dezembro de 1981, no auge da carreira, sofre um acidente de carro, na via Anhanguera, entre São Paulo e Campinas, e tem de amputar a perna direita 10 centímetros abaixo do joelho.

Em 1986 elege-se deputado estadual pelo Partido da Frente Liberal (PFL). Reelege-se em 1990, fracassando em outras tentativas. Não obteve sucesso em seus negócios, uma transportadora e uma padaria. Sofre crises de depressão. Em abril de 1999 é internado com cirrose hepática e hepatite B e C. Morre aos 45 anos em São Paulo, no dia 29 de maio de 1999.

 



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 14:19:04  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



 

O vereador de oposição ao prefeito Júlio Lóssio, Alvorlande Cruz, participou ontem (28), do ato de sanção da lei de regularização fundiária do loteamento terras do Sul. A iniciativa da prefeitura de Petrolina, geralmente feita no gabinete do prefeito, atendeu solicitação de lideranças comunitárias, para facilitar a participação dos moradores, que ansiavam a regularização a mais de 20 anos.

A lei nº 2.486/12 atende mais de mil famílias da região e tem como próximo passo o encaminhamento de todos os documentos necessários para a devida escrituração dos imóveis, sem ônus para os moradores.

Em sua participação o vereador destacou a importância do projeto, parabenizando o ato do prefeito Júlio Lóssio. "Independente do alinhamento político, quero parabenizar o prefeito que teve a coragem da realização deste ato. O procurei quando houve ameaça de desocupação e ele me prometeu que de imediato iria colocar a área como interesse social. Prometeu e fez". Frisou o vereador.

O edil ainda deixou claro o seu apoio em todos os projetos de regularização fundiária. "prefeito qualquer regularização fundiária, pode contar comigo". Afirmou Alvorlande.

 



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 13:58:19  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



 

​O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano) abre inscrições para a seleção de candidatos para cargos de nível superior e médio, com salários iniciais que chegam a 2.989,33, além de outros benefícios como, auxílio alimentação, transporte, auxílio pré-escolar além do incentivo a qualificação e outros de acordo com a legislação em vigor.

São ofertadas 80 vagas para as unidades e Reitoria da instituição, em diversos municípios da Bahia, incluindo Salvador, Feira de Santana, Senhor do Bonfim e Paulo Afonso. As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, com valor de taxa entre R$ 30 e R$ 60.

Para se inscrever, o candidato deverá acessar o site www.concursos.ifbaiano.edu.br. Na página eletrônica, um formulário de inscrição deverá ser preenchido e enviado para o sistema on line. Na sequência será gerado um boleto bancário para o candidato imprimir, realizar o pagamento e, assim, confirmar a inscrição.

 



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 13:44:57  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.54/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (13 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O jornalista Otávio Cabral, de Veja, revela, sob a nota Frevo da Conciliação, que o governador Eduardo Campos, do PSB, e o senador Jarbas Vasconcelos, do PMDB, apresentados como maiores adversários da política pernambucana, que a trégua entre os dois ficará pública.

Em 1º de junho, Jarbas será o convidado de honra do lançamento da comissão da verdade de Pernambuco. Será a primeira aparição dos dois desde os debates da eleição de 2010, quando o socialista derrotou o peemedebista.

Em 4 de dezembro, os dois jantaram sozinhos no sítio de um amigo em comum, a convite de Jarbas.

Em 27 de março, Eduardo fez uma visita ao gabinete do senador.

"A reconciliação não se limita à política local. Campos tem ambição de se candidatar à Presidência, provavelmente em 2018. a parceria reforça sua fama de conciliador e facilita uma aliança com o PMDB", diz a publicação.

O que a revista não diz é que Jarbas, com a aproximação, como retribuição, busca garantir a sua reeleição como senador, na chapa governista de 2014.



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 13:23:32  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.14/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.1/5 (7 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O Petrolina Social Futebol clube é um time do sertão de PE, que leva o nome e as cores da cidade. Foi fundado em novembro de 1998 e é bicampeão pernambucano da segunda divisão.

Porém a atual situação do clube não é muito boa, em entrevista a equipe do DanielnoBlog, o atual presidente Ronaldo Silva, fala da atual crise que estão vivendo. "Quando entramos nesta gestão o clube tinha uma herança de mais de 400 mil reais em dívidas e agora estamos sofrendo as consequências. A prefeitura nos passou um valor de 300 mil no ano de 2009, mas não foi suficiente. Temos muitas contas para pagar inclusive a energia do clube foi cortada". Afirmou Ronaldo.

Segundo o presidente do clube, a principal dificuldade é com patrocinadores. Alegando que o clube não tem dinheiro para se manter, visto que é um time bicampeão da segunda divisão em Pernambuco. "Faço um apelo aos empresários, que abrace a causa, o Petrolina é um clube que nos representa muito bem, então vamos nos unir para levantar o clube novamente", ressalta Ronaldo Silva.



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 13:06:02  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.38/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.4/5 (8 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Troco a minha alma por sua casa vazia
Troco minha certeza por toda sua culpa
Troco o meu jardim por um buquê de flores
Troco meu colchão por uma rede de palha

Troco a minha fé por sua harmonia
Troco a sua fome pela minha luz
Troco o seu medo por minha vitória
Troco sua piscina por minha poesia
Troco a sua tristeza por minha alegria

Troco de casa, troco de rua,
troco de roupa, troco de lua
faço o que você quiser

Marcello Meneses, Mirá e Manuca Almeida

 



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 12:49:46  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.40/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.4/5 (5 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O vestibular 2012.2 da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (FACAPE) acontecerá neste domingo (03/06) no prédio da Instituição. Participarão da seleção 2221 alunos no vestibular, inscritos nesse ano.

Os portões serão abertos às 8h. A entrada será permitida até às 9h, quando os portões serão fechados. Os candidatos devem levar caneta esferográfica azul ou preta, documento de identidade oficial com foto e o cartão de inscrição. Os cartões estarão disponíveis no site da Facape a partir de quinta-feira (31/05).

A comissão de vestibular lembra aos concorrentes, que não serão aceitos o uso de celulares, objetos eletrônicos ou similares. O término do vestibular será às 13h.



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 12:27:10  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 4.20/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 4.2/5 (5 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



 

Escutas telefônicas interceptadas pela Polícia Federal (PF), com autorização da Justiça, durante a Operação Monte Carlo, questionam se o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, "pegou carona" em um jatinho fornecido pela quadrilha de Carlinhos Cachoeira, no dia 25 de abril de 2011, quando teria retornado da Alemanha ao Brasil, na companhia do senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO).

Por Najla Passos e Vinicius Mansur, na Carta Maior

No dia 23 de abril de 2011, às 19:31, o ex-funcionário da empreiteira Delta e ex-vereador de Goiânia pelo PSDB, Wladimir Garcez, também preso durante a Operação Monte Carlo, diz em ligação a Cachoeira que "o Professor (Demóstenes) está querendo vir de São Paulo no avião do Ataíde" e que "Gilmar" o acompanha. O documento da PF indaga: "Gilmar Mendes?" Cachoeira responde "que pode autorizar" enquanto ele acha o Ataíde.

Ataídes de Oliveira (PSDB-TO) é primeiro-suplente do senador João Ribeiro (PR-TO) e empresário do ramo de construção civil, incluído pela PF na lista de políticos ligados ao contraventor, preso na Operação Monte Carlo.

Às 20:14, Wladimir volta a falar com Cachoeira e informa que está providenciando o avião do Rossini. As investigações da PF indicam que Rossini Aires Guimarães é sócio de Cachoeira em uma empresa de segurança, a Ideal Segurança, e na fazenda Gama, em Brasília...



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 12:01:01  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



 

O pré-natal deve ser o primeiro passo da mulher ao saber que está grávida. Pois, é nesta fase que pode ser diagnosticada doenças, que antes a mulher não sabia que tinha, e assim iniciar o seu tratamento.

De acordo com a ginecologista obstetra do Hospital Dom Malan/Gestão IMIP, Fabíola Leite, a hipertensão, diabetes, doenças do coração e doenças específicas da gestação, são as principais doenças diagnosticada na mulher durante o pré-natal. "No pré-natal também é feito o acompanhamento do crescimento do feto, e também são diagnosticadas algumas doenças do bebê. Algumas delas podem ser tratadas ainda durante a gestação, com o bebê dentro da barriga; outras têm seu tratamento programado para depois do nascimento. Este também é o momento para a mãe receber orientações sobre as modificações normais do seu corpo na gestação e no resguardo e ainda informações sobre os cuidados que ela deve ter com o seu corpo para evitar doenças, orientações sobre o parto e ainda sobre os cuidados com o bebê", explicou a médica.

Segundo Fabíola a gestante que desejar ter um parto tranquilo não pode deixar de fazer o pré-natal corretamente. "Se ela não fizer assim, pode perder a oportunidade de diagnosticar e tratar doenças e pode ter problemas graves que causam até a morte do bebê ou da própria mãe", alertou.

A médica ainda destacou que o ideal é que a mulher inicie o seu pré-natal imediatamente ao descobrir que está grávida e que faça no mínimo seis consultas durante a gravidez. "Nessas consultas serão observados o peso e pressão arterial da mulher, serão feitos exames ginecológicos e a ausculta [sons gerados pelo ciclo cardíaco] do feto. Também são feitos exames complementares como os de sangue, sorologia para o diagnóstico de DSTs. O pré-natal só termina quando o bebê nasce", concluiu.

 



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 11:34:20  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.63/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.6/5 (8 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Olá Daniel!

Como seu blog é bastante acessado pela comunidade, resolvi, junto com um grupo de estudantes da UNIVASF, tornar este um assunto público se for possível divulgá-lo na sua página virtual.

Há alguns anos a UNIVASF recebe uma verba do PNAES, que é o Plano Nacional de Assistência Estudantil, com o objetivo de promover a assistência estudantil a estudantes de baixa renda e auxiliar a permanência desses estudantes na universidade. Porém, os EDITAIS lançados para inscrição da bolsa NUNCA é respeitado em todas as suas regras, nem cumpre seus prazos.

Só nesta última seleção as inscrições foram prorrogadas por um longo período a mais devido a um congestionamento da página de inscrições, dando um período maior aos estudantes para que organizassem os documentos necessários para se inscreverem... o resultado parcial foi adiado, o período de envio de recursos também foi prorrogado além do que se devia e a divulgação do resultado final foi adiado 4 VEZES.

Se apenas este fosse o problema seria justificável, pois é um longo trabalho para apenas duas assistentes (como eles dizem) darem conta do recado. Mas o problema maior é a FUGA DO EDITAL e suas regras de RECURSOS. As assistentes ficam disponíveis 8 horas por dia para que os estudantes tirem dúvidas acerca dos documentos para inscrição. Então preste bem atenção no que diz esse subtópico do EDITAL desse semestre quanto ao envio de recursos:

"4.3- Não serão aceitos como recursos a apresentação de documentos que deveriam ser apresentados pelos candidatos na etapa de inscrição do processo seletivo, bem como a inserção de novos dados e/ou de membros familiares."

O Edital e as assistentes deixaram bem claro que O RECURSO deve ser enviado para esclarecer informações, documentos que estão com algumas partes ilegíveis por erro de escaneamento ou algo do tipo, e NÃO por estudantes que deixaram de enviar documentos OBRIGATÓRIOS, importantes para afirmar as informações prestadas durante o período de INSCRIÇÃO. Mas não foi isso que ocorreu. Na divulgação do RESULTADO PARCIAL, observou-se claramente que a inscrição de muitos estudantes foi indeferida devido ao não envio de documentos ou envio de documentos que não atendem ao edital. Mas na divulgação (muuuuito adiada) do RESULTADO FINAL, estes mesmos estudantes que foram indeferidos por não apresentarem certos documentos, foram SELECIONADOS. Pois é, ocuparam a vaga e o direito de pessoas que enviaram seus documentos corretamente no período de inscrição. É aí que me pergunto... "o que torna esses estudantes melhores que os outros para que sejam selecionados desrespeitando as regras do próprio edital de seleção?"

Isso não é JUSTO. A intenção seria divulgar e denunciar coletivamente junto ao Ministério Público, mas como a maioria dos estudantes voltaram para suas cidades devido à GREVE DOS PROFESSORES, não há como fazer sequer um abaixo assinado para efetuar a denúncia. Por isso resolvemos fazê-la diretamente na imprensa para ganharmos um pouco de VOZ e para que a comunidade saiba que existem sim, muitas irregularidades no universo acadêmico.

Obrigada pela atenção, e espero que possa nos ajudar a divulgar esse fato.

Atenciosamente,
Karlene Souza.



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 11:15:22  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) em Juazeiro, a partir de hoje (29), até dia 02 de junho, vai promover uma negociação de débitos dos consumidores do distrito de Massaroca, zona rural do município de Juazeiro.

Uma equipe do setor comercial do órgão, estará no ponto de apoio do SAAE, em Massaroca, dialogando com os usuários sobre a negociação de débitos referentes às contas de água, como também realizando a atualização do cadastro dos imóveis.

A empresa solicita aos clientes em débito que não deixem de participar da ação, a qual visa regularizar o cadastro de todos os usuários com algum tipo de pendência.



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 11:02:04  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.5/5 (6 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O grupo que discute o texto do novo Código Penal decidiu hoje (28) tipificar como crime a prática de bullying - ato de agredir fisicamente ou verbalmente algum menor de idade, de forma intencional e continuada. O crime foi classificado como "intimidação vexatória" e poderá resultar em até quatro anos de prisão quando o autor for maior de idade.

Quando o agressor tiver menos de 18 anos, o bullying será considerado ato infracional e, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, o autor receberá medidas socioeducativas, como prestação de serviços, acompanhamento e internação.

Para que o crime seja tipificado, é preciso ficar provado que houve sofrimento da vítima a partir de uma pretensa superioridade do autor da violência.

O grupo também decidiu criminalizar a prática de stalking, que é perseguir alguém com ameaça à sua integridade física ou psicológica, invadindo sua privacidade ou liberdade. Classificado de "perseguição obsessiva ou insidiosa", o crime pode resultar de dois a seis anos de prisão.

Ainda entre as ameaças, a comissão de juristas decidiu aumentar a punição para o crime de constrangimento ilegal, o que afetará diretamente a atuação dos guardadores de carro irregulares. Apesar de o texto não destacar a atuação dos "flanelinhas", a adequação atingirá aqueles que ameaçarem donos de veículos como forma de obter dinheiro, que poderão pegar até quatro anos de prisão.

Caso a ameaça seja feita por mais de três pessoas, ou ainda se houver uso de arma de fogo, a pena pode chegar a seis anos e meio de prisão. O grupo entendeu, no entanto, que o simples fato de pedir dinheiro não é ilegal.

Os juristas definiram, ainda, que os médicos não podem obrigar pessoas maiores e capazes a fazer tratamento de saúde, como transplante de órgãos e transfusão de sangue. A mudança pretende atender a liberdade religiosa e a autonomia da vontade dos pacientes.

A comissão que elabora o anteprojeto do novo Código Penal no Senado foi formada em outubro do ano passado e deve concluir seu trabalho no próximo dia 25 de junho. Assim que o texto ficar pronto, começará a tramitar no Legislativo como um projeto de lei comum, que poderá ser alterado pelos parlamentares e pela Presidência da República.

O Código Penal brasileiro é de 1940, foi sancionado pelo então presidente Getúlio Vargas, e só teve alterações pontuais desde então. Com a chegada da Constituição de 1988 e com as crescentes mudanças na sociedade, o Legislativo decidiu revisar o texto, que hoje tem 361 artigos.



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 10:45:10  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.75/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (8 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Os dez anos da morte do jornalista Tim Lopes, que serão completados dia 2 de junho próximo, e a morte de Décio Sá, em abril deste ano, foram citados como exemplos do crescente número de assassinatos de profissionais da imprensa no Brasil, durante audiência pública sobre violência contra jornalistas realizada nesta segunda-feira (28), pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). O debate foi realizado a pedido do senador Paulo Paim (PT-RS).

Apenas em 2012, foram quatro jornalistas que perderam a vida no exercício da profissão. As principais razões para esse crescimento são, de acordo com as entidades ligadas ao exercício do jornalismo, a negligência das empresas de comunicação, a falta de regulamentação da profissão e a impunidade.

De acordo com levantamento divulgado em abril pelo Comitê para Proteção de Jornalistas, sediado nos EUA, o Brasil é o 11º país do mundo em que os assassinatos de jornalistas mais ficam impunes. Conforme registra o documento, cinco mortes que ocorreram entre 2002 e 2011 ainda não resultaram em nenhuma condenação no país. O líder do ranking é o Iraque, onde 93 mortes no período não foram esclarecidas.

Segundo o presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Celso Schröder, os ataques a jornalistas representam uma afronta não apenas aos direitos humanos como também ao estado de direito.

- Os crachás de identificação de imprensa ao invés de proteger estão se transformado em espécie de alvo. O objetivo é desestruturar o estado, atacar a democracia - alertou o presidente da Fenaj.



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 10:25:05  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (1 voto)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O filme se propõe a contar a história de Luiz Gonzaga pela visão de seu filho, o também músico Gonzaguinha

 

Depois de cinco meses rodando em Pernambuco, Bahia e Rio de Janeiro, o diretor Breno Silveira encerrou as gravações do longa Gonzaga – De Pai Para Filho neste mês e já emendou o trabalho com a edição das imagens. A corrida contra o tempo tem um motivo: o centenário de Luiz Gonzaga, o rei do Baião, em dezembro deste ano. “Em razão do centenário, eu quero lançar o filme ainda em 2012. Já estamos editando e ele deve estrear em 25 de outubro”, diz Silveira.

O filme se propõe a contar a história de Luiz Gonzaga pela visão de seu filho, o também músico Gonzaguinha, autor de O Que É, O Que É. “Chegou às minhas mãos uma caixa de fitas de entrevistas do Gonzaguinha com o pai, durante a turnê Vida de Viajante, de 1981, que eles fizeram juntos. Vi que existia uma história muito forte de pai e filho. Eles brigaram a vida inteira, mas, nas fitas, você entende porque fizeram as pazes”, diz Silveira. A trama une a relação conturbada entre os dois com a narração da carreira do autor de Asa Branca, chamado pelo diretor de “primeiro artista pop do Brasil” e colocado ao lado de Lampião e Padre Cícero, figuras marcantes do nordeste do país.

Atores cantores – O destaque da produção são os atores escolhidos para interpretar Luiz Gonzaga e Gonzaguinha nos períodos mais importantes de suas carreiras. Depois de anunciar nas rádios do nordeste, a produção recebeu 5.000 inscrições de candidatos para viver o sanfoneiro. A seleção observou critérios como semelhança, habilidade com o acordeon e com a voz. “Acabamos escolhendo o Chambinho do Acordeon, nome artístico do músico Nivaldo Expedito de Carvalho, não porque ele era o melhor ator, mas porque ele reunia todas essas qualidades”, diz. Chambinho interpreta Gonzaga dos 30 aos 50 anos. Além dele, os atores Land Vieira e Adélio Lima interpretam o sanfoneiro dos 17 aos 23 anos e do 50 aos 70, respectivamente.

Para o papel de Gonzaguinha, foi escolhido o ator Júlio Andrade, que já havia interpretado Raul Seixas no especial Por Toda Minha Vida, da Globo. “O Júlio me surpreendeu, porque ele toca muito violão e canta muito parecido com o Gonzaguinha. Muita gente acha que é o Gonzaguinha cantando”, diz Silveira.

 



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 10:05:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.60/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.6/5 (5 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Depois de quase três meses em obsequioso silêncio, o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) voltará nesta terça-feira a falar publicamente no Senado sobre as denúncias que pesam contra ele. Mas, ao contrário das peças oratórias de antes, usadas quase sempre para atacar o governo, Demóstenes terá a difícil missão de se defender no Conselho de Ética do Senado da acusação de quebra de decoro parlamentar por sua intensa e nebulosa atuação em defesa dos negócios do bicheiro Carlinhos Cachoeira. Sua cassação no Conselho, onde o voto é aberto, já é dada como certa entre os senadores.

Segundo o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, Demóstenes fará uma exposição inicial mostrando os pontos altos de seu mandato, para tentar convencer que teve uma atuação digna. Em seguida, tratará de cada uma das acusações que lhe foram imputadas pela representação feita pelo PSOL e pelo relatório do senador Humberto Costa (PT-PE).

Quando terminar a defesa, que deve durar meia hora, Demóstenes se colocará à disposição para perguntas. De acordo com seu advogado, ele responderá aos colegas.



Publicado por: Daniel Campos - 29/05/2012 - 09:45:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.80/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (5 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



«Primeira «Recentes ... 1312 1313 1314 1315 1316 [1317] 1318 1319 1320 1321 ... Antigas» Última»