Eleitor que não realizar biometria pode sofrer penalidades civis

Faltando pouco menos de dois meses para o encerramento do prazo, definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o recadastramento biométrico, a Justiça Eleitoral de Petrolina está empenhada em mobilizar os eleitores. Até o momento, apenas 50% do eleitorado está com situação regularizada e apta para ir as urnas no próximo mês de outubro.

O juiz da 145ª Zona Eleitoral reuniu a imprensa local, em uma coletiva nesta quarta-feira (20), para fazer um balanço dos números alcançados até aqui, informar sobre os gargalos enfrentados pela Justiça Eleitoral e ainda compartilhar ações articuladas para atingir a meta de recadastramento. Segundo o juiz, Cicero Everaldo, Petrolina deve receber mais um posto de atendimento para o recadastramento, que deve funcionar no Shopping da cidade, mas ainda sem data definida para o início das atividades.

Dr. Cicero chama atenção também para que os eleitores não deixem o recadastramento para última hora. "Temos uma média de 700 a 900 atendimentos por dia e é importante que a população venha com antecedência para evitar filas, já que com a proximidade do final prazo, os números de atendimentos devem dobrar", destaca o juiz. O recadastramento pode ser feito até o dia 31 de março.

Transporte de eleitores

Petrolina contabiliza atualmente mais de 200 mil eleitores, muitos deles concentrados no interior do município. Com as dificuldades enfrentadas por moradores de algumas localidades, com o deslocamento para chegar ao Fórum Eleitoral e acesso a internet para realizar o agendamento, a Justiça Eleitoral autorizou, formalmente, que a Prefeitura de Petrolina, políticos, empresários e lideranças comunitárias disponibilizassem veículos próprios para o transporte de eleitores que irão realizar o recadastramento. Os moradores do interior têm atendimento prioritário ao chegarem no Fórum.

Penalidades

Quem perder o prazo para o recadastramento biométrico pode sofrer penalidades civis que impactam significativamente na vida do cidadão. Os eleitores não cadastrados terão seus títulos cancelados e a regularização só poderá ser feita após as eleições. Confira algumas penalidades:

-Não votar nas eleições de outubro de 2016
-Ficar sem quitação com a Justiça Eleitoral, até regularização da situação, o que impedirá:
-A participação em concursos públicos e licitações
-A realização de empréstimos em bancos públicos
-Obtenção de passaporte
-A renovação de matrícula em escolas públicas, inclusive universidades
-Afetação em recebimento de benefícios sociais como Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida

O horário de atendimento da Justiça Eleitoral é das 7h às 19h, sem intervalo para almoço, de segunda a sexta-feira. Aos sábados, o horário de funcionamento é das 8h As 12h. O agendamento pode ser feito pelo site www.tre-pe.jus.br.


Publicado por: Daniel Campos - 21/01/2016 - 16:19:31

 


Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar

Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.41/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.4/5 (39 votos)

 

 

COMENTÁRIOS