Petrolina recebe representes do Comité Olímpico nesta quarta-feira

Movimento, inovação, brasilidade: estas três palavras que resumem a tocha Olímpica Rio 2016, que vai circular pelas 83 cidades do Brasil já confirmadas como integrantes do revezamento. As cidades, incluindo as 26 capitais estaduais e Brasília, serão o destino da tocha ao fim de cada dia de revezamento. E Petrolina está entre elas.

Além do carregador, o revezamento envolve uma série de outras ações que devem ser definidas com antecedência em reuniões com representantes do Comitê das Olimpíadas. Uma dessas reuniões será realizada aqui em Petrolina, na próxima quarta-feira, pela manhã, no Sest/Senat, às 8:30. De acordo com o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Geraldo Júnior, nesta reunião será definida algumas peculiaridades para que a Tocha passe pelo município. "Vamos receber o Comitê Olímpico para uma visita técnica, que vai fazer o trajeto de todo o percusso da Tocha, e traçar detalhes dessa jornada", expôs.

O Revezamento começa em maio de 2016 e durará entre 90 e 100 dias. Serão 12 mil condutores, cada um percorrendo cerca de 200 metros com sua tocha (o que é passado de uma para outra é a chama Olímpica, a mesma acesa ainda na Grécia). Serão 20.000 quilômetros por estradas e ruas brasileiras e mais 10.000 milhas aéreas sem que o fogo se apague.

A data em que a tocha irá desembarcar em Brasília para dar início a seu trajeto pelo país ainda será definida, mas o revezamento tem dia exato para terminar: 5 de agosto de 2016, quando o último condutor da tocha acenderá a pira Olímpica na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã. (Ascom)


Publicado por: Daniel Campos - 10/08/2015 - 14:00:00

 


Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar

Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.47/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (30 votos)

 

 

COMENTÁRIOS