Brasil tem desemprego de 12,6% no trimestre até agosto, diz IBGE

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 12,6% no trimestre encerrado em agosto deste ano, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os dados são da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, divulgada nesta sexta-feira (29). O índice ficou 0,7 ponto percentual abaixo dos 13,3% divulgados no trimestre encerrado em maio. Em agosto de 2016, a taxa havia sido de 11,8%.

O trabalho informal contribuiu com mais da metade do aumento de 1,4 milhão de pessoas ocupadas no trimestre encerrado em agosto. Nesta categoria, entram empregados sem carteira assinada e pessoas que trabalham por conta própria.


A taxa de pessoas que trabalham por conta própria subiu 2,1% -472 mil pessoas a mais-, totalizando 22,8 milhões de pessoas neste grupo. Já o número de trabalhadores sem carteira assinada teve um acréscimo de 286 mil pessoas, chegando a 10,8 milhões nesta categoria.

Essa informalidade no mercado é o primeiro passo da recuperação após uma crise econômica, justifica o gerente da pesquisa, Cimar Azeredo. Segundo ele, a melhoria no mercado de trabalho "tira da fila da desocupação 658 mil pessoas, uma queda significativa de 4,8% no trimestre terminado em agosto frente ao anterior". Frente ao mesmo período de 2016, o aumento da ocupação foi de 1,4 milhão de pessoas. (FolhaPress)


Publicado por: Daniel Campos - 29/09/2017 - 15:21:42

 


Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar

Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.80/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.8/5 (15 votos)

 

 

COMENTÁRIOS