Carandiru: testemunhas de defesa começam a ser ouvidas nesta terça-feira

ilustrativaO segundo dia do julgamento de 26 policiais militares acusados de 15 das 111 mortes no episódio conhecido como massacre do Carandiru, em outubro de 1992, começa com o depoimento das testemunhas convocadas pela defesa dos policiais. Entre elas estão o ex-governador de São Paulo, Luiz Antonio Fleury Filho, e o ex-secretário de segurança Pública, Pedro Franco de Campos. Ambos seriam as principais autoridades públicas a ser consultadas pelo comando da Polícia Militar (PM) antes da invasão do presídio para conter uma briga entre detentos.


Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2013 - 20:00:00

 


Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar

Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.62/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.6/5 (79 votos)

 

 

COMENTÁRIOS