Pesquisa da Facape aponta aumento no custo da cesta básica em outubro

Pesquisar para encontrar menores preços de produtos alimentícios é a alternativa que os consumidores de Petrolina-PE e Juazeiro-BA devem utilizar para realizar suas compras economizando no final do mês. É dessa forma que as pesquisas realizadas pelo Colegiado de Economia da Facape sobre o Índice da Cesta Básica (ICB) vêm contribuindo para que a população compare os preços e saibam como economizar na hora de fazer as compras.

Na última pesquisa realizada, referente ao mês de outubro na comparação com setembro, o ICB apresentou inflação de 2,02% em Juazeiro/BA e de 1,08%, em Petrolina/PE. Considerando as informações das duas cidades agregadas, a inflação no período foi de 1,56%. Assim, um trabalhador do Vale do S. Francisco que recebeu um salário mínimo de R$ 937,00, gastou 30,9% da renda com a compra de produtos da cesta básica. Isto significa que após a aquisição da cesta básica de alimentos, restaram R$ 647,63 para gastar com as demais despesas (moradia, transporte, vestuário, saúde e higiene e serviços pessoais).

Dentre os produtores que tiveram as maiores altas, destaque-se carne e banana. A carne está apresentando maiores preços devido ao período de entressafra e o aumento das exportações, que reduz a disponibilidade para o mercado interno. No caso da banana, houve uma maior oferta e os preços aos produtores se reduziram. Contudo, estes preços menores não foram repassados pelos supermercados aos consumidores.

Houve também uma queda no valor de alguns produtos, como o leite integral e o açúcar. A explicação para as reduções de preços está no aumento da oferta, tanto do leite quanto da cana de açúcar, devido à safra. (Ascom)


Publicado por: Daniel Campos - 13/11/2017 - 10:00:00

 


Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar

Gostou dessa matéria?
  • Currently 4.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 4.0/5 (1 voto)

 

 

COMENTÁRIOS