Daniel no Rádio




Movimente-se: sedentarismo é fator de risco de para diabetes e hipertensão

O sedentarismo é um grande fator de risco para as inúmeras doenças metabólicas que existem. Dentre essas doenças está o Diabetes Mellitus, a Obesidade e a Hipertensão Arterial Sistêmica. Além disso, ele é cada vez mais relacionado, nos estudos científicos, ao aparecimento de diferentes tipos de cânceres. Como seres humanos, temos a característica de sermos armazenadores de energia. Se não praticarmos atividade física, neste contexto não teremos um gasto energético suficiente para o equilíbrio metabólico e assim poderemos acumular gordura abdominal que aumenta a inflamação no organismo e, assim, ocorre desregulação hormonal generalizada.

O aumento do colesterol LDL é outro ponto que vem como consequência do sedentarismo. Sabemos, inclusive, que o excesso deste tipo colesterol está relacionado ao aumento de eventos cardiovasculares. Para iniciar a prática do exercício físico é importante que busque além do seu médico, um educador físico, pois diminui o risco de lesões decorrentes dos treinos. O ideal é a prática mínima de 3 vezes na semana durante 60 minutos. Faço questão de lembrar que a musculação é uma das melhores abordagens, pois leva ao controle do perfil glicêmico e ativa a queima do excesso de gorduras. E aí? Estão motivados para iniciar os seus exercícios físicos e sair do sedentarismo?

O I Encontro Científico Interdisciplinar de Atenção ao Prematuro, realizado pelo Hospital João Murilo de Oliveira e que vai acontecer no próximo dia 16, no auditório da Faintvisa, em Vitória de Santo Antão, terá sua renda revertida para a realização do III Encontro de Prematuros do HJMO, um evento de comemoração que será realizado na sexta-feira (17). Com palestras voltadas para estudantes e profissionais de saúde, o encontro científico vai contar com diversas palestras ao longo do dia, ministradas por profissionais com experiência em atendimento ao prematuro, além de uma roda de diálogo com a participação de uma psicóloga, uma médica neonatologista e uma mãe de prematuro. (Rafael Coelho)


Publicado por: Daniel Campos - 13/11/2017 - 11:00:00

 


Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   

  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.0/5 (1 voto)

 

 

COMENTÁRIOS