Daniel no Rádio



Homem preso em Lagoa Grande é investigado por ligação com caso da menina Beatriz

Um homem, que ainda não teve a identidade revelada, foi preso nesta segunda-feira (30), suspeito de matar um funcionário público da Prefeitura de Lagoa Grande, no Sertão. A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) investiga uma possível ligação dele com o assassinato da menina Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, morta a facadas no dia 10 de dezembro de 2015, durante uma festa em uma escola em Petrolina.

De acordo com o titular da Delegacia de Lagoa Nova, Wagner Volpi, o suspeito, de 27 anos, foi transferido para a Delegacia de Petrolina devido a revolta dos moradores da região. Ainda segundo o delegado, o suspeito já teve passagens anteriores pelas Delegacias de Caruaru e Petrolina por tráfico de drogas.

A saliva do suspeito foi coletada para comparar com o material genético encontrado na faca usada para matar Beatriz. O material recolhido deve chegar nesta terça (31) ao Laboratório de Perícia e Pesquisa em Genética Forense, localizado no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. Em nota enviada à imprensa, a PCPE informa que o resultado do DNA deve sair em até 10 dias.

Parentes da menina Beatriz afirmaram à reportagem da Folha que já foram contactados pela Polícia para informar sobre a possível ligação entre os casos. O suspeito nega envolvimento nos dois crimes. (FolhaPE)


Publicado por: Daniel Campos - 31/10/2017 - 10:02:25

 


Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   

  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.89/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.9/5 (9 votos)

 

 

COMENTÁRIOS