Daniel no Rádio




A crise econômica está tendo reflexos consideráveis em um dos principais entes responsáveis por oferecer serviços públicos que afetam diretamente o cidadão: as prefeituras. Segundo estudo da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), 85,9% dos municípios apresentaram situação fiscal difícil ou crítica em 2016.

De acordo com o levantamento, 2.613 prefeituras estavam em situação fiscal difícil no ano passado, o que equivale a 57,5% dos 4.544 municípios analisados. Esse é o maior percentual desde o início da série histórica, em 2006.

O número de municípios em situação crítica, à beira da insolvência, caiu de 1.969 em 2015 para 1.292 (28,4%) em 2016, mas a queda está relacionada ao aumento no número de prefeituras que não divulgaram dados, que saltou de 381 para 1.024 na mesma comparação. A não apresentação de estatísticas ao Tesouro Nacional constitui descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e pode ser punida.

As prefeituras brasileiras administram R$ 461 bilhões, equivalente a um quarto da carga tributária brasileira e maior que os orçamentos da Argentina e do Uruguai somados. No entanto, o número de cidades que gerenciam esses recursos com eficiência está caindo. O total de municípios com classificação excelente caiu de 24 em 2016 para 13 (0,3%) no ano passado, o menor número desde o início da pesquisa.

Na análise por regiões, o Nordeste apresenta a maior proporção de prefeituras em situação fiscal difícil ou crítica: 94,9% dos municípios da região enfrentam problemas nas contas públicas. As cidades em situação fiscal boa e excelente concentram-se no Centro-Oeste (26,1%) e no Sul (24,7%).

 




Publicado por: Daniel Campos - 11/08/2017 - 05:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.55/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (11 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A cantora brasileira Anitta é a personalidade mais produtiva do Instagram Stories em todo o mundo, informou nesta quarta-feira (2) a rede social de fotos.

O anúncio faz parte da celebração do aniversário de um ano de Stories, a modalidade de publicação que abriga conteúdos efêmeros, que somem depois de 24 horas no ar.

O Instagram compilou em uma lista as personalidades com mais de 10 milhões de seguidores que mais produzem Stories. Anitta não é a única representante brasileira da lista. Outros quatro artistas brasileiros estão nela: Lucas Lucco (4º), Claudia Leitte (5ª), Ivete Sangalo (6ª), Wesley Safadão (9º).

Veja abaixo:

1 - Anitta
2 - Chiara Ferragni
3 - Anastasia Beverly Hills
4 - Lucas Lucco
5 - Claudia Leitte
6 - Ivete Sangalo
7 - Jessica Iskandar
8 - buzova86
9 - Wesley Safadão
10 -Laudya Cynthia Bella

Entre os atletas, Neymar é o mais produtivo.

O Instagram também reuniu as hashtags mais usadas na plataforma. Dentre as dez mais recorrentes, a única que não é escrita em Inglês é #BOMDIA, presente na lista graças aos brasileiros.

Hashtags mais populares:

#GOODMORNING
#WORK
#GOODNIGHT
#MOOD
#HAPPYBIRTHDAY
#TBT
#LOVE
#HOME
#BOMDIA
#RELAX

Dentre os lugares mais populares, a segunda cidade mais recorrente é São Paulo.

Tags de localização mais populares:

Jakarta, Indonésia
São Paulo, Brasil
Nova York, Estados Unidos
Londres, Reino Unido
Madri, Espanha

Filtros faciais mais populares:

Orelhas de cachorrinho
Máscara de dormir
Orelhas de coelhinho
Amor com as flechas em formato de coração
Orelhas de coala




Publicado por: Daniel Campos - 03/08/2017 - 05:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.5/5 (6 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



As dificuldades familiares e o estresse vividos na infância poderiam acelerar o envelhecimento na idade adulta, segundo um estudo que sugere o impacto biológico duradouro dos traumas sofridos durante os primeiros anos de vida.

Os pesquisadores mediram o comprimento dos telômeros, estruturas do DNA protetoras dos cromossomos, cujo encurtamento ao envelhecer está vinculado à maturidade celular e às doenças.

Para este estudo, publicado nesta segunda-feira (3) nos Anais da Academia Americana de Ciências (PNAS, em sua sigla em inglês), os autores compararam o comprimento dos telômeros das glândulas salivares de 4.598 homens e mulheres de mais de 50 anos nos Estados Unidos, que responderam entre 1992 e 2008 a perguntas sobre as experiências traumáticas vividas ao longo de suas vidas. (France Presse)




Publicado por: Daniel Campos - 07/10/2016 - 15:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.47/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (15 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A obesidade entre crianças de menos de cinco anos atingiu níveis alarmantes em âmbito mundial e virou um pesadelo explosivo nos países em desenvolvimento, alerta a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os autores de um relatório sobre o tema destacam que, historicamente, o fenômeno não tem sido tratado como um problema de saúde pública, ao ser considerado, muitas vezes, uma consequência do estilo de vida das famílias.

Mas, ao final de dois anos de pesquisa em mais de 100 países, os autores destacam que os governos e organismos de saúde são fundamentais para discutir esta questão.

Se o problema não for tratado com seriedade, "a epidemia de obesidade poderá reverter muitos dos benefícios para a saúde que contribuíram para o aumento da longevidade observado no mundo", apontam os pesquisadores. (France Presse)




Publicado por: Daniel Campos - 26/01/2016 - 09:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.52/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (23 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Um casal de sabiás-do-campo vem tirando o sossego dos pedestres que passam pela Avenida Senador César Vergueiro, na zona sul de Ribeirão Preto (SP). Os pássaros atacam qualquer um que ande pelas calçadas da via ou fique parado próximo às árvores.

Segundo um zootecnista e moradores do quarteirão, os voos rasantes do bicho e as bicadas nas cabeças de quem passa são provocados pelo instinto de proteção. Os sabiás estão no período de reprodução e temem pelos filhotes que estão em ninhos, nas copas de duas árvores da avenida.

O carteiro Antônio Guedes, acostumado a escapar dos latidos de cães enquanto entrega a correspondência, se assustou com ataque que desta vez veio do céu. "Não esperava, só vi um trem voando para o meu lado", disse. "O jeito é ter cautela". (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 07/11/2015 - 13:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.21/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.2/5 (24 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Um barraco tomou conta do show de Simone e Simaria, que aconteceu cidade de Petrolina, em Pernambuco. Em um vídeo divulgado pelo colunista Léo Dias, do jornal 'O Dia', as irmãs aparecem interrompendo a apresentação para reclamar com um rapaz que jogou bebida em outra pessoa da plateia.

Nas imagens, Simone é ofendida pelo rapaz, que mostrou o dedo do meio para ela, e, em resposta, a artista chamou o homem de "vagabundo" e usou palavras de baixo calão. A cantora ainda o convidou para ir até ao palco para que dois seguranças "quebrassem a cara dele". Segundo a agenda da dupla, elas estiveram em Petrolina na festa 'Vá Tomar no Fusca'. Assista ao vídeo no link: https://www.youtube.com/watch?v=A58A-EoWRJc.(O Dia)




Publicado por: Daniel Campos - 10/08/2015 - 19:48:48  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.84/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (57 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Os pais de primeira viagem na casa dos 20 anos têm energia e agilidade para acompanhar o ritmo dos filhos pequenos, mas um novo estudo mostra que a paternidade precoce pode acarretar riscos mais tarde.

Um estudo de pesquisadores finlandeses revelou que se tornar pai antes dos 25 anos tem ligação com uma probabilidade maior de morrer na meia idade.

"Homens que têm filhos antes dos 22 anos têm uma mortalidade na meia idade claramente mais alta do que os homens que têm filhos mais tarde, com uma idade média de 25 a 26 anos", disse a doutora Elina Einio, da Universidade de Helsinque.

Embora a pesquisa não tenha analisado as causas prováveis do maior risco de morte em pais jovens, Elina acredita que a gravidez não planejada, o casamento precoce e o estresse psicológico e econômico da paternidade podem ser fatores. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 05/08/2015 - 07:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.33/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (27 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Muitas formigas precisam trabalhar juntas para mover grandes itens.

Cientistas de Israel descobriram como formigas cooperam para carregar grandes pedaços de comida aos formigueiros.

Um grande grupo de formigas fica encarregado de levantar o peso - mas essas formigas não têm direção. Por isso, um pequeno grupo de "guias" intervém e conduz o grupo por curtos períodos.

Aparentemente, as formigas têm um equilíbrio matematicamente perfeito entre individualidade e conformismo, segundos os pesquisadores.

A descoberta foi feita por meio da análise de vídeos de formigas carregando pedaços de alimento de grande dimensão, entre eles flocos de cereais matinais. (BBC)




Publicado por: Daniel Campos - 30/07/2015 - 14:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.81/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.8/5 (21 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A polêmica sobre a cor de um vestido numa foto compartilhada na internet virou um dos temas mais discutidos nas redes sociais, em especial no Twitter, onde virou um dos assuntos mais comentados mundialmente.

A discussão gira em torno de se ele é preto e azul ou dourado e branco. Parece algo fácil de responder, não fosse o fato de que praticamente metade das pessoas vê de uma maneira e o resto vê de outra.

O psiquiatra Daniel Barros, consultor do Bem Estar, explica que o cérebro interpreta as informações dentro de um contexto e faz ajustes de cor de acordo com a iluminação. "O vestido mostra que o nosso cérebro interpreta tudo como a gente quer. O vestido é o mesmo e o nosso cérebro toma liberdades", explica o doutor Daniel.

Ele mostrou uma ilusão de ótica muito conhecida que mostra que quando vemos uma mesma cor com um contexto mais claro ou mais escuro à sua volta, automaticamente tendemos a achar que ela é mais clara ou mais escura. Com o vestido ocorre algo semelhante: cada pessoa interpreta o contexto da imagem de uma forma, acreditando que as cores são preto e azul ou dourado e branco. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 27/02/2015 - 21:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.03/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (34 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



(DES)IGUAIS

Muitos correm atrás de ganhar o pão de cada dia, outros correm velozmente em busca de poder, fama, status, prestígio, sucesso e riqueza. Existem pessoas que tem dinheiro em abundância, não se esforçam tanto para adquirir, o mesmo bate à porta com muita facilidade, enquanto tantos trabalham incansavelmente numa rotina massacrante e se esforçam para conseguir alguma migalha de reais a duras penas. Que as desigualdades sociais aumentam consideravelmente é fato. A distância entre os afortunados e os que não têm se agigantam elasticamente. Sinceramente nessa atual conjuntura das relações sociais, não consigo vislumbrar um mundo mais justo e humano. O desamor está crescendo impiedosamente.

Lembro-me de um amigo já falecido, que dizia: "Antônio, não entendo porque um corpo só precisa de tantas roupas". Durante algum tempo fiquei pensando nas colocações daquele homem simples, pois, mesmo sem instrução escolar fez um questionamento bastante pertinente. Acredito que esse meu amigo não entendia porque pessoas tinham tantas roupas e não as usavam. Existem pessoas que tem o guarda roupas repleto de peças e variados modelos que não utilizam, inclusive, algumas chegam ao ponto de dizer, com muita vaidade, que não tem roupa. Segundo o entendimento de seu Chico, a quem me referi a pouco, se tem muita roupa e não faz uso, então o corpo que é um só, não precisa de tanto acessório assim.

Temos profundas dificuldades de compartilhar o que temos com outras pessoas. Mesmo que tenhamos algo sobrando, temos uma forte tendência para não sermos desprendidos. Não estou dizendo que você e eu temos que doar o que conquistamos ao longo do tempo, mas que podemos nos desfazer de algum bem que não nos serve mais. Com certeza aquilo que não usamos mais, poderá servir para outra pessoa que necessita urgentemente. Recentemente coloquei próximo à parede da minha residência algumas coisas que achava que só serviam pra o lixo. Num abrir e piscar de olhos, alguém levou. Não tenho dúvida que essa pessoa fez bom uso desses pertences porque estava necessitando.

Assim se expressou um economista: "A Guerra entre ricos e pobres já acabou, os pobres perderam." Viver é um desafio, embora o mundo ofereça muita oportunidade. A disputa é acirrada, desigual e até injusta em alguns aspectos. O sistema é radical, implacável, exigente e celetista. Diante de uma circunstância tão desanimadora o que fazer para transpor esse paredão de dificuldades? Primeiro, reconhecer que é uma situação difícil; segundo, enfrentar o problema de frente; terceiro; qualquer que seja o impasse, de alguma maneira existirá uma solução; quarto, acreditar nos sonhos e lutar bravamente em busca de sua realização, e, por último, de posse da conquista, procurar ser feliz e tentar ser um canal de benção para outras pessoas que se encontram no abismo e não conseguem enxergar uma saída para sua situação de desconforto e sofrimento.

Antonio Damião Oliveira da Silva //Guarda Municipal Petrolina-PE //Graduado em Matemática




Publicado por: Daniel Campos - 10/12/2014 - 15:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (30 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Um estudo da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, indica que o uso exagerado de equipamentos digitais pode atrapalhar a capacidade de crianças em reconhecer emoções de outras pessoas.

Pesquisadores do departamento de psicologia observaram 105 alunos de 11 e 12 anos, divididos em dois grupos, e perceberam que depois de cinco dias sem acesso às telas de celulares, tablets ou televisores, eles passaram a identificar emoções muito melhor.

No estudo publicado na revista especializada Computers in Human Behaviour os psicólogos afirmam que o efeito da mídia digital pode ser muito mais danoso que se imagina.

"Muitos olham para os benefícios da mídia digital na educação, mas não há muitos que estudam o custo disso", afirmou uma das autoras da pesquisa, Patricia Greenfield.

"Sensibilidade reduzida diante de sinais emocionais, ou uma certa perda da capacidade de entender as emoções dos outros, é um deles", disse.

Ela diz ainda que a troca da interação interpessoal pela interação via telas parece estar reduzindo o "traquejo social".

Os alunos da rede pública californiana foram separados em dois grupos: 51 passaram cinco dias no Instituto Pali, um acampamento para ciência e natureza cerca de 110km a leste de Los Angeles, enquanto os outros 54 continuaram em sua escola em Los Angeles (eles também passaram cinco dias no acampamento depois do estudo).

O acampamento não permite o uso de equipamentos eletrônicos, o que muitos alunos acharam difícil nos primeiros dias. No entanto, a maioria se adaptou à situação rapidamente.

No início do estudo, ambos os grupos tiveram avaliada a capacidade de reconhecer emoções em outras pessoas através de fotos e vídeos.

Depois de cinco dias no Instituto Pali, os 51 alunos apresentaram uma melhora significativa nesta capacidade.

Já os que continuaram imersos nas "telinhas" não tiveram grande melhora.

"Não se pode aprender a ler sinais não-verbais a partir de uma tela da mesma forma que se aprende na comunicação cara a cara. Sem essa prática, perde-se importantes habilidades sociais", disse outra autora do estudo, Yalda Uhls.

O conselheiro do governo britânico para questões de infância, Reg Bailey, também recentemente criticou o uso excessivo de equipamentos eletrônicos.

Para ele, os pais estão deixando as "telas assumirem o controle" e recomendou que as famílias passassem mais tempo conversando.

Bailey afirmou que as famílias deveriam considerar "refeições sem-telinhas" para estimular o contato pessoal. (BBC)




Publicado por: Daniel Campos - 31/08/2014 - 19:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.17/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.2/5 (36 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A comunidade do Cosme e Damião iniciou esta quarta-feira, 07, com muita alegria e disposição. Mais de 40 mulheres, que fazem parte do grupo de idosos e hipertensos da unidade de Saúde Anália Batista, participaram de uma manhã repleta de atividades saudáveis com dança, ginástica laboral e zumba com o educador físico do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), Gerson Matos, além de desfrutarem de um café da manhã especial em comemoração ao Dia das Mães.

"Mesmo não sabendo dançar eu não deixo de vir às aulas de dança. Meu neto sempre me fala que não posso parar de me movimentar, pois é muito importante para minha saúde e bem estar", contou a aposentada Blantina Barros.

A coordenadora do NASF, Rebeca Santana, explica que a dança e a zumba foram atividades incorporadas ao plano de aulas dos educadores físicos. "Hoje, nós temos educadores físicos, que têm realizado semanalmente aulas de zumba e dança em várias unidades de saúde, a exemplo da comunidade do Cosme e Damião que participa das aulas nas segundas e quartas-feiras", destacou Rebeca.

"O professor é um verdadeiro profissional e a gente vai acompanhando o ritmo dele, de acordo com nossas limitações. A melhor iniciativa da secretaria de Saúde para nossa comunidade foi a criação desse grupo, eu não perco uma aula", disse satisfeita a dona de casa Amena Rodrigues. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 07/05/2014 - 18:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.94/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.9/5 (36 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Uma pesquisa feita com 1.609 meninas brasileiras de 6 a 14 anos de idade revelou que 72,4% delas discordam que têm menos poder que os meninos que conhecem. Além disso, 24,1% só se acham "mais ou menos" bonitas, 15,7% delas gostariam de ter nascido com outra cor de pele se tivessem a chance de escolher e cerca de 20% delas conhecem alguma menina que já foi vítima de violência.Realizada pela ONG Plan Brasil e pela empresa de pesquisas Socializare, a pesquisa "Por Ser Menina" entrevistou garotas em 21 municípios de cinco estados do país. O objetivo, segundo o levantamento, é descobrir as percepções e expectativas das próprias garotas em relação às dificuldades que sofrem pelo fato de ser do sexo feminino.

O relatório preliminar da pesquisa foi divulgado nesta sexta-feira (11), data em que se comemora o Dia Internacional da Menina e véspera do Dia das Crianças. A pesquisa foi feita entre julho e setembro de 2013 e os municípios que fazem parte da amostragem estão nos estados do Pará, Maranhão, São Paulo, Mato Grosso e Rio Grande do Sul.

Os organizadores da pesquisa destacaram que, apesar de 71% das meninas terem respondido "sim" quando perguntadas se achavam que eram bonitas, 24,1% delas afirmaram que só se consideram "mais ou menos" bonitas, ou que só "às vezes" se sentem bonitas.

Além disso, 20,2% reconheceram que há tratamento diferenciado em sua escola para meninas de cor de pele diferente. Se tivessem escolha, 15,7% optariam por nascer com outra cor de pele ou raça, e 11,4% das garotas entrevistadas escolheriam ser brancas. De acordo com a pesquisa, 60,9% das entrevistadas não se declararam brancas. Do G1.




Publicado por: Daniel Campos - 11/10/2013 - 14:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (45 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Sorrisos, brincadeiras, família, descontração e muita ternura registrados nas lentes sob olhares mais que especiais. É a Exposição Fotográfica Sob um Olhar Infantil, em cartaz no River Shopping até a próxima sexta feira. A exposição faz parte de um projeto educacional sobre fotografias idealizado e executado pela Escola e Hotelzinho Cecília Meireles, em Petrolina.

A coordenação dos trabalhos ficou por conta do fotógrafo profissional Lissandro Carvalho e teve o apoio de empresas que apoiam projetos sociais como a Casa do Colono-Bayer, o próprio River Shopping , Marka Consultoria entre outros parceiros que abraçaram o projeto educacional que tem como objetivo levar os pequenos ao universo da história da fotografia , desde o seu surgimento até a grande evolução dos equipamentos nos dias de hoje.

A exposição Sob UM Olhar Infantil é aberta ao público . O River Shopping fica aberto das 10h da manhã ás 22h.. Da Ascom/PMP.




Publicado por: Daniel Campos - 08/10/2013 - 14:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.82/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.8/5 (44 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A EPTTC comunica que está realizando o recadastramento de todas as instituições de ensino do município - nas esferas Municipal, Estadual, Federal e privado - até o próximo dia 26 de abril. A partir desta data, os alunos terão seus cartões bloqueados e não poderão adquirir seus créditos e isso implicará a responsabilidade de quem lhe der causa. As instituições deverão se dirigir à EPTTC para pegar os devidos formulários, que deverão ser preenchidos e devolvidos em 02(duas) vias, juntamente com a documentação exigida.

Informamos que, buscando facilitar o processo de entrega de listas de alunos das Instituições de ensino, para dar agilidade e transparência ao processo, as instituições podem enviar as listas dos alunos matriculados e/ou desistentes através do seguinte email:estudante.epttc@yahoo.com , considerando as disposições da Lei Municipal nº. 1.923/07, que regulamenta o regime e uso dos passes estudantis no Município de Petrolina. As listas deverão ser convertidas em PDF, para que não haja possibilidades de alterações.




Publicado por: Daniel Campos - 17/04/2013 - 06:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.70/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.7/5 (53 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



ilustrativaUma mulher de 78 anos foi presa no domingo (14), no Recife, acusada de ser a mandante do assassinato do marido, morto a pauladas quando chegava em casa, em outubro de 1985. A prisão ocorreu no Cemitério da Várzea, Zona Oeste da capital, durante o velório do segundo companheiro da senhora, um pedreiro de 58 anos.

Apesar das insinuações, a delegada Beatriz Gibson, da Delegacia de Capturas e responsável pelo caso, explica que as investigações não podem afirmar o envolvimento dela na morte do segundo marido. "Pessoas comentaram, desconfiaram pelo perfil e pelo comportamento dela, mas nós não podemos dizer isso. O rapaz faleceu no hospital e, quando há desconfiança de que a morte no hospital não é natural, os médicos enviam o caso para o DHPP [Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa] ou para a delegacia do distrito", explicou Beatriz Gibson.

O mandado de prisão da senhora foi emitido na ocasião do crime e renovado outras duas vezes pelo juiz responsável. "A denúncia é tão clara que tem testemunhas não só de vizinhos como de filhos. No entanto, ela nega ter sido a mandante do homicídio do companheiro", declara a delegada. A suspeita foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina, no bairro do Engenho do Meio, Zona Oeste do Recife.

 




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2013 - 21:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.17/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.2/5 (58 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



ilustrativaO segundo dia do julgamento de 26 policiais militares acusados de 15 das 111 mortes no episódio conhecido como massacre do Carandiru, em outubro de 1992, começa com o depoimento das testemunhas convocadas pela defesa dos policiais. Entre elas estão o ex-governador de São Paulo, Luiz Antonio Fleury Filho, e o ex-secretário de segurança Pública, Pedro Franco de Campos. Ambos seriam as principais autoridades públicas a ser consultadas pelo comando da Polícia Militar (PM) antes da invasão do presídio para conter uma briga entre detentos.




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2013 - 20:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.58/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.6/5 (50 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



ilustrativaDurante coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (15), em seu Gabinete, o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, anunciou que a Agência Reguladora do Município (ARMUP) não será fechada. Segundo o gestor, o repasse que deveria está sendo feito pela Compesa - no valor de 50 mil reais mensais - não está sendo feito, mas que a prefeitura buscará redução de gastos e manterá a Agência em Funcionamento.

De acordo com Lossio, será lançado hoje (16), no Diário Oficial, um Edital para concessão que garanta o desenvolvimento do trabalho com água e saneamento no município e, com as dívidas que a Compesa tem com o município, é pouco provável que ela garanta este direito. Um dos requisitos mencionados no Edital é a diminuição em 5% no valor da taxa cobrada no município.

Com o Plano Municipal de Saneamento, solicitado pelo prefeito a fim de diagnosticar a situação do saneamento e fornecimento de água no município, foi identificado que Petrolina precisa de um investimento de 400 milhões de reais em 30 anos para universalizar o tratamento.




Publicado por: Daniel Campos - 15/04/2013 - 15:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.65/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.6/5 (48 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



ilustrativaO projeto Cinema no vale no mês de abril traz como tema de mostra a Infância, destacando filmes de épocas, gêneros e abordagens diversos. Abrindo a exibição do mês, no dia 05, sexta-feira, em parceria com o evento A Psicologia dialogando com o autismo, será exibido Temple Grandin, produção americana de 2008 que trata da história (real) de uma garota autista cuja superação das suas dificuldades trouxe grandes conquistas para pesquisas sobre esse assunto.

Hoje, dia 12, o foco da infância terá como tema a religião, com a exibição do clássico italiano Marcelino pão e vinho, de 1955, história de um garoto órfão cuidado por padres em um mosteiro e que expressa uma ingenuidade infantil poucas vezes vista no cinema de modo tão genuíno. No dia 19, será a vez de Garapa, forte documentário de 2009, realizado por José Padilha, diretor dos aclamados Tropa de elite 1 e 2. Essa obra expõe a vida de famílias no sertão nordestino, repletas de crianças, em que, na falta de tudo (comida, assistência à saúde e moradia) vivem a esmo, sob a ajuda de outras pessoas.

Encerrando a mostra, e evocando a infância de todos os espectadores, será exibido Contatos imediatos de 3º grau, obra-prima fundamental de Steven Spielberg, de 1977, que trata do contato entre extraterrestres e seres humanos, entre eles um garotinho, em meio a efeitos especiais, música e participações (o diretor francês François Truffault faz uma ponta) que a definiram como um dos melhores e atemporais filmes para todas as idades. O projeto Cinema no vale ocorre todas as sextas-feiras no Auditório da Biblioteca do Campus UNIVASF, a partir das 19 30. A entrada é gratuita.

Sinopses

12 / 04 - Marcelino pão e vinho (Marcelino pan y vino, Itália, 1955)
"Marcelino Pão e Vinho", é um filme de um pequeno órfão que causa milagre. Quando bebê foi deixado na porta de um mosteiro e criado pelos monges. Marcelino é muito bem cuidado pelos monges, mas sempre sentiu falta de ter uma mãe. Um dia encontra um amigo especial no sótão proibido... Pendurado em uma cruz. Um amigo que retribuiu a bondade de Marcelino lhe concedendo um desejo do fundo de seu coração.

19 / 04 - Garapa (Brasil, 2009)
Documentário sobre a questão da fome no Brasil, sob o ponto de vista de três famílias cearenses que convivem com este problema.

26 / 04 - Contatos imediatos de 3º grau (Close Encounters of the Third Kind, EUA, 1977)
Em uma pequena cidade americana vive Roy Neary (Richard Dreyfuss), um chefe de família que, ao pressentir a chegada de alienígenas, tem o seu comportamento alterado. Ele fica obcecado pela idéia e começa a investigar a situação, buscando o local de contato dos ET's. Como ele, diversas outras pessoas sentem a presença extraterrestre e rumam para o local do pouso da nave.
Ascom




Publicado por: Daniel Campos - 12/04/2013 - 16:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (55 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



ilustrativa

O programa Grande Rio FM desta manhã noticiou que moradores de Lagoa Grande se revoltaram com a falta de água no município e protestaram contra a Compesa. Segundo as informações, os manifestantes interditaram a BR 428 para chamar a atenção das autoridades. A mobilização foi pacífica, apesar de alguns manifestantes terem se exaltado por exigirem o restabelecimento dos serviços o mais rápido possível, e acabou no início da noite.




Publicado por: Daniel Campos - 11/04/2013 - 16:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.77/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.8/5 (52 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



«Primeira «Recentes [1] 2 3 4 5 Antigas» Última»