Daniel no Rádio



Febre amarela está 'tecnicamente sob controle no país', diz ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, declarou nesta quinta-feira (30) que a febre amarela no país está "sob controle" do ponto de vista técnico. Segundo ele, o governo federal vem seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre o tema, e os estoques de vacina são suficientes.

"A febre amarela está sob controle, tecnicamente, dentro das recomendações da OMS. Todas as áreas onde houve epizootias confirmadas, macacos com febre amarela mortos confirmados, nós fazemos um bloqueio, passamos a vacinar toda a região em torno desses pontos", declarou Barros na saída de um encontro com o presidente Michel Temer.

Até a última sexta-feira, o Ministério da Saúde confirmou 492 casos de febre amarela no país. Ao todo, foram 2.104 notificações recebidas, sendo que 1.101 delas ainda estão sob investigação e outras 511 foram descartadas. Os dados são referentes ao início do surto, em dezembro, até quinta-feira passada (23).

Minas Gerais teve 375 casos da doença, seguido por seus estados vizinhos: Espírito Santo, com 109 confirmações e São Paulo com cinco. O Rio de Janeiro, o mais recente a entrar na lista da febre amarela, está com três casos confirmados, dois descartados e 20 em investigação.

A doença causou 162 mortes desde o início do surto, e 95 ainda estão sob análise para a confirmação. Vinte óbitos suspeitos foram descartados.

Por enquanto, de acordo com o governo federal, a febre amarela é do tipo silvestre, com casos registrados apenas em regiões rarais e de mata. O Ministério da Saúde recomenda que moradores dessas regiões ou pessoas que devem visitar esses lugares estejam vacinadas com pelo menos 10 dias de antecedência. (G1)


Publicado por: Daniel Campos - 31/01/2017 - 09:00:00

 


Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   

  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (24 votos)

 

 

COMENTÁRIOS