Daniel no Rádio



A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (23), em votação simbólica, o projeto que elimina a cobrança de PIS-Cofins sobre o diesel até o fim de 2018. Todos os destaques (propostas de alteração do texto) foram rejeitados. A proposta ainda precisa ser analisada pelo Senado, antes de seguir para a sanção presidencial.

Incluída no projeto que reonera a folha de pagamento das empresas de 28 setores da economia, a medida foi aprovada para tentar conter a paralisação de caminhoneiros após várias reuniões de representantes do governo com a categoria.

Nos últimos dias, caminhoneiros têm bloqueado rodovias em todo o país em protesto contra os sucessivos aumentos no preço do diesel, motivados pela política de preços da Petrobras, que determina os preços de venda dos combustíveis aos distribuidores com base na oscilação do preço do petróleo no mercado internacional e na variação do dólar.

A Petrobras já anunciou que não mudará a política de reajustes. Mas na noite desta quarta anunciou uma redução de 10% por 15 dias no preço do diesel vendido pelas refinarias como um "gesto de boa vontade" para dar solução à crise motivada pelo movimento dos caminhoneiros. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 12:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O litro da gasolina chegou a ser vendido a R$ 8,99 nesta quarta-feira (23) no Recife após o abastecimento dos postos de combustíveis ser afetado devido ao terceiro dia de protestos dos caminhoneiros contra o aumento do preço do diesel. Alguns postos na Região Metropolitana fecharam por falta de combustíveis para revenda, como na Avenida Getúlio Vargas, em Olinda.

Na noite desta quarta (23), o posto localizado no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, onde o litro da gasolina passou a ser vendido a R$ 8,99 foi interditado pelo Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon-PE). O estabelecimento recebeu uma multa no valor de R$ 500 mil e terá que ficar 72 horas sem funcionar.

Outros três postos na capital pernambucana também foram autuados por preços abusivos. Dois deles, localizados na Avenida Norte, no bairro de Santo Amaro, no Centro da cidade, tinham preços a R$ 5,59 e R$ 4,99.

O outro estabelecimento fica em Boa Viagem, na Zona Sul, onde a gasolina estava sendo vendida a R$ 4,89. Na segunda (21), o preço do combustível, no mesmo estabelecimento, era de R$ 4,39. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 11:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Um relatório da Infraero de 11h09 aponta que os aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e os de Palmas (Tocantins), Recife (Pernambuco), Maceió (Alagoas) e Aracaju (Sergipe) têm combustível suficiente para abastecer as aeronaves até esta quarta-feira (23), em razão da greve de caminhoneiros e do bloqueio às distribuidoras.

Congonhas é um dos três aeroportos mais movimentados do país. É nele que fica a rota de maior circulação de passageiros do Brasil, a ponte aérea Rio-São Paulo.

Outros sete aeroportos têm combustível para um ou no máximo dois dias (Santos Dumont-RJ, Goiânia-GO, Teresina-PI, Campo Grande-MS, Ilhéus-BA, Foz do Iguaçu-PR e Londrina-PR).

O alerta foi dado pelo Núcleo de Acompanhamento e Gestão Operacional (Nago), no "relatório de monitoramento da mobilização dos caminhoneiros".

O relatório diz respeito apenas aos aeroportos administrados pela Infraero; os gerenciados por empresas privadas não entram na lista. Brasília, por exemplo, restringiu, também nesta quarta-feira (28), o recebimento de aeronaves com pouco combustível no terminal. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 10:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nesta semana o registro do Sofosbuvir, medicamento genérico destinado ao tratamento de infecções causadas por hepatite C crônica. As informações são da Agência Brasil. O remédio, que será utilizado como um componente da combinação do regime de tratamento antiviral, atua como inibidor da polimerase NS5B, enzima essencial para a replicação do vírus que provoca a doença.

Ainda de acordo com a Anvisa, a aprovação do Sofosbuvir deve reduzir os custos do tratamento para hepatite C, uma vez que medicamentos genéricos entram no mercado com valor no mínimo 35% menor que o do produto de referência. (Folhapress)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 09:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A paralisação dos caminhoneiros atinge até as postagens nos Correios. A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos suspendeu temporariamente as postagens das encomendas com dia e hora marcados (Sedex 10, 12 e Hoje). Em comunicado, os Correios informaram que a paralisação também tem gerado "forte impacto" e atrasos nas operações da empresa em todo o País.

"Também haverá o acréscimo de dias no prazo de entrega dos serviços Sedex e PAC [entrega não expressa], bem como das correspondências enquanto perdurarem os efeitos desta greve", diz o texto. Os Correios informam ainda que "toda a logística brasileira" sofre prejuízos em decorrência da paralisação dos caminhoneiros, que teve início na segunda-feira.

A operação dos Correios envolve mais de 25 mil veículos, 1.500 linhas terrestres e 11 linhas aéreas, de norte a sul do País. A empresa entrega mensalmente cerca de meio bilhão de objetos postais, entre eles 25 milhões de encomendas.

"Os Correios estão acompanhando os índices operacionais de qualidade de toda essa cadeia logística e, tão logo a situação do tráfego nas rodovias retorne à normalidade, a empresa reforçará os processos operacionais para minimizar os impactos à população", acrescenta a nota. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - Hoje! - 08:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Em um mês de campanha de vacinação contra a gripe, um total de 50,97% do público-alvo foi vacinado em Pernambuco, de acordo com o Ministério da Saúde. Números do boletim oficial do governo mostram que, desde o início da mobilização, em 23 de abril, foram aplicadas 1.222.132 doses nos postos de vacinação do Estado.

A campanha segue até o próximo dia 1º de junho e a expectativa é de que, no mínimo, 90% do total de 2.399.361 pessoas seja vacinado. A dose da vacina é gratuita e reduz as complicações da doença.

O público-alvo é formado por pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores, povos indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias de parto e pessoas privadas de liberdade. O Ministério da Saúde espera vacinar um total de 54,4 milhões de pessoas em todo o Brasil. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 23/05/2018 - 12:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, confirmou o acordo feito entre governo e Congresso Nacional para redução do preço do diesel. Em declaração feita na noite desta terça-feira (22) no Palácio do Planalto, Guardia disse que o governo eliminará a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre o diesel e, em contrapartida, os parlamentares devem aprovar o projeto de reoneração da folha de pagamento.

"Acordamos que iremos eliminar a Cide incidente sobre o diesel. Ao mesmo tempo, o Congresso aprovará um projeto de reoneração da folha. O acordo é que iremos, uma vez aprovado o projeto de reoneração, assinar um decreto eliminando a Cide sobre o diesel", disse Guardia.

O ministro não informou quanto o governo deixará de arrecadar com a eliminação da Cide sobre o diesel. Segundo ele, a reoneração da folha de pagamento para alguns setores a partir deste ano e para todos os demais setores da economia a partir de dezembro de 2020 compensará a perda de receitas. (ABr)




Publicado por: Daniel Campos - 23/05/2018 - 11:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 5.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 5.0/5 (1 voto)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O presidente Michel Temer anunciou nesta terça-feira (22) sua desistência de concorrer a mais quatro anos à frente do Palácio do Planalto e lançou o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles como pré-candidato à Presidência pelo MDB. "Nós chamamos você para ser presidente do Brasil", disse Temer ao fim de um discurso em evento do MDB, em Brasília, para o lançamento do documento "Encontro com o Futuro".

A informação foi antecipada pela reportagem da Folha de S.Paulo na última sexta (18), de que Temer havia decidido anunciar sua desistência em ser candidato no evento da legenda.

O presidente fez um discurso de mais de 15 minutos no qual fez elogios ao ex-ministro da Fazenda. "Digo sem errar que o Meirelles é o melhor entre os melhores." Temer falou ainda esperar que o ex-chefe da equipe econômica seja o único candidato de centro à Presidência da República.

Ele disse ainda que sentirá muito orgulho se um dia Meirelles for eleito presidente. (FolhaPress)




Publicado por: Daniel Campos - 23/05/2018 - 10:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0.0/5 (0 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Mais uma submetralhadora como a que teria sido usada no assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes desapareceu do arsenal das forças de segurança. De acordo com informações exclusivas do RJ2, uma arma do modelo MP-5 sumiu do controle da Polícia Federal - outras cinco já haviam sido dadas como desaparecidas pela Polícia Civil do Rio.

O desaparecimento foi constatado há três anos, no Núcleo Especial de Polícia Marítima da PF, que tem sede na Praça Quinze. Além da arma, dois carregadores calibre 9 milímetros desapareceram na mesma época. Ao contrário da Polícia Civil, a Polícia Federal abriu um procedimento para investigar o caso. Até hoje a submetralhadora não foi encontrada.

A Polícia Federal informou que um servidor foi responsabilizado, em 2017, pelo desaparecimento da submetralhadora. No entanto, a nota não esclarece qual foi a punição que ele recebeu.

A PF declarou ainda que abriu um inquérito para apurar o extravio da munição do lote UZZ-18, usada na morte da vereadora Marielle e do motorista Anderson Gomes

Segundo peritos, os quatro tiros que atingiram a cabeça da vereadora no dia 14 de março foram disparados em uma só rajada com a submetralhadora de origem alemã. Outro disparo ainda matou o motorista Anderson Gomes, baleado nas costas. Os autores do crime ainda não foram encontrados. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 23/05/2018 - 09:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse nesta terça-feira (22) que "todo governo só é legítimo se for honesto".

Ela fez discurso sobre ética e política em um seminário sobre combate à corrupção no Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (UnB).

"A falta de ética gera uma desagregação do tecido social e da estrutura estatal. É inaceitável, inadmissível. Todo governo só é legítimo se for honesto. Sem confiança, não há democracia. Democracia se dá pela segurança que o cidadão tem nas instituições.", disse.

Para a presidente do STF, "não se pode seguir numa rua se ali estiver indicando contramão. Uma servidora pública que alimenta práticas antiéticas, isso é andar na contramão. Estado só vive pela confiança do cidadão nas estruturas de poder". (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 23/05/2018 - 08:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (1 voto)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou, nesta terça-feira (22), uma operação de repressão qualificada com o objetivo de desarticular uma organização criminosa voltada para a prática de roubo de carga no Estado. Ao todo, são cumpridos 21 mandados de prisão e 19 de busca e apreensão na Operação Barra Azul, presidida pela delegada da Delegacia Seccional de Caruaru, Polyanne Farias.

A organização também era voltada aos crimes de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Os trabalhos investigativos começaram em agosto de 2017 e os mandados são cumpridos nas cidades de Recife, Bezerros, São Caetano e Gravatá. Segundo o gerente operacional da Diretoria Integrada Especializada (Diresp), o delegado Nelson Souto, motoristas forneciam informações aos integrantes da quadrilha.

"Esses motoristas davam informações privilegiadas aos criminosos. Além disso, cinco presos mantinham contato de dentro do sistema penitenciário", detalhou Souto. As atuações aconteciam nos municípios de Recife, Gravatá, São Caetano, Bezerros. "Não havia uma escolha específica, era carga generalizada de diversos produtos", completou.

"Acreditamos que com a desarticulação haverá uma redução nos casos de cargas roubadas e homicídios", afirmou o chefe da Polícia Civil, o delegado Joselito Kerhle. "Já foram mapeados e responsabilizados integrantes por dez homicídios e, durante as investigações, sete homicídios foram evitados", finalizou. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 22/05/2018 - 18:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 4.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 4.0/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Diante da resignação do ex-ministro das Cidades, Bruno Araújo, em disputar a reeleição à Câmara dos Deputados, o PSDB deverá disputar a vaga de vice-governador no palanque das oposições - que já dá como certos os nomes de Armando Monteiro (PTB) e Mendonça Filho (DEM). O provável vice de Armando é o ex-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho (PSDB), que ocuparia o espaço pelo critério geográfico, com o objetivo de tornar a chapa mais plural. A indicação de Guilherme - que é primo do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) - contemplaria, a um só tempo, os tucanos e a força política do Sertão do São Francisco.

A desistência de Bruno de disputar a chapa majoritária foi confirmada por um integrante do conjunto, em reserva. Atuando como interlocutor do partido na frente, ele abre espaço para outros nomes da legenda como Guilherme Coelho (seu suplente na Câmara e defensor dos interesses do ex-ministro), os ex-governadores João Lyra Neto e Joaquim Francisco (que têm atuado junto à cúpula das oposições), além do vereador do Recife, André Régis (com perfil mais técnico).

João Lyra alega que esse assunto ainda não foi discutido, tendo como previsto apenas os anúncios de Armando e Mendonça. "Teremos o primeiro anúncio na próxima segunda e o resto depende da composição dos partidos, a partir dos nomes apresentados", esclarece o ex-governador. No PSDB, também não se fala abertamente em nomes para concorrer à vaga de vice.

Tendo descartado disputar a Câmara, Lyra ainda vislumbra concorrer ao Senado pelo PSDB, mas nos bastidores, fala-se que o companheiro de Mendonça deve vir de fora da frente "Pernambuco Quer Mudar", possivelmente o deputado governista André Ferreira (PSC) - caso não seja contemplado na Frente Popular. Esse espaço, em último caso, ficaria com Silvio Costa (Avante), se a candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) não acontecer.


Assim, o PSDB estaria contemplado na vice e Guilherme Coelho seria o nome indicado. "Me honra muito (ser cogitado para a vice). Já fui duas vezes prefeito de Petrolina, a gente tem uma atuação muito forte de deputado federal, uma atuação muito forte no Sertão e eu penso que essas chapas têm que ser, cada vez mais, distribuídas regionalmente", avalia Coelho.

João Lyra poderia ser uma opção regional de vice, representando Caruaru, mas o ex-governador aparentemente não deseja ocupar esse espaço. Já Régis estaria empenhado na eleição para deputado federal, inclusive com a pré-campanha na rua. Nesse sentido, Guilherme joga para Bruno que, na condição de presidente do PSDB-PE, tem a responsabilidade de conduzir o processo. "A gente tem uma tradição política aqui de família. Ao longo desses anos todos a gente se dedica a transformar o Sertão e eu vejo que é preciso diminuir as diferenças no Estado", pontua o ex-prefeito, em tom de animação. (Blog da Folha)




Publicado por: Daniel Campos - 22/05/2018 - 16:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.33/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O presidente da Petrobras, Pedro Parente, afirmou nesta terça-feira (22), após reunião em Brasília com os ministros da Fazenda, Eduardo Guardia, e de Minas e Energia, Moreira Franco, que a política de reajustes dos preços de combustíveis da empresa não será alterada.

Também após a reunião, Guardia afirmou que é "muito reduzido" o espaço do governo para redução dos tributos sobe combustíveis.

A política, que prevê reajustes com maior frequência, inclusive diariamente, refletindo as variações do petróleo e derivados no mercado internacional e também a oscilação do dólar, começou a valer em 3 de julho do ano passado.

Em maio, já foram anunciadas 10 altas e 5 quedas no preço do litro do diesel. No caso da gasolina, foram 12 altas, 2 quedas e uma estabilidade.

Os reajustes ocorrem em meio à disparada no preço do petróleo no mercado internacional e na cotação do dólar em relação ao real. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 22/05/2018 - 15:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.5/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Uma nova política para conter doenças associadas à alimentação está sendo colocada em curso no país: o governo deve negociar com empresas um alerta frontal no rótulo dos alimentos para indicar altos teores de gordura, sal e açúcar. O principal objetivo é conter o avanço de doenças relacionadas ao consumo exagerado desses alimentos, que aumentam o risco de condições como diabetes, hipertensão, problemas cardiovasculares e obesidade.

A ideia é que os rótulos tenham um alerta frontal para complementar a tabela nutricional, geralmente disposta na parte de trás das embalagens. Símbolos e cores serão utilizados para facilitar a visualização. A base da informação também deve considerar cada 100g ou 100ml de alimento para maior padronização dos dados.

O primeiro passo para essa nova política foi dada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que aprovou a primeira parte do documento nesta segunda-feira (21). Essa versão ficará disponível para contribuição da comunidade científica por 45 dias. Depois, a agência vai fazer a redação da norma, que ficará à disposição por 60 dias para novas contribuições. A expectativa é que até o final do ano a regulamentação seja publicada. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 22/05/2018 - 14:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.33/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.3/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O governo federal reduziu de 2,97% para 2,5% a previsão de crescimento da economia brasileira em 2018. O dado consta do relatório bimestral de avaliação de receitas e despesas, divulgado nesta terça-feira (22) pelo Ministério do Planejamento.

A revisão do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) - que é a soma de todas as riquezas produzidas pelo país em um determinado período - já havia sido adiantada na semana passada pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, em entrevista à imprensa estrangeira.

A expectativa menor para o PIB neste ano é reflexo da divulgação de indicadores que apontam para uma recuperação econômica mais lenta do que o esperado. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 22/05/2018 - 13:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 4.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 4.0/5 (1 voto)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Se eleito presidente do Brasil, Ciro Gomes (PDT) promete revogar duas medidas de um "governo golpista" (teto de gastos e reforma trabalhista) e "deixar a porta aberta para dialogar com o PSDB".

E torce para que um eventual segundo turno que conte com sua presença seja contra Jair Bolsonaro (PSL). "A rigor, gostaria muito de enfrentá-lo, me parece o candidato menos difícil de ser derrotado", afirmou o ex-ministro ao ser sabatinado por Folha de S.Paulo, UOL e SBT, em São Paulo, nesta segunda-feira (21). Para Ciro, o adversário é fascista e tem propostas "toscas" para o país.

A aliança com o tucanato pode até ser "completamente disparatosa" do ponto de vista eleitoral, "para ficar numa palavra moderada", mas é preciso pensar "no dia seguinte às eleições" - e "ter a porta aberta para dialogar" com o PSDB, disse.

Nome do campo progressista mais bem posicionado nas pesquisas num cenário em que Lula (PT) não disputa a sucessão de Michel Temer (MDB), Ciro disse avaliar "o que está em jogo, para quem tem responsabilidade crescente como aquela que estou sentindo crescer sobre meus ombros": a governabilidade. Daí pensar no que aconteceria caso ganhasse o pleito, e isso inclui manter pontes com o PSDB, embora o partido, ao seu ver, tenha se aliado ao PMDB para dar um "golpe de Estado" (o impeachment de Dilma Rousseff) "antipobre e antipovo". (Folhapress)




Publicado por: Daniel Campos - 22/05/2018 - 12:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.5/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Um dos principais articuladores do projeto majoritário do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-ministro Fernando Haddad (PT) visitará Pernambuco, na próxima sexta-feira (25). Conforme o Blog da Folha antecipou, ele se reunirá com o governador Paulo Câmara. No entanto, ele também solicitou um encontro com a vereadora Marília Arraes (PT), que tenta viabilizar sua candidatura ao governo. A conversa com a petista ficou marcada para o início da manhã, já que ela deve seguir para outra agenda no interior, na sequência.

A vinda de Haddad ocorre uma semana após ele elogiar a gestão de Paulo Câmara no Governo do Estado. A declaração foi dada após ele e a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, visitarem Lula na superintendência da Polícia Federal de Curitiba. A afirmação foi vista como uma senha para uma aliança entre PT e PSB em Pernambuco.

Em entrevista ao Blog da Folha e Folha de Pernambuco, Haddad afirmou que o objetivo da visita seria coletar experiências da gestão do governador socialista em Pernambuco. Ele é um dos responsáveis pela formatação do programa de governo da candidatura de Lula à Presidência da República e está percorrendo todos os estados em busca de ações exitosas para a campanha presidencial do PT neste ano.

"Estou indo aos estados e vendo o que os governadores fizeram de melhor para formatar o programa de governo da campanha presidencial de Lula. Eu combinei com ele uma nova vista a Pernambuco. Deve ir para o Estado entre o final de maio e começo de junho", afirmou, após participar com Paulo Câmara de um evento promovido pela Fundação Lemman, no começo do mês.

A despeito das costuras nacionais, a vereadora Marília Arraes segue articulando sua candidatura. No último domingo (22), a petista fez um grande ato no Clube Internacional em defesa do seu projeto majoritário. Apoiadores do seu projeto político também pressionam as lideranças nacionais em defesa da tese de candidatura própria e contra a aliança.

A tensão interna cria um ambiente de conflito para a reunião do diretório do PT-PE, no próximo dia 10 de junho. O encontro deverá bater o martelo sobre o caminho da sigla no pleito do Estado. (Blog da Folha)




Publicado por: Daniel Campos - 22/05/2018 - 11:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba (PR), escolheu o dia 27 de maio para o lançamento de sua pré-candidatura à Presidência em todo o Brasil. A informação foi repassada pelo deputado federal Wadih Damous (PT), que visitou o petista na manhã desta segunda (21) na condição de seu advogado.

O parlamentar afirmou à militância do acampamento Lula Livre, nos arredores da PF, que o ex-presidente pediu para enfatizar que no dia 27 o lançamento ocorrerá em cada cidade brasileira onde o PT está organizado. "Pouco importa se em cada ato tenha 10 pessoas, tenha 5 pessoas, tenha 500 pessoas. O importante é o somatório em todo o Brasil de cada um desses atos, para deixar claro que o presidente Lula é o nosso candidato", disse Damous.

O deputado também afirmou que Lula está bem-humorado, ainda que indignado. "Está bem abrigado, está bem agasalhado, tem praticado exercícios, está bem-humorado. Agora, é claro que ele está indignado com essa perseguição que se abate sobre ele."

Segundo Damous, Lula voltou a dizer que não quer receber um indulto, mas sim o reconhecimento de sua inocência. (Folhapress)




Publicado por: Daniel Campos - 22/05/2018 - 10:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.67/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.7/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deverá decidir nesta terça-feira (22) se pode haver equiparação entre a guarda de animais e a guarda de filhos.

Atualmente, não há previsão legal sobre com quem os bichos devem ficar. O processo em análise na Corte está relacionado ao regime de visitação .

A decisão a ser tomada pelo STJ nesta terça não tem aplicação obrigatória nas demais instâncias da Justiça, mas servirá de base para a atuação de outros juízes, uma vez que a Corte é responsável por uniformizar o entendimento das instâncias inferiores. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 22/05/2018 - 09:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.75/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Pré-candidato a governador pela Rede, o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio, afirmou que a política no estado passa por uma "esquizofrenia". Na sua visão, as composições eleitorais que se desenham, tanto na Frente Popular como na oposição, carregam contradições graves, que serão exploradas durante o período de campanha. Por isso, mantém sua postulação, pois acredita que ela é a única que consegue manter certa coerência, dentro do cenário atual.

"Estamos vivendo uma esquizofrenia política em Pernambuco. É uma verdadeira loucura. Depois da morte de Eduardo Campos, o PSB perdeu um pouco o rumo. Tem história de centro esquerda, mas na eleição votou no PSDB e estava durante anos aliado aos tucanos e ao DEM. O PSB também ajudou a derrubar Dilma, o que foi um grande equívoco, mas agora quer voltar atrás. Realmente, quando a gente erra, quer pedir desculpas", colocou, em entrevista ao Programa Folha Política, desta segunda (21).

Da mesma forma, Lóssio considera que o bloco oposicionista, liderado pelo senador Armando Monteiro (PTB) tem feito escolhas "equivocadas". "Na última eleição, votei em Armando. Mas acho que ele fez um caminho equivocado, nessa escolha de alinhamento mais com a direita, com DEM e PSDB. Algumas pessoas chamam essa aliança de ‘Pernambuco quer voltar'. Eles estavam com Eduardo o tempo todo. Eu posso até criticar o PSB, porque nunca estive com eles. Mas, como o povo que foi eleito com Eduardo e participou do governo, chaleirou Eduardo, agora se considera com autoridade para criticar o governo? Um governo não fica ruim do dia para noite, é construído a cada dia", destacou.

Marília

Segundo o ex-prefeito, a possível retirada da candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) ao governo é "ruim para a democracia". "Marina Silva, inclusive usa muito a frase ‘quanto mais estrela no céu, mais iluminado fica o caminho'. Então era bom ter eu Marília, Paulo Câmara, Armando Monteiro, Fernando Filho, Mendonça Filho e Bruno Araújo. Todos candidatos ao governo. Porque no segundo turno iríamos nos compor com quem entendemos que está mais de acordo com o que a gente pensa. O segundo turno existe para isso", frisou. (Blog da Folha)




Publicado por: Daniel Campos - 22/05/2018 - 08:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.67/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.7/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



«Primeira «Recentes [1] 2 3 4 5 ... Antigas» Última»