Daniel no Rádio



Vigilância Sanitária interdita drogaria que funcionava sem farmacêutico e orienta sobre presença do profissional

As drogarias de todo o Brasil precisam contar com farmacêuticos durante todo o período em que o estabelecimento estiver funcionando. No entanto, ainda existem casos de farmácias não respeitando a Lei e colocando a saúde da população em risco. Nesta semana, um desses estabelecimentos foi interditado pela Agência de Vigilância Sanitária de Petrolina por não ter farmacêutico. A drogaria atuava no Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho - Núcleo 05.

De acordo com o diretor interino do órgão, Marcelo Gama, a drogaria já tinha sido notificada no ano passado e agora só poderá ser reaberta após a contratação do profissional. "Essa foi mais uma fiscalização de rotina da equipe da Vigilância. Reforçamos a importância dos comércios estarem funcionando de forma legalizada, cumprindo todas as normas e orientações. No ano passado, realizamos diversos seminários, cursos e palestras para orientação, então, agora nosso foco maior será na fiscalização", frisou.

A farmacêutica da Vigilância, Tainara Melo, explicou a importância da presença do profissional nos estabelecimentos. "Nós somos capacitados para orientar, educar e instruir o paciente/ cliente sobre todos os aspectos relacionados ao uso do medicamento, esclarecendo dúvidas para que o paciente tenha o resultado esperado. Com isso, torna-se imprescindível a presença de um farmacêutico nas farmácias conforme diz a Lei 13021/2014", concluiu. (Ascom)


Publicado por: Daniel Campos - 11/01/2018 - 09:00:00

 


Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   

  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.80/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (5 votos)

 

 

COMENTÁRIOS