Delator da Lava Jato é preso em operação contra lavagem de dinheiro de tráfico internacional de drogas

A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã desta terça-feira (15) Carlos Alexandre de Souza Rocha, conhecido como Ceará, delator da Lava Jato. Outras sete pessoas também foram presas em uma operação contra lavagem de dinheiro do tráfico internacional de drogas.

Ceará atuava na Lava Jato com o doleiro Alberto Youssef e firmou acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR). O acordo foi homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A PF disse que vai avisar as duas instituições para que avaliem a rescisão do acordo.

Ceará foi preso preventivamente, ou seja, por tempo indeterminado, em João Pessoa (PB). Como delator da Lava Jato, ele mencionou os políticos Fernando Collor de Mello, Aécio Neves, Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues. (G1)


Publicado por: Daniel Campos - 15/05/2018 - 12:00:00

 


Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar

Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.33/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (3 votos)

 

 

COMENTÁRIOS