Final feliz: 1.000 pessoas resgatadas de mina na África do Sul

Quase 1.000 mineiros foram resgatados depois de ficarem trinta horas presos em uma mina de ouro na África do Sul. Os trabalhadores estavam presos desde quinta-feira, quando uma tempestade causou problemas elétricos e os impediu de subir à superfície.

Porém, por volta das 3h de sexta-feira (23h de quinta-feira em Brasília), as equipes de emergência conseguiram restabelecer o fornecimento de energia e fazer com que o elevador de carga voltasse a funcionar, trazendo os mineiros de volta.

A mina, chamada Beatrix, está situada a cerca de 240 quilômetros a sudoeste de Joanesburgo e é operada pela companhia sul-africana Sibanye-Stillwater. As tarefas de resgate terminaram por volta das 6h do horário local, segundo um representante do Sindicato Nacional de Mineiros sul-africano (NUM, sigla em inglês).

Ao longo do dia de ontem, e com a ajuda de geradores, já tinham sido resgatados cerca de 300 trabalhadores. Segundo o vice-presidente da Sibanye-Stillwater, James Wellsted, nenhum mineiro ficou ferido. Durante o tempo em que ficaram presos, todos receberam comida e água.

Os familiares dos trabalhadores presos na mina passaram grande parte do período de resgate nas dependências da área de exploração mineral, esperando por notícias. Assim que os mineiros foram resgatados, as equipes de emergência os encaminhavam imediatamente para seus parentes.

O ministro sul-africano dos Recursos Minerais, Mosebenzi Zwane, deverá visitar a mina nos próximos dias. O NUM já anunciou a abertura de uma investigação sobre o caso. O órgão também exigiu que, a partir de agora, a segurança dos mineiros seja levada mais a sério pelas autoridades.

O comitê parlamentar para Recursos Minerais sul-africano também se manifestou sobre o ocorrido, expressou seu descontentamento pela situação "totalmente inaceitável" e pediu explicações por não haver um plano de emergência para cortes de energia. (AFP)


Publicado por: Daniel Campos - 02/02/2018 - 19:02:20

 


Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar

Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.91/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.9/5 (11 votos)

 

 

COMENTÁRIOS